Conheça os melhores carros com motor 1.0

imagem de direção para texto sobre melhores carros com motor 1.0

Conheça os melhores carros com motor 1.0

Entre 1990 e 2010, os carros 1.0 viveram um verdadeiro “boom” no Brasil. Com impostos menores e de olho na economia de combustível como principal atrativo, os “milzinhos” fizeram a festa no mercado brasileiro. Na última década, contudo, o brasileiro passou a optar por modelos mais completos e potentes. Assim, o carro 1.0 perdeu um pouco da sua força e ficou restrito às versões de entrada que fazem a alegria dos frotistas e locadoras. Mas vamos aqui conhecer quais são os melhores carros com motor 1.0.

Cotação online de Seguro Auto

Melhores carros com motor 1.0

Como o mercado é muito dinâmico, ele já mudou novamente. Esqueça motores 1.4, 1.6 ou até 2.0. Com três cilindros e turbocompressor, os motores 1.0 voltaram com tudo em nome da eficiência e da economia de combustível. Aposentaram os blocos maiores em alguns modelos e já equipam até SUVs. Confira abaixo os melhores carros com motor 1.0 do mercado brasileiro.

Ecotec 1.0

Chevrolet Onix, Onix Plus e Tracker Ecotec 1.0. A segunda geração do Onix deu adeus ao antigo 1.0, um projeto de 40 anos que foi sendo melhorado ao longo das décadas e já não conseguia mais esconder a idade. No lugar, chegou o novo Ecotec 1.0, de origem Opel, com três cilindros e nas versões aspirada e turbo. Construído totalmente em alumínio, é mais econômico, eficiente, silencioso e durável que os antigos 1.0 e 1.4.

O Ecotec 1.0 aspirado rende 78/82 cv de potência e 9,7/10,6 mkgf de torque máximo a 4.100 rpm com gasolina/etanol. Apesar dos números parecidos com os do antecessor, o novo propulsor possui uma entrega de torque mais linear, o que ajuda muito na condução urbana. Na prática, você poderá dirigir pela cidade sem fazer tantas reduções de marcha. Seu câmbio é sempre manual, com seis marchas. O consumo urbano chega a 9,4 km/l com etanol e 13,5 km/l com gasolina. Em percurso rodoviário são respectivamente 11,2 km/l e 16 km/l. Os números são do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia).

Turbo 1.0

Já o 1.0 Turbo é a cereja do bolo. Equipado com turbocompressor, possui injeção indireta de combustível, ao contrário dos 1.0 turbinados da concorrência, que têm injeção direta. Segundo a General Motors, o custo de manutenção do motor com injeção indireta é mais barato do que o com injeção direta. Perde-se um pouco em eficiência, mas se ganha em custo de reparo.

O Ecotec 1.0 Turbo desenvolve 116 cv de potência e 16,3/16,8 mkgf de torque máximo a 2.000 rpm com gasolina/etanol. Pode vir com câmbio manual ou automático, ambos com seis marchas. O consumo urbano de um Onix Plus 1.0 Turbo com câmbio automático é de 8,3 km/l com etanol e 11,9 km/l com gasolina. Na estrada, são 10,7 e 15,1 km/l, respectivamente.

1.0 Turbo aprimorado

A Hyundai já havia lançado o motor 1.0 Turbo com câmbio manual para a geração anterior do HB20 e foi um fiasco de vendas. Na segunda geração, a coisa foi diferente. O 1.0 Turbo foi aprimorado, passou a adotar injeção direta de combustível e câmbio automático de seis marchas. Além disso, é a única opção de motorização para a versão topo Diamond e pode equipar a intermediária Evolution.

O novo 1.0 Turbo da rende 120 cv de potência com gasolina ou etanol. O torque máximo também é o mesmo com os dois combustíveis: 17,5 mkgf a 1.500 rpm. Os números de consumo revelados pelo Inmetro mostram consumo urbano de 8,0 km/l com etanol e 12,1 km/l com gasolina. Em percurso rodoviário são 10,8 e 15,3 km/l, respectivamente. Com todas estas evoluções, o novo HB20 merece estar na lista de melhores carros com motor 1.0.

1.0 de três cilindros

Volkswagen Up, Polo, Virtus e T-Cross 1.0 TSI. Junto com a Hyundai, que lançou o HB20 em 2013, a Volkswagen é pioneira na fabricação de motores 1.0 de três cilindros. O primeiro a receber foi o Fox, também em 2013, com 82 cv de potência e 10,4 mkgf de torque máximo com etanol. Em 2015, o Up fez sua estreia no mercado apenas com o propulsor 1.0 de três cilindros e, no ano seguinte, foi a vez de Gol e Voyage também ganharem o motor.

1.0 TSI

O Up teve o privilégio de estrear o 1.0 TSI, mais um classificado para a lista de melhores carros com motor 1.0. Desde o início, a intenção da Volkswagen era utilizar o 1.0 TSI em diversos modelos de seu portfólio. Como o Up tinha baixo volume de vendas, serviu como balão de ensaio para testar o novo motor. Se acontecesse algo errado, o prejuízo seria muito menor. Mas tudo correu relativamente bem e hoje o TSI é usado em quatro modelos diferentes. Chegou a equipar até mesmo o Golf, mas o hatchback saiu de linha no Brasil.

O 1.0 TSI da Volkswagen tem três cilindros, turbocompressor, injeção direta de combustível e duas faixas de potência e torque disponíveis. No Up, rende 101 cv de potência com gasolina, 105 cv com etanol e tem o mesmo torque máximo de 16,8 mkgf a 1.500 rpm com os dois combustíveis. O câmbio é sempre manual, de cinco marchas. O Up TSI é hoje um carro cultuado, pois é muito leve e praticamente virou um esportivo com o motor TSI. Na Alemanha, inclusive, o Up GTI usa o motor 1.0 TSI.

Nos irmãos maiores, mais potência e torque

Na linha Polo e Virtus e no SUV T-Cross, o 1.0 TSI vai a 116 cv com gasolina e bons 128 cv com etanol, com 20,4 mkgf de torque máximo a 2.000 rpm com os dois combustíveis. Na dupla, contudo, o único câmbio disponível é o automático de seis marchas. Já para o SUV, além do automático, há a opção de câmbio manual de seis marchas.

Além dos modelos acima citados dos melhores carros com motor 1.0, quase todas as marcas dispõem de motores 1.0 de três cilindros. A Fiat tem a nova família Firefly 1.0 para Mobi, Uno e Argo e terá versão turbinada ainda em 2020. A Ford usa o 1.0 em Ka e Ka Sedan, enquanto que a Renault adota o 1.0 SCe no Kwid, Sandero e Logan. Na Nissan, o sedã Versa também usa motor 1.0 tricilíndrico e a Honda equipará os novos Fit e City com um 1.0 Turbo.

Seguro auto para carros 1.0

Os melhores carros com motor 1.0 merecem um bom seguro auto. Faça uma cotação online de seguro de carros e descubra o melhor para o seu carro 1.0.

Última atualização em 10/03/2020