Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Formas um tanto quanto… inusitadas de proteger o carro

Formas inusitadas de proteger o carro

Formas um tanto quanto… inusitadas de proteger o carro

 

Até onde você iria para proteger seu carro? Muitas pessoas preferem instalar alarmes, rastreadores, bloqueadores e demais equipamentos que servem para impedir um roubo – ou monitorar e localizar um carro.

Outros… bem, outras pessoas decidem agir de uma forma um tanto quanto desesperada. Já imaginou colocar seu carro em uma bolha? Pois é.

Recentemente um homem no Reino Unido decidiu ter uma ideia daquelas que você fala “porque não pensei nisso antes?” (só que não). Ele cobriu seu carro Volkswagen T5 Sportline – van não fabricada no Brasil – com uma capa de vinil para proteger o veículo. O mais inusitado é que ela tem uma “camuflagem” que dá ao veículo uma aparência de enferrujado, sem pintura e totalmente detonado. Nas ruas, ele parece um carro antigo caindo aos pedaços!

 

Van utiliza capa que imita ferrugem

A capa foi produzida pela Clyde Wraps, que trabalha com adesivos automotivos e pintura.

A sua preocupação maior é queda de objetos, ventania, ou qualquer fator externo que possa acabar com sua pintura, lataria, vidros e muito mais? Então você pode enfiar seu carro dentro de uma bolha – literalmente. Ela precisa de energia elétrica para inflar e se manter dessa forma. Veja o funcionamento desse acessório na matéria do AutoEsporte.

Agora, se você for mais “hardcore”, pode colocar um lança-chamas para proteger seu automóvel. Bom, pelo menos é isso o que começaram a fazer na África do Sul, no final dos anos 90. O BMW Blaster funciona de forma simples: com um pedal ao lado do acelerador, o motorista consegue soltar fogo pelas laterais do carro em uma distância de até 4 metros. O carro foi descontinuado por alguns problemas técnicos, e não passaram de 100 vendas no total.

 

Carro protegido por lança chamas

Ainda na África do Sul, o curandeiro Mbuso Makhathini decidiu utilizar algo mais vivo para ajudar a proteger seu Audi TT: duas cobras píton. Constritoras – ou seja, elas matam por sufocamento ao se enrolar na vítima – os répteis medem cerca de 3,5 metros e foram batizadas de “Pequenina” e “Malvada”.

 

Cobras para proteger o carro contra roubo

Caso você não queira apelar para essas formas inusitadas de proteção veicular, saiba que pode sempre contar com um seguro. E com a Bidu Corretora, você consegue encontrar o melhor seguro auto! 😉