Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Verdades e mentira sobre o mundo automotivo

Mitos e verdades sobre o mundo automotivo

Verdades e mentira sobre o mundo automotivo

Se tem um assunto que corre solto nas rodinhas de conversa e nas redes sociais é: carros. Muito se fala sobre o que é bom e o que não é, o certo e errado. Porém muita gente acaba passando informações falsas para frente sem ao menos buscar fontes confiáveis.

Resolvemos falar sobre isso no post de hoje e selecionamos alguns mitos e verdades que rondam o universo automotivo. Você já ouviu algum deles?

Carro coreano é ruim

O conceito de “ruim” já é bastante relativo, certo? Falar que carro coreano é de má qualidade é unir preconceito e desinformação. As montadoras coreanas vêm investindo pesado em tecnologia e em equipe, tanto é que constantemente contratam engenheiros e designers de gigantes como Audi, BMW, Ford. O fato de que usam matéria prima barata e de baixa qualidade também é um grande boato.

O ideal é que se avalie as características do modelo em questão, conheça os itens de segurança, certificações e faça um estudo de custo benefício. Se ele atender àquilo que você procura, dê uma chance. Os coreanos podem te surpreender!

Carros elétricos são lentos

Não é bem assim. Essa ideia ficou cravada no imaginário popular graças ao primeiro carro híbrido lançado no mundo, que era 1.0. Consequentemente, desempenho e velocidade não eram seus pontos fortes. No entanto, a tecnologia vem trabalhando para o avanço destes modelos sustentáveis e muitos modelos elétricos chegaram a superar em velocidade alguns outros movidos à gasolina.

É bom lavar o motor de vez em quando

Não!!! Especialistas alertam que lavar o motor sem conhecimento mecânico pode danificar componentes elétricos e eletrônicos. Se a sujeira estiver incomodando, não hesite em procurar ajuda especializada.

Leia mais sobre lavar motor de carro.

Água no radiador

Antigamente, completava-se o nível do radiador apenas com água. Atualmente, com as novas tecnologias, sabemos que a água da torneira pode contaminar o sistema, encurtando a vida útil da peça por conta da oxidação. Um aditivo é indispensável se você quiser manter a saúde do seu carro em dia.

Freada na lombada

É comum esquecer de diminuir a velocidade quando estamos prestes a chegar em uma lombada. Todo mundo já passou por isso, certo? No entanto, é melhor tentar diminuir ao máximo antes do que pisar no freio abruptamente ao passar por uma. Isso aumenta o risco de raspar a parte de baixo do motor no chão e danificar o equipamento.

Se você ver que não vai dar tempo de frear, confie na suspensão e respire fundo sem freadas bruscas, ok?

Troca de óleo a cada 5 mil quilômetros

Por muito tempo nós aprendemos que o óleo automotivo deveria ser trocado quando atingisse 5 mil quilômetros. No entanto, com o avanço da tecnologia dos motores e dos óleos, essa necessidade foi alterada e cada modelo tem a sua própria necessidade de troca. Hoje é possível rodar muito mais por cada troca de óleo.  Isso significa mais economia sem perda de potência do carro.

+ Passo a passo para trocar óleo do carro

+ Escolha o tipo de óleo do motor

Não pode misturar gasolina e etanol

Bobagem! Os carros atuais já possuem tecnologia que os fazem reconhecer e lidar com volumes diferentes dos dois combustíveis. Existem sensores localizados na central eletrônica que fazem com o que o carro funcione da melhor maneira possível, independente da quantidade de um ou de outro.