Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

A seguradora pode se recusar a pagar um sinistro?

A seguradora pode se recusar a pagar indenização de sinistro de seguro auto caso ocorra danos somente a itens não inclusos no seguro. Os mais comuns são os equipamentos de som, áudio e comunicação, originais de fábrica ou não.

A perda do direito à indenização também ocorre quando o segurado age em desacordo com as condições estabelecidas no contrato de seguro, decorrentes de

  • a) riscos excluídos ou prejuízos não indenizáveis;
  • b) Perda de direitos; e
  • c) Descumprimento das obrigações do segurado.

É importante, em caso de sinistro, apresentar documentos que comprovem a ocorrência de acidente/roubo/furto. As seguradoras podem se recusar a realizar o pagamento do sinistro caso não seja comprovado que a ocorrência foi de origem acidental, e causada pelo motorista. É grande a incidência de fraudes e golpes realizados contra seguradoras, onde um acidente ou roubo é forjado, com a intenção de o segurado receber o dinheiro sem a real perda do veículo. Também por isso, existem casos de sinistro recusado.

Além disso, a seguradora pode negar a indenização caso os dados informados pelo segurado na contratação sejam inverídicos ou omitam detalhes. Por exemplo, um condutor adicional frequente que não consta na apólice ou dizer que para o carro na garagem mas parar ele sempre na rua, no caso desse condutor colidir o veículo ou furto do veículo na rua, podem desobrigar a seguradora de pagar a indenização.

É importante, portanto, manter-se sincero em relação ao seu seguro, para que não perca seus direitos de segurado!

Faça uma cotação de seguro auto online para o seu carro e conheça as coberturas que você está protegido.

+ Como proceder caso meu carro seja roubado ou furtado?