Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Quais as regras para transporte de carga?

Não corra riscos ao transportar cargas inapropriadas: saiba as regras.

Quais as regras para transporte de carga?

Muito se fala sobre segurança no tráfego de automóveis, direitos dos pedestres e trânsito responsável. Mas, poucas informações são repassadas, de fato, quando o assunto é transporte de carga por veículos de passeio.

“O que posso levar no carro?”, “Qual o limite de peso?” e “Posso levar multa?” são dúvidas frequentes quando o assunto é esse.

Então, se você está de mudança ou precisa transportar uma carga grande dentro de um carro comum, é melhor ficar atento. O Código de Trânsito Brasileiro tem regras específicas para o transporte de carga em veículos não específicos. O não cumprimento delas pode gerar multas e dores de cabeça.

Transporte de cargas em veículos de passeio

A primeira regra de ouro é: a carga total não deve ultrapassar os limites do carro. Logo, esqueça aquele colchão que fica metade para fora da caminhonete.

Em relação à altura, a carga pode ultrapassar até apenas 50 centímetros da altura do veículo. Já o peso da carga não pode exceder o que está estipulado no manual do veículo pela sua montadora.

Quando as regras são desrespeitadas, os ocupantes do veículo em questão correm grande perigo, já que a segurança é colocada em risco.

Caso a lei seja desrespeitada e o motorista for pego em flagrante, a multa é de R$195,23 por infração grave, além de cinco pontos na carteira.

Quando o peso da carga é maior do que está especificado no manual do veículo, os pneus são sobrecarregados, podendo desalinhar e desbalancear o carro. Por conta disso, a velocidade também será reduzida e, se estiver trafegando em rodovias ou autovias, pode causar acidentes gravíssimos.

Já em caso da carga ultrapassar a altura máxima permitida em carros de passeio (50 centímetros), podem acontecer acidentes em túneis, portões, árvores e fiações elétricas, além de prejudicar a visão de outros veículos no tráfego.

Como transportar bicicleta?

Mesmo ultrapassando as dimensões de um carro de passeio, bicicletas podem sim ser transportadas por eles. Porém, existem acessórios corretos que ajudam a transportá-la da maneira apropriada.

Mesmo com o sistema adequado para transporte, as bicicletas, muitas vezes, podem obstruir a placa e os faróis do veículo. Nesse caso, é exigido também por lei um kit de iluminação auxiliar. O item deve receber uma nova placa adicional para ser afixada sobre a bicicleta, livre de qualquer obstáculo para a visão.

Outro exemplo são as motocicletas transportadas em caçambas. Nesses casos, é necessário o uso de extensor de caçamba, com local específico para emplacamento adicional.

Transporte de carga perigosa

Em julho de 2017, entrou em vigor no Brasil uma nova lei que contempla o transporte de cargas de alto risco, como combustíveis e materiais tóxicos. Entre as mudanças mais importantes, estão a inclusão de novos produtos que passaram a ser considerados perigosos.

Segundo o Código Brasileiro, “é considerado produto perigoso todo aquele que representa risco à saúde das pessoas, ao meio ambiente ou à segurança pública, seja ele encontrado na natureza ou produzido por qualquer processo”.

Por isso, o transporte desse tipo de produto deve atender às regras estabelecidas pela Agência Nacional de Transporte Terrestre, que abrangem adequação, marcação e rotulação de embalagens, sinalização das unidades de transporte e documentação.

Portanto, tome cuidado ao transportar qualquer tipo de carga no seu veículo. Caso a sua seguradora reconheça que um acidente foi causado por um risco desnecessário, ela pode não cobrir o prejuízo.