O que é Recall de Carro?

recall de veículos

O que é Recall de Carro?

Certamente, você já deve ter escutado essa palavra alguma vez: recall. Sim, embora muitas vezes não damos a atenção devida, ela tem ganhado cada vez mais repercussão nos últimos anos. Parece bobeira, mas quando se fala de segurança do veículo, não se brinca. Pelo contrário, é necessário se prevenir e garantir a proteção de quem está dentro do automóvel. E você, sabe o que é recall de carro? Será que o seu veículo já foi chamado para um? Para descobrir, confira o nosso artigo!

Cotação online de Seguro Auto

Enfim, o que é Recall de Carro?

Não tem segredo. O recall de carro é uma espécie de convocação das montadoras. Ele serve para alertar que um item do veículo contém um defeito de fabricação e necessita ser trocado. Ou seja, significa que haverá o reparo garantido pela própria montadora a fim de evitar que o carro tenha mau funcionamento e ofereça riscos ao condutor. 

Na verdade, o recall é garantido pela lei nº 8.078 de 11 de setembro de 1990, que instituiu o Código de Defesa do Consumidor. O que isso significa? A obrigação das montadoras informar aos consumidores o recall do produto a ser substituído, além de avisar o local para o conserto ser realizado.  

Por que é preciso fazer Recall de Carro? 

Como o recall de carro é um serviço para corrigir erros de fábrica, estamos falando de possíveis problemas que o automóvel pode apresentar. Perigos à vista, em resumo. E ninguém precisa passar por isso, certo? Pois é, zelar pelo seu bem-estar, dos seus passageiros e colegas de pista deveriam ser regras para qualquer bom motorista

Infelizmente, o cenário entre a maioria dos motoristas brasileiros é preocupante. Em 2018, de acordo com o Procon, 2,2 milhões de carros foram chamados para fazer recall por terem algum defeito. Destes, apenas 325 mil estiveram passando por consertos naquela época, o que corresponde a 13,5% do total. 

É claro, sem contar os outros anos, o que elevaria bastante o número de condutores que não levaram os seus carros para fazer os devidos reparos. Já notou o problemão? Isso reflete em inúmeros veículos trafegando com falhas que colocam em risco o desempenho do automóvel e, consequentemente, sua segurança. 

Importante esclarecer um ponto. O recall de carro só é pedido em casos que o defeito afeta a segurança do condutor. Como exemplos estão airbag, freios e componentes elétricos e eletrônicos. 

O Recall de Carro é gratuito?

Sim, fique tranquilo. O processo do recall de carro é gratuito e não requer nenhuma taxa adicional pelo serviço. Aliás, em alguns casos, é possível pedir uma reparação pelos custos envolvidos no recall. Se você perder um dia de trabalho ou precisar percorrer uma longa distância até a montadora, pode solicitar uma compensação, inclusive na Justiça. 

Como descobrir quando fazer Recall de Carro? 

A comunicação do recall de carro precisa ser das montadoras, a partir da descoberta da falha no item fabricado. Em primeiro lugar, órgãos como o Procon e o Ministério da Justiça devem ser avisados o quanto antes do problema. 

Depois, acontece a convocação aos motoristas através dos meios de comunicação, seja pela televisão, rádio, jornal e internet. O aviso também está presente nos próprios sites das montadoras. Em algumas situações, pode acontecer o envio de carta ao proprietário do veículo. 

É obrigação haver uma ampla divulgação para alcançar o maior número de pessoas possíveis. No comunicado, informações como modelo, ano de fabricação e número do chassis dos carros devem estar inclusas. Basta, assim, o proprietário do automóvel fazer o agendamento na montadora para o serviço ser realizado. 

Dica: feito o recall de carro, guarde o comprovante do serviço, isso serve como documento e pode ser útil no futuro. 

Não fiz o Recall de Carro, o que acontece? 

Antes de mais nada, é importante deixar claro: recall não tem prazo de validade. Ainda não fez? Calma, nem tudo está perdido, mas procure fazer o conserto o quanto antes. A montadora não pode, em nenhum momento, se negar a prestar o serviço, independente do tempo que passou. 

Na realidade, não existem muitas consequências além das conhecidas, como assumir os riscos e perigos de dirigir um carro com uma falha de segurança. Isto já é o suficiente para acender o sinal amarelo e levar o automóvel na montadora para corrigir o erro existente. 

Além disso, o grande problema para quem não faz recall de carro se refere ao licenciamento. Desde 2019, passará a constar no documento do carro um recall pendente. Esta medida é válida para os motoristas que não fizeram recall há mais de um ano e busca abrir os olhos mais uma vez da urgência do reparo. 

O que implica, por exemplo, numa possível venda do automóvel. Isso porque o carro apresenta um dano sujeito a afetar à própria segurança do condutor. Após o recall, é necessário comunicar o Denatran em até 15 dias que o procedimento foi realizado. Dessa forma, exclui-se a pendência do histórico e regulariza o documento do carro para o ano seguinte.

No entanto, se algum acidente ou problema grave acontecer e se for comprovada a publicidade maciça da montadora para convocação com o recall, tanto a montadora quanto o proprietário do veículo poderão ser responsabilizados. Saiba que tem um projeto de lei que obriga o proprietário do veículo a fazer o recall de carro.

Como saber se o carro já passou por Recall?

Este momento é importante, ainda mais para alguém que deseja comprar um carro usado. Caso o recall não tenha sido feito, pode ser uma tarefa que sobre para o novo proprietário do veículo, vale ficar atento. 

Para consultar se o carro esteve convocado para um recall, uma sugestão é acessar o site do Ministério da Justiça. Outro caminho seria pesquisar no site da montadora os últimos recall avisados. 

Ok, descoberto que o carro esteve num chamamento para reparo, como saber se ele já foi  na montadora para o recall? Aqui, é o momento de entrar no site do Denatran. Lá, desde 2011 são registrados o recall para cada veículo específico. É preciso somente fazer um rápido cadastro no site e informar o número do chassi para ter acesso a informação. 

Caso a montadora não tenha a peça para substituir no Recall de Carro, o que fazer?

Nesta situação, mesmo que você compareça a montadora muito tempo depois do recall ser convocado, é garantido ao motorista a troca do item fabricado com falha. O consumidor não pode sofrer as consequência de um erro da montadora. Vale, sim, procurar o Procon e buscar os seus direitos. 

O que seria Recall branco?

O recall branco nada mais é do que um recall solicitado pela montadora sem que haja risco à vida do motorista. Ou melhor, não existe uma obrigação para a realização do serviço. No caso, o reparo seria feito de forma voluntária, diferente do recall convencional. 

Seguro de Carro

Não é apenas o recall de carro que protege o seu veículo, mas um seguro auto pode ser a segurança que esteja buscando. Que tal fazer uma simulação de seguro auto? Não perca tempo em cotar seguro de carro e descubra qual o melhor seguro de carros que se adequa a você!

Última atualização em 29/06/2020