Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Seu carro gasta muito? O GNV vale a pena?

GNV vale a pena

Seu carro gasta muito? O GNV vale a pena?

GNV significa Gás Natural Veicular. Ele é resultado de uma forma similar à extração do petróleo. Mas é conhecido por ser um combustível limpo. Em tempos de gasolina alta você pensa em mudar seu combustível? Será que o GNV vale a pena?

Utilizado para dar energia em casas e geradores, ele é particularmente popular como uma opção mais limpa em carros.

De onde vem o GNV

O gás natural ocorre profundamente sob a superfície da Terra. É constituído predominantemente por metano (CH4). Ele tradicionalmente encontrado acumulado em rochas porosas no subsolo. Frequentemente acompanhado por petróleo e constituindo um reservatório de gás. A partir desses reservatórios, redes de encanamentos são construídos para que esse gás seja transportado à superfície e mais tarde para postos de abastecimento.

O GNV gasta menos? O GNV vale a pena?

Para entender se o GNV vale a pena vamos entender qual é seu diferencial. A grande diferença entre o gás natural e a gasolina acontece na queima. O GNV é reconhecidamente uma das energias mais limpas distribuídas hoje no mercado automotivo. Praticamente sem emissão de monóxido de carbono. Por ser mais leve que o ar, o gás natural se dissipa rapidamente. Assim, os riscos de explosões e incêndios são reduzidos.

Veja a diferença de consumo de combustível veicular nesse comparativo feito pela Petrobras, a maior distribuidora de GNV do país. O exemplo utiliza um carro popular rodando 100km/dia.

– Álcool: 8km por litro.

-Gasolina: 10km por litro.

– GNV: 12km por m³.

Os números mostram que entre o álcool e GNV existe uma economia de cerca de 60% a favor do gás natural. Antes de fazer essa opção, faça as contas da quilometragem que você costuma rodar. O gás costuma ser mais econômico, proporcionalmente para os motoristas que rodam grandes quilometragens.

Conheça aqui os carros que consomem mais combustível e outras dicas para gastar menos com o carro.

Como tornar o carro pronto para receber o gás natural?

Agora você já conseguiu entender se o GNV vale pena. É hora de ver como utilizá-lo em seu veículo.

O gás natural veicular consegue chegar a tamanha economia principalmente porque se encarrega de parte do seu próprio mecanismo de queima com o kit veicular. O custo de instalação de um kit geração cinco (mais recente) custa em média R$ 4.000 em todo o país. Esses kits passam por rigorosos controles de qualidade e especialistas indicam que ele deva passar por requalificações há cada cinco anos.

Se interessou pela instalação de um kit? Alguns pontos negativos para não dizer que são só flores. Saiba que o kit veicular reduz a capacidade do porta malas e em alguns casos, reduz também a capacidade do motor em determinados modelos de carros (principalmente carros 1.0).

Dicas finais

– Procure oficinas credenciadas oficiais para fazer a compra e instalação do seu kit. Assim você garante que a instalação foi feita de maneira correta e poderá circular com segurança. O INMETRO faz esse controle e no site do órgão você pode encontrar os endereços credenciados em todo o país.

– O gás natural veicular ainda não é um combustível popular. Logo, pode não ser encontrado em todos os postos de combustível. Antes de decidir pela instalação, vale fazer uma pesquisa pelos postos que disponibilizam esse combustível.

– Alguns carros podem perder a garantia de fábrica após a instalação do kit. Informe-se com a fabricante do seu modelo sobre esses detalhes.

Conheça também os carros com melhor custo benefício.

Já fez seu seguro auto? Faça sua cotação online.

Veja também como fazer o seguro para carro com kit gás.