Polimento de Farol é uma boa?

imagem de farol de carro para texto sobre polimento de farol

Polimento de Farol é uma boa?

Estrada, de noite, pouca iluminação e carros trafegando em velocidade alta. Já pensou no perigo? Ainda mais, para quem tem automóveis com faróis desgastados e sem realizar manutenção. À primeira vista, é um sinal que a vida útil dos faróis acabou, certo? Não é bem assim. A solução mais adequada pode ser o polimento de farol, uma medida eficaz, rápida e econômica. Não conhece? Este é o assunto de nosso artigo, acompanhe!

Cotação online de Seguro Auto

O que é o Polimento de Farol?

O polimento de farol é um processo de limpeza das luzes dianteiras do veículo. O serviço busca revitalizar os faróis deteriorados com o tempo, o que os deixa com um aspecto de novo e restaura a sua total funcionalidade.  

Importante esclarecer: o procedimento acontece somente na parte externa dos faróis. A limpeza não chega a interferir no lado interno das luzes. 

Para que serve o Polimento de Farol?

Como visto, o polimento de farol é uma técnica para restaurar a aparência dos faróis que ficaram desgastados. Ok, então é apenas uma questão estética? Nada disso. Quando se fala de faróis, a segurança está em primeiro lugar. 

Ao trafegar com os faróis danificados, assume-se um risco desnecessário nas pistas. Com o alcance menor das luzes, fica perigoso enfrentar situações como chuvas, neblina ou, até mesmo, vias mal iluminadas. Lembre-se: os faróis não são importantes apenas para o motorista, mas também aos demais condutores. 

Por isso, estar com os faróis em pleno funcionamento é essencial para melhorar a visibilidade no trânsito. O polimento de farol pode resolver um problema simples e garantir uma sensação maior de segurança à noite ou nos dias chuvosos. 

Além disso, a aparência também conta, é claro. A limpeza visa devolver o brilho que havia se perdido nas lentes dos faróis, lembrando o aspecto original. 

Quando preciso fazer o procedimento? 

Para saber quando procurar o serviço do polimento de farol, é fundamental realizar uma vistoria nos faróis para identificar o real estado que eles se encontram. Mas como detectar que os faróis estão gastos a ponto de necessitar uma limpeza? Listamos alguns motivos comuns: 

  • Farol amarelado, opaco, embaçado
  • Farol com arranhões
  • Farol possui manchas ou sujeiras
  • Farol sem manutenção há muitos anos

Geralmente, o principal inimigo dos faróis é o tempo. Com o passar dos anos, é difícil as lentes não sofrerem algum dano que influencie no seu desempenho. 

Algumas situações implicam na sua deterioração, como:

  • Exposição ao sol
  • Ocorrência de detritos (tais como pedras ou insetos)
  • Uso de produto químico na lavagem
  • Alteração brusca da temperatura ao acionar os faróis (luz alta e baixa)  

Não só isso: outro fator que contribui no desgaste é a sua própria fabricação. Hã, como assim? Antes, os faróis eram feitos com vidro, material que aumentava a sua resistência. Hoje em dia, são compostos por policarbonato ou acrílico, ambos menos duráveis e mais suscetíveis a estragos – sobretudo na exposição constante aos raios ultravioletas. 

Aliás, os faróis fabricados com acrílico são revestidos com um verniz que se deteriora com condições climáticas adversas ou alguma poeira oriunda da alta velocidade do ar frontal. 

Como polir carros? Conheça algumas dicas

Quem faz o Polimento de Farol? 

Como pode se imaginar, o serviço do polimento de farol é realizado por oficinas e profissionais especializados. Mesmo que o procedimento aparente ser relativamente simples, não exclui o fato de haver cuidados e o uso de produtos adequados para tal. Em todos os casos, não se esqueça de sempre procurar uma oficina de confiança para mexer em seu automóvel.  

No entanto, existe a possibilidade de você mesmo fazer a limpeza sozinho. É uma alternativa que pode ser viável, desde que haja condições para isso. O polimento de farol requer a compra de alguns produtos e ter uma pequena área em sua casa. 

Para ficar mais claro, vamos mostrar um exemplo de como você pode polir os faróis: 

O que precisa ter: 

  • Água
  • Dois panos limpos e secos
  • Estopa
  • Massa para polimento
  • Uma lixa d’água fina (de espessura 1100, por exemplo)

Ao começar, molhe os faróis. Depois, faça movimentos circulares com a lixa d’água enquanto os faróis estiverem úmidos. Faça esse processo até as lentes ficarem brancas. Ficará visível um líquido esbranquiçado se escorrendo dos faróis, é o restante do verniz que fazia a proteção das lentes. Passe um pano úmido para tirar o restante da sujeira. 

Seque os faróis com um pano seco. Neste momento, faça a aplicação da massa com a estopa novamente em movimentos circulares. Aguarde a massa ficar seca para os faróis absorvê-la e, logo após, a retire com a ajuda da estopa. Volte a passar um pano seco para dar um último toque final e está pronto. 

Lembrando: fazer o polimento de farol é um processo um tanto cuidadoso e precisa de paciência. Inclusive, requer atenção para não afetar a lataria do automóvel. Como dica, coloca-se uma fita isolante em volta dos faróis para “isolar” a limpeza e não atingir o restante do veículo. 

Vale a pena o Polimento de Farol? 

Sim, sem dúvida. Porém, é importante estar ciente que o polimento de farol não resolverá problemas internos e nem substitui uma peça com defeito por uma nova. A função é estritamente limpar os resíduos acumulados com o tempo e deixar os faróis mais funcionais e com o brilho de antes. 

Com o polimento, pode ser corrigido problemas de uma forma mais rápida, econômica e evita perigos inesperados. Não precisando, em muitos casos, ser necessário comprar novos faróis, o que elevaria bastante os custos. 

O serviço do polimento de farol é útil também para quem planeja vender o próprio carro. Dessa forma, aumenta a eficiência dos faróis o valorizando ainda mais. 

Faça uma vistoria para ver se precisa de um polimento de farol! 

Quer cotar seguro auto? Faça uma simulação de seguro auto e descubra qual o melhor seguro de carros que se encaixa com você!

 

Última atualização em 14/01/2020