Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como funciona a recauchutagem do pneu?

recauchutagem do pneu

Como funciona a recauchutagem do pneu?

Seu pneu “deu ruim” e você está pensando em recauchutagem para economizar uma grana?

Antes de pensar em recauchutar seus pneus, você já procurou saber como funciona? Se é legal? Qualquer veículo pode ter os pneus recauchutados?

Novas regras para recauchutagem

Saiba que há novas regras para a reforma e venda de pneus usados, recapados e recauchutados.

Elas foram publicadas pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), que espera um aumento da fiscalização, através de selo de garantia de origem e de instruções a quem vai comprar.

+ Qual diferença entre balanceamento e alinhamento?

Logo, é bom saber que é válido o uso de pneus reformados para veículos de passeio, comerciais leves e comerciais.

No entanto, em motocicletas e similares e veículos de uso agrícola, o uso de pneus reformados é proibido.

Lembre-se que os pneus em reuso precisarão ter um “Selo de Identificação de Conformidade”, segundo as novas regras do Inmetro, certificando que eles passaram por testes, garantindo a manutenção de sua qualidade.

Neste selo, consta o tipo de reparo feito (recauchutado, recapado, remoldado ou reformado), o número de reformas realizadas nele e a data do conserto.

As tradicionais indicações de uso e velocidades a serem obedecidas também devem estar apresentadas no selo, por meio de códigos próprios.

O que é recauchutar pneu?

Bom, agora que você já conhece as novas regras para reuso de pneus, válidas a partir de outubro deste ano de 2017, saiba como funciona o processo de recauchutagem em pneus.

Recauchutagem, ou reconstrução de pneus, é um processo de aproveitamento da estrutura resistente do pneu gasto (liso) em boas condições de conservação, para que ele ganhe outra vida após receber nova borracha de piso.

+ Qual calibragem certa dos pneus?

De maneira mais técnica, na recauchutagem, além da banda de rodagem, os ombros da caraça também são cobertos com uma camada de camelback e, logo depois, o pneu é aquecido à 150ºC , em um molde, para que se obtenha seu desenho.

Recauchutando seu pneu, você poupa cerca de 75%, tanto a nível energético como a nível de matéria prima. Ou seja, poupa dinheiro e contribui com o meio ambiente.

Recauchutagem do pneu – Como funciona?

1 – Inspeção

Nesta etapa inicial, os pneus são vistoriados visualmente e também por equipamentos específicos. São realizados testes, como indução elétrica, ultrassonografia, medidos sua pressão, entre outros.

 2 – Preparação da carcaça

Aqui os pneus são preparados para as condições de processamento. As peças são raspadas para que sejam devolvidas sua simetria.

3 – Escariação

Logo após a etapa 2, para evitar resíduo de contaminação, os pneus passam por um processo de escariação.

4 – Consertos

Esta etapa é muito importante. É preciso contar com técnicos bem treinados para que não haja maiores índices de problemas. É aqui onde ocorrem os consertos a cada tipo específico de pneu, de diversos modelos como radiais, sem câmera, diagonais, entre outros.

5 – Construção

Processo de pré-curagem, em que a banda de rodagem é preparada e aplicada junto com o coxim de ligação.

6 – Vulcanização

Processo com tempo e temperaturas controladas, em que o material é levado para a autoclave, após ser colocado dentro de um envelope de borracha e montado em uma roda especial. O ar quente retira bolhas e imperfeições.

7 – Inspeção final

Aqui acontece a vistoria visual e mecânica do pneu reformado. Qualquer falha detectada, precisa ser corrigida nesta etapa. Somente após a aprovação dos vistoriadores, o pneu pode ser comercializado e utilizado novamente em veículos.

Ah, e é interessante ficar por dentro, também, do limite de reuso/reforma estabelecido para cada tipo de pneu. Vamos lá:

  • Diagonal para automóveis e comerciais leves: três
  • Radial para automóveis com velocidade até 190 km/h: duas
  • Radial para automóveis acima de 190 km/h: uma
  • Diagonal para picapes, comerciais leves e rebocados: quatro
  • Diagonal e radial para caminhões, ônibus e rebocados: seis

Agora que você sabe as novas regras para compra e venda de pneus de recauchutagem, você sabe como trocar os pneus do seu carro? Veja a nossa postagem e não passe por sufoco!

Conheça também o processo de cambagem de pneu que ajuda a prolongar a vida útil.