Você sabe o que é Crossover?

Foto de carro SUV para texto sobre o que é crossover

Você sabe o que é Crossover?

Já ouviu a palavra crossover, né? Pode soar um pouco confusa, mas ela ganhou cada vez mais espaço para se definir certos veículos. Com a popularidade, o crossover se tornou um segmento consolidado entre os brasileiros. Mas você sabe exatamente o que é crossover? Ainda não? Este é o assunto que vamos explicar e descomplicar para você! 

Cotação online de Seguro Auto

Afinal, o que é Crossover?

Em inglês, o termo crossover significa cruzamento. É exatamente isso quando falamos de veículos: um crossover é uma mistura de dois ou mais estilos de carrocerias. Entre outras palavras, é uma junção de características de carros diferentes em apenas um. 

Ainda não está claro? Para você visualizar melhor: seria um carro de passeio com aspecto de SUV

Não é só isso, pode haver variações de modelos de crossover. Para se entender melhor o que é crossover, vamos as características dessa categoria. 

Quais são as características de um Crossover?

Para não haver mais confusão sobre o que é crossover, eis as suas características:

Estrutura monobloco

O quê? Calma, não é um bicho de sete cabeças: a estrutura monobloco quer dizer sobre a carroceria ser uma peça única. Ou seja: o assoalho, as laterais e o teto formam uma estrutura só. 

A vantagem de ser monobloco é a diminuição do peso do automóvel, o que deixa ele mais dinâmico. Essa estrutura é, na maioria dos casos, encontrada em carros de passeio. 

Varia carrocerias diferentes

Um crossover é uma mescla de tipos de carrocerias, como comportar um SUV com hatch. Ou um sedã com uma pick-up. Quer mais? Outro exemplo seria uma minivan com SUV. Os cruzamentos dependem de cada modelo específico. 

Com tamanha variação de tipos e tamanhos (compacto, médio e grande), fica fácil se perder no conceito de o que é crossover. Pelo menos, não há dúvidas: para creditar um veículo como crossover, precisa ter dois ou mais tipos de carroceria.  

Tração

Pensou na tração 4×4 dos SUV? Então, com o crossover a história é um pouco diferente. A tração deste veículo geralmente é dianteira e não costuma ser 4×4. Por ser pesado, caro e consumir mais combustível, o conjunto 4×4 se torna desnecessário. 

Somente em alguns veículos crossover a tração 4×4 está disponível, fora que o seu uso é acionado quando for necessário. 

Por isso, a depender do crossover, o automóvel pode ter acessórios off-road não funcionais – podendo ligar apenas em momentos oportunos, como nas estradas de terra e lama. 

Altura

Um dos benefícios que agradam muitos motoristas é a altura elevada do veículo. Atributo comum ao SUV, o crossover pode transportar essa característica, na hipótese de uma das carrocerias ser de um utilitário. 

Quer dirigir de forma privilegiada? A altura elevada proporciona uma melhor visão do trânsito, é só aproveitar. 

Capacidade de carga

Como falamos de um automóvel com mais de uma carroceria, o peso é um fator a ser levado em conta. Não que ele tenha uma capacidade de carga igual a um SUV, mas um crossover aguenta uma boa quantidade de carga. 

Inclusive, existem crossover com capacidade de transportar acima de mil quilos, com combustível movido a diesel, porém, são exceções entre os modelos. Entre os crossover, costuma-se ter veículos mais econômicos por sua estrutura interna ser semelhante a de um carro comum. 

Confira os lançamentos SUV de 2019

Conforto

Aqui, é um dos pontos fortes a favor do crossover: o conforto oferecido ao motorista e aos passageiros. Mesmo que possa ser um carro alto, o espaço interno é bastante considerável, versátil e ideal para levar a sua família com tranquilidade. Lembrou um carro de passeio? Bingo! Este é um diferencial garantido pelo crossover. 

Não somente o espaço é uma característica, mas também disponibiliza uma boa dirigibilidade como se estivesse dirigindo um carro convencional. Para a segurança de todos, é uma ótima notícia. 

Para que um Crossover é recomendado?

Agora que você já sabe o que é Crossover e quais as suas características, vamos entender para que ele é recomendado. 

Já notou que ele tem alguns aspectos de carros de passeio, certo? Isso o credencia para trafegar nas áreas urbanas, seja nas estradas, ruas ou avenidas. O uso doméstico, aliás, é um dos motivos de sua popularidade

Como é um veículo que mescla carrocerias, além de possuir um bom espaço interno, ele é ideal para quem viaja com a família ou com muitas pessoas. Nas cidades, é útil também, principalmente pela economia de combustível, conforto e segurança que pode oferecer. Neste caso, vale ressaltar o cuidado com carros altos para crianças pequenas, o que não é recomendável. 

Além disso, é uma boa alternativa para aqueles que preferem um design mais esportivo e moderno. 

Mesmo que não seja o foco principal, há crossover com funções off-road e apropriados para lidar com terrenos irregulares. Embora esteja ciente se o crossover específico fornece tais atributos, se não poderá passar por maus bocados e ficará atolado. 

Exemplos de Crossover

Para ficar claro, vamos dar alguns exemplos de crossover: 

Ford EcoSport Um dos pioneiros da categoria, o EcoSport foi baseado no Ford Fiesta e foi um grande sucesso desde o seu lançamento, em 2003.

Renault Duster – O grande rival do Ecosport, lançado em 2010.

Nissan Kicks – Baseado no Nissan March, o Kicks é um sucesso de vendas no Brasil. 

Jeep Renegade – Crossover subcompacto, é o primeiro Jeep fabricado fora da América do Norte e um dos mais vendidos de 2019. 

Volkswagen Tiguan – Lançado em 2008, é um dos crossover mais vendidos do mundo. 

Mitsubishi ASX – Primeiro jipe com tração 4×2 no Brasil, o crossover foi lançado em 2010.

Ok, você já compreendeu o que é crossover, quer saber como ficaria a simulação de seguro auto? Cotar seguro auto é importante para descobrir o melhor seguro de carros para o seu perfil e evitar algum prejuízo no futuro!

 

Última atualização em 23/12/2019