Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Carros autônomos: Ford registra patente para o carro sala-de-estar

A montadora Ford registrou patente para o carro sala-de-estar.

Carros autônomos: Ford registra patente para o carro sala-de-estar

Como você já sabe, nós da Bidu Corretora somos maníacos pelo assunto carros autônomos. Por exemplo, já escrevemos se carros autônomos são seguros ou não, o quanto custaria o seguro auto de um carro autônomo, sobre inovações como o carro com capô transparente e muito mais.

Mas agora a Ford levou a nossa mania para outro nível com uma patente registrada nesse mês de agosto: o carro sala-de-estar.

Imagem da patente da Ford com o carro sala-de-estar.

Agora você pode sentar de frente para seus filhos naquela viagem. Quero ver quem vai brigar! (foto: Escritório de Patentes dos EUA)

Tudo bem que os carros autônomos ainda são uma realidade distante por conta de problemas tecnológicos e legais, mas imagine isso: você combina com seus amigos de dar uma carona para eles até o trabalho e no caminho vocês vão jogando uma partida de truco.

É isso mesmo: na patente registrada pela Ford, os bancos do carro podem ser configurados de várias maneiras, podendo virar de costas para a estrada (diferente desse taxista indiano que dirige em marcha ré) e transformar-se em uma pequena mesa. Passar no drive-thru do McDonald’s com um carro assim seria bem diferente, você não acha?

Ford patenteia carro sala-de-estar.

Esse banco do meio, por exemplo, ficaria todo sujo de catchup. (Foto: Escritório de Patentes dos EUA)

O sonho do carro autônomo já é coisa antiga. Por exemplo, aqui no blog da Bidu você já viu o vídeo de como a General Motors imaginava o carro do futuro em 1956 e até o site da Mercedes-Benz tem uma publicação muito interessante (em inglês) sobre a história do conceito. Entre as belas fotos da publicação, tem essa muito interessante sobre um engarrafamento:

Ford patenteou o novo carro sala de estar.

Não só imaginaram o carro do futuro como o iPad (e como os pais usariam a ferramenta para ignorar seus filhos) (Foto: Mercedes-Benz Next)

Bom, o jeito é esperar a novidade chegar nos mercados e conferir as outras novas tecnologias para carros que prometem vir por aí. Mas quando chegar ficará a pergunta: a gente vai precisar fazer um seguro auto ou um fazer um seguro residencial para um carro desses?