Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Conheça o passo a passo para a blindagem de veículos

Se você está interessado em blindar o seu carro, saiba que existe uma regulamentação específica para isso. Para orientar os proprietários que desejam realizar essa mudança, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), divulgou um passo a passo para a blindagem de veículos.

Fique atento, pois o Código de Trânsito Brasileiro, torna obrigatória a expedição de um novo Certificado de Registro (CRV) quando qualquer característica automotiva for alterada. O mercado brasileiro de blindagem tem crescido nos últimos 20 anos. O país está na liderança mundial desse mercado, com uma marca que ultrapassa o número de 160 mil veículos em território nacional.

Imagem de vidro de carro para ilustrar post sobre Passo a passo para a blindagem de veículos

Passo a passo para a blindagem de veículos

A blindagem de veículos está se tornando mais comum a cada ano no mercado. Dessa forma, o Detran de São Paulo organizou um passo a passo para auxiliar os proprietários na expedição do Certificado de Registro de Veículo (CRV).

O documento é obrigatório para todos os veículos que sofrerem alterações de suas características com relação a sua fabricação. A penalidade prevista no Código de Trânsito Brasileiro para quem for autuado sem o devido enquadramento é de multa de R$ 195,23, adição de cinco pontos na carteira e, também, a retenção do veículo para regularização.

Acompanhe agora o passo a passo para a blindagem de veículos e fique em dia com o que determina a legislação brasileira:

1) Autorização prévia do Detran:

O solicitante pode acessar o site do Detran para baixar o formulário. Ele deverá ser entregue preenchido, em duas vias, na unidade de trânsito de registro do veículo.

É necessário também a apresentação de cópias dos seguintes documentos:

Pessoa física – Identificação pessoal

Pessoa jurídica – Contrato Social e Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ)

Certificado de Registro do Veículo (CRV)

Nota fiscal (carro 0km)

2) Obtenção do registo no Exército Brasileiro:

O Certificado de Registro (CR) é emitido pelo Exército Brasileiro – que controla o uso de proteções balísticas e armas de fogo no país. Trata-se de uma autorização ao proprietário para utilizar um veículo blindado. A exigência foi implementada em 2017 e está de acordo com a Portaria 55-COLOG, de 05 jun 17.

3) Busque uma empresa certificada para fazer a blindagem:

No Brasil, apenas empresas certificadas pelo Exército podem oferecer e executar o serviço.

4) Declaração de Blindagem

Entre com o pedido de obtenção da Declaração de Blindagem junto ao Exército Brasileiro.

5) Laudo de Inspeção Veicular

De posse da autorização da modificação do veículo, providencie o laudo de inspeção veicular fornecido pelo Inmetro ou por entidades por ele credenciadas.

6) Vistoria de Identificação Veicular

No site do Detran-SP é possível encontrar a relação de Empresas de Vistoria Credenciadas (ECVs).

7) Solicite nova via do CRV

O último passo é reunir toda a documentação e levar até a unidade do Detran, na qual o veículo está registrado, para a emissão da nova via do CRV. A entidade de trânsito informa no site os valores das taxas.

Cuidados com o carro blindado

O processo de blindagem exige uma série de cuidados com relação à manutenção. A proteção balística pode adicionar até 170 quilos ao peso total do veículo, o que exigirá visitas mais frequentes ao mecânico.

Além disso, antes de executar o serviço, o interessado deve conhecer os diferentes tipos de proteção existentes no mercado.Existem cinco níveis de blindagem que oferecem segurança contra diferentes calibres de armas. Os mais altos são permitidos apenas para uso das Forças Armadas.

O seguro auto para carros blindados também fica mais caro em virtude da necessidade de conserto especializado. A variação de preço pode chegar a 40%.

Número de veículos blindados cresce a cada ano

Mesmo em um período de estagnação da economia, o número de veículos blindados cresceu nos últimos anos. Dados fornecidos pela Abrablin (Associação Brasileira de Blindagem), mostram essa evolução em solo nacional: em 2016 foram blindados 18.865 automóveis no país, sendo o estado de São Paulo o maior representante, com 64,12%, seguido de Rio de Janeiro e Ceará.

Para efeito de comparação, em 1995, no início da série histórica, o Brasil registrava apenas 388 veículos com proteção balística.

Infelizmente, o número progressivo pela busca de segurança pessoal segue na mesma proporção dos casos de violência. O Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou uma estatística alarmante, na qual foram registradas 61.619 mortes por homicídio em 2016. O que representa que cada hora, sete pessoas perdem a vida.

Os estados com maior taxa de violência por habitante são Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe.

Curtir nosso passo a passo para a blindagem de veículos?  Não deixe também de fazer o seu seguro auto!