Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Brasil adere a padrão placa do Mercosul

Imagem de diversas placas de carro para ilustrar post sobre padrão placa do Mercosul

Brasil adere a padrão placa do Mercosul

As placas de carro nacionais como conhecemos estão com os dias contados. Após adiar essa mudança por alguns anos, o Ministério das Cidades divulgou que a partir de setembro de 2018, o Brasil adere ao padrão placa do Mercosul.

Na prática, essa mudança significa que as placas de hoje em dia, compostas por três letras e quatro números, vão deixar de circular pelas ruas brasileiras até dezembro de 2023.

Essa mudança faz parte da transição dos carros nacionais para padrão de placas do Mercosul. Elas passarão a identificar os veículos de todos dos países integrantes desse tratado assinado em 1991. Dele fazem parte o Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.

Os países se uniram há 27 anos atrás com o intuito de desenvolver seus países nesse acordo de livre comércio. Entre as medidas do grupo está a unificação de padrões (como é o caso das placas de carros). Além de melhores tarifas alfandegárias, impostos e entre outras taxas.

A etapa inicial de alteração da placas começa no dia 1º de setembro de 2018. Ela será necessária, a princípio, para todos os carros zero quilômetro que saírem da fábrica. Ou então veículos que precisarem passar por transferência de propriedade. Ou, ainda, em caso de substituição das placas.

Essa mudança ainda vai demorar alguns meses para realmente acontecer. Então, os departamentos de trânsito dos estados brasileiros terão até primeiro de setembro deste ano para iniciar o emplacamento de veículos a partir do padrão placa Mercosul. Essas novas placas não irão invalidar as placas que estão em circulação atualmente. A troca para as novas placas no padrão placa Mercosul deve ser gradual.

O que fica diferente com o padrão placa do Mercosul?

Ao contrário de três letras e quatro números – nessa ordem como vemos hoje, as placas para o Mercosul terão quatro letras e três números. Eles poderão estar misturados, como acontece hoje com os carros europeus.

As cores das placas vão mudar?

Lembra quando as placas de carros eram amarelas? A cor do fundo dessas novas placas se mantêm brancas mas as letras terão novas opções cores, cada uma representando um tipo diferente de “categoria”. Veículos comerciais usarão fontes vermelhas, carros de passeio terão a mesma cor de hoje – a cor preta, carros oficiais, azul, os diplomáticos passam a ter a fonte dourada e os carros de colecionadores que antes tinham a placa preta passam a ser de fundo branco com a fonte prateada.

Como ficarão as informações das placas?

Com as alterações, as placas agora terão o nome do país logo na parte superior sobre uma barra azul. Elas também contarão com o desenho da bandeira do país. Na placa não vai mais constar a sigla do estado e a cidade do carro como é hoje. Agora, o brasão do estado e o município de origem do veículo ficarão à direita. Uma outra novidade é QR code para a identificação do veículo na rede, que estará abaixo à esquerda. Para evitar falsificações, marcas d’água vão ficar na diagonal ao longo das placas contendo o nome do país de origem do grupo Mercosul (número nove).

O padrão placa do Mercosul vai manter medidas parecidas com as utilizadas no Brasil – 40 cm de comprimento por 13 cm de largura.

No Brasil, também é possível fazer seguro auto sem placa sabia?