Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Motor aspirado – Como Funciona?

Imagem de um motor para ilustrar a postagem sobre motor aspirado

Motor aspirado – Como Funciona?

Já ouviu falar em motor aspirado? Não? Então calma, não é nenhum bicho de sete cabeças. Em geral, a maioria dos carros possui um motor desse tipo, mesmo que a terminologia “aspirado” não seja muito popular nos papos sobre carros.

Um motor aspirado nada mais é do que um motor que não possui nenhum recurso para aumentar a sua potência, como compressores ou os famosos turbos.

Em outras palavras, são os motores comuns que encontramos por aí, que funcionam da seguinte maneira: o ar é aspirado pelo movimento de descida do pistão, criando uma pressão na câmara de combustão menor que a pressão atmosférica.

Essa diferença de pressão é o que faz com que os cilindros se encham de ar e crie energia para manter o carro em movimento.

Por isso, se você não possui nenhum dispositivo como os citados acima para otimizar a potência do seu carro, você tem, portanto, um carro com motor aspirado.

Como o motor aspirado funciona?

Neste tipo de motor, o vácuo causado pelos movimentos do pistão faz com que a mistura de ar e combustível entre no cilindro, provocando o funcionamento das válvulas.

De maneira geral, o motor aspirado não depende da alimentação do cilindro e sim da quantidade e do modo com que ocorre a entrada do etanol, diesel ou gasolina junto com o ar no cilindro.

O cilindro é o dispositivo onde acontece o processo de combustão.

Qual a diferença do motor aspirado para o motor turbinado?

Em motores que receberam dispositivos de compressão ou turbo, o funcionamento do motor é um pouco diferente.

Nestes casos, a mistura de combustível e ar é impulsionada para dentro do cilindro de forma forçada pelo mecanismo, gerando uma maior pressão.

Graças a essa pressão, o motor ganha uma dose extra de potência e por isso os carros turbinados fazem aquele barulho característico na hora do arranque.

É a pressão sendo liberada e gerando uma maior quantidade de energia. O carro pode ganhar potência e mais velocidade.

Ainda muitas pessoas acreditam que motores aspirados têm menos potência quando não adicionados de dispositivos de compressão.

Isso é um mito, já que a engenharia automotiva e os processos tecnológicos têm se desenvolvido a passos largos, a ponto de criarem motores aspirados até superiores em desempenho em relação aos turbos.

Em muitas competições de velocidade, as regras permitem apenas motores aspirados, o que torna o concurso mais justo e avalia a potência natural dos motores sem interferência.

Adicionar um turbo nestas competições seria como um atleta tomar anabolizantes antes de uma prova olímpica, por exemplo.

Um motor aspirado ainda é o preferido pelas montadoras, pois tem produção mais econômica e sua montagem exige menos etapas, o que também diminui o tempo da unidade na linha de produção.

Além disso, a manutenção é barata e fácil de ser encontrada.

Alguns especialistas ainda citam que o motor aspirado oferece resposta direto ao comando do motorista no acelerador, o que não acontece no motor turbinado, que tem um “delay” na resposta por conta da complexidade do seu sistema.

Quer saber mais sobre o assunto? Veja a nossa postagem sobre como identificar barulhos no motor do carro.