Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Recorde de Recalls no Brasil: número cresce 4x em 10 anos

Imagem de uma miniatura de mecânico e carro, para ilustrar a postagem de recalls no Brasil

Recorde de Recalls no Brasil: número cresce 4x em 10 anos

 

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon), somente em 2016, mais de 9,6 milhões produtos sofreu recalls no Brasil, maior cifra registrada desde 2003, quando começou o levantamento feito pelo órgão.

Vamos aos números. Do total de produtos chamados para conserto, para correção das falhas que podem causar algum tipo de acidente, 76% são automóveis e 7,2% são motos.

Depois, encontraremos na lista alguns produtos eletrônicos e bicicletas, por exemplo. Mas o que verdadeiramente chama atenção nos recalls realizados no último ano é o problema relacionado aos airbags (as bolsas de ar que vêm acopladas ao volante do carro), sobretudo os da marca Takata, do Japão.

Ao todo, foram chamadas 13 marcas distintas, a fim de solucionarem os problemas com esses dispositivos instalados em mais de 2,5 milhões de carros.

Entre elas, Fiat, Porshe e Toyota do Brasil. Até dezembro, 415 mil consumidores brasileiros foram atendidos.

Como os números vêm crescendo, a Senacon trabalha para ajudar os cidadãos a identificarem com mais facilidade quais são os recalls em trâmite no Brasil. Para isso, criou um sistema de dados a ser lançado em breve.

Volkswagen convoca recall no Brasil de 54 mil carros

A Vokswagen acaba de anunciar no país o recall de 54.170 unidades. Entre os modelos, estão: Gol, Voyage, Saveiro, Fox, CrossFox, SpaceFox, SpaceCross e até mesmo o Up!

A marca informou em comunicado que eles podem apresentar pane elétrica, em razão de falha no alternador e desligamento do motor.

A partir de 10 de maio, já será possível agendar o atendimento para inspeção do veículo e, caso seja necessário, haverá substituição das peças sem custo algum ao consumidor.

Os carros que apresentam defeitos foram fabricados entre março de 2016 e janeiro deste ano, e podem apresentar inoperância do alternador, de tal forma que deixa de gerar energia para o sistema elétrica do carro. Isso pode ocasionar danos físicos ou materiais.

Então, fique atento caso você possua um desses automóveis:

UP! (2016 e 2017): GT548567 a HT523246

  • Gol, Voyage e Saveiro (2016 e 2017):GP102025 a HP501022 e HT000039 a HT042350
  • Fox e CrossFox (2016 a 2017):G4065578 a H4021703
  • SpaceFox e Space Cross (2017):HA512059 a HA513061

A realidade dos Estados Unidos

Para quem acha que o problema só ocorre por aqui, o cenário nos Estados Unidos pode assustar: somente em 2016, foram realizados 53,2 milhões de recalls. A quantidade de automóveis chamados surpreende, sendo o último ano o pior da história da indústria automóvel naquele país.

Os Estados Unidos entrou no terceiro ano consecutivo no qual mais de 50 milhões de veículos são chamados para resolver defeitos de fabricação.

Em 2016, em território estadunidense, acompanhamos 927 campanhas de recall, ou seja, 7% acima do que foi constatado em 2015. Vale dizer também que o número de acidentes fatais em estradas americanas vem crescendo ano a ano.