Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como trocar o limpador de para-brisa?

imagem do para-brisa de um carro com a legenda: trocando o limpador de para-brisa

Como trocar o limpador de para-brisa?

Quem já passou por isso sabe o quanto é irritante ouvir aquele chiado estridente quando o limpador de para-brisa é acionado, revelando estar ressecado e velho.

O limpador de para-brisas é um item de segurança fundamental para a segurança do veiculo e nossa dica é: não espere cair aquela chuva torrencial para lembrar de trocá-los.

Se você percebeu o chiado ou ressecamento nas borrachas, é hora de colocar a mão na massa.

Sol e chuva, uso excessivo e má manutenção ainda são as principais causas do desgaste dos limpadores.

+ Dicas para lavar o carro em casa

É possível trocar o limpador de para-brisa sem precisar gastar com mão-de-obra especializada. Só precisa de um pouquinho de paciência e seguir os passos abaixo.

  1. Compre a palheta correta

Cada modelo exige uma palheta específica, por isso nunca é uma boa ideia comprar sem informar o vendedor o modelo específico. Geralmente, os preços variam de R$6 a R$50, dependendo do veículo. A informação está na caixa do produto.

  1. Destrave a palheta antiga

Levante o braço do limpador, solte uma pequena trava que existe na parte de baixo. Em alguns casos, a peça é apenas encaixada ou parafusada.

  1. Faça o processo inverso

Para encaixar a palheta nova, basta encaixá-la fazendo o processo inverso. Fixe a trava de segurança ou parafuse / encaixe novamente. E pronto!

Especialistas recomendam que os limpadores de para-brisa sejam trocados uma vez por ano, em média.

Dependendo das condições da sua cidade e do clima, esse período pode ser menor.

Limpador de para-brisa quebrado? Isso dá multa!

Muitos podem nem saber, mas trafegar em dia de chuva sem acionar o limpador de para-brisa pode dar um grande prejuízo. É falta grave!

De acordo com o artigo 230 do Código Nacional de Trânsito, é considerado infração grave conduzir o veículo sem acionar o limpador de para-brisa sob chuva ou não possuir água no reservatório.

O resultado são 5 pontos na carteira e uma multa no valor de R$ 130,16.

Além disso, a resolução 2016 do CONTRAN também exige que a área do vidro onde atuam os limpadores não possuam riscos ou trincados, para a própria segurança dos ocupantes do carro.

Trafegar com rachaduras no vidro também pode dar multa e render penalidades.

Veja como gastar pouco com esses 5 reparos no carro que você pode fazer em casa