Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Dicas Para Comprar Moto Nova – Conheça a Melhor Opção Para Você

Imagem de uma moto em um ambiente rural com a descrição: Dicas Para Comprar Moto Nova

Dicas Para Comprar Moto Nova – Conheça a Melhor Opção Para Você

Imagem de uma moto em um ambiente rural com a descrição: Dicas Para Comprar Moto Nova

Dicas Para Comprar Moto Nova

Assim que tirou a sua carta de motorista, Maria resolveu que queria comprar uma moto nova zero km. Sem pesquisar muito sobre os tipos de motos e planejar o pagamento, escolheu a primeira concessionária que viu e comprou uma scooter conforme o vendedor aconselhou.

O pagamento foi negociado em diversas parcelas com juros durante alguns anos.

Depois de utilizar a moto para ir e voltar do trabalho, percebeu que poderia ir a cidade vizinha com a moto. No meio do caminho a moto não aguentou a velocidade e parou no meio da via.

Sem seguro de moto, Maria teve que contratar um guincho à parte para rebocar a sua companheira de duas rodas.

Veja abaixo dicas para comprar moto nova e não cair nas mesmas armadilhas que a Maria caiu!

Por que e para que comprar a moto?

Antes de começar a planejar a compra de uma moto, é preciso se fazer duas perguntas. A primeira: “é mesmo necessário comprar uma moto?”. Se for possível substituir pelo uso de outro transporte (ônibus, carro, táxi e etc), pode ser um bom motivo para evitar gastos com a aquisição de uma moto nova.

A segunda é: “Eu vou usá-la para quê?”. É preciso dar um motivo para a compra da moto: vai ser usada para ir e voltar da faculdade? Para trabalhar? Para viajar?

+ Dicas para comprar moto usada sem cair em pegadinhas

Respondendo essa pergunta, você tem um ponto de partida para a escolha da categoria, já que é preciso avaliar as suas necessidades para escolher o melhor modelo.

Já pensou comprar uma moto e deixar na garagem porque você não comprou aquela que atende às suas necessidades? Então, por isso é necessário refletir o motivo da compra da moto e evitar arrependimentos.

Após responder essas duas perguntas, você pode seguir tranquilo para planejar outros fatores para comprar moto nova.

Hora de planejar comprar a moto

Engana-se quem pensa que é só levar em consideração o valor das parcelas da moto para planejar a compra: esse é apenas um pontapé na hora da aquisição. Ainda tem manutenção, combustível, estacionamento, seguro de moto, seguro obrigatório e muitos outros.

Condições financeiras

Para comprar uma moto nova, é necessário que você coloque no papel os possíveis gastos antes mesmo de fazer a compra, sendo que todos os valores não devem ultrapassar um terço do seu orçamento total.

Verifique a sua situação financeira: você está com dívidas, no azul ou com reservas?

No caso de estar com dívidas, verifique a necessidade real de comprar uma moto: com uma dívida a mais, será difícil controlar o orçamento mensal.

Para quem está no azul, faça as contas do mesmo jeito e verifique se com os gastos a conta irá fechar no final do mês. Saiba que com algum valor reserva, é melhor juntar uma parte do montante para dar a vista e diminuir as parcelas.

Agora, se você tem reservas é um belo momento para realizar a compra. Porém, veja se você tem todo o valor necessário para quitar a moto a vista, em caso negativo, é interessante juntar mais ainda para não sofrer com os juros do financiamento.

Ao verificar a sua situação financeira, é possível saber qual a faixa de preço para comprar a moto. Lembre-se de não extrapolar o limite do preço informado para não se enrolar mais tarde.

Despesas

Algumas despesas são extremamentes necessárias após a compra de uma moto. Por isso é necessário verificar se todas elas caberão no seu orçamento mensal. Veja abaixo algumas delas:

  • O IPVA é um Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores de nível estadual, que deve ser pago todo ano;
  • O CRLV ou Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo é um pagamento realizado também todos os anos, garantindo o direito da sua moto circular pelas estradas do país;
  • O DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) também é realizado todos os anos, garantindo a todos a indenização de vítimas de trânsito. Veja aqui mais sobre o DPVAT Moto.
  • O estacionamento é uma opção de muitos motociclistas para proteger a moto, já que deixar a moto na rua é pouco confiável;
  • O combustível é um gasto extremamente necessário e imprescindível, por isso faça uma tabela com aproximação do valor que você deve gastar por semana ou mês;
  • A manutenção também é presente na vida de quem tem moto, seja para uma revisão antes de viajar ou alguma falha elétrica ou mecânica;
  • A compra de equipamentos de segurança e roupas próprias para andar de moto são necessárias, como capacete, botas, capa de chuva e outros;
  • O Seguro de Moto é escolha para proteger o seu bem contar diversos acidentes e imprevistos. Além de muitas seguradoras oferecem o serviço de assistência 24 horas que te tiram do sufoco. Seguro de moto vale a pena? Tire as suas dúvidas.

Colocou no papel todas as despesas e elas couberam no orçamento do mês? Então veja a próxima dicas para comprar moto nova.

Qual tipo de moto comprar?

Escolher a melhor categoria de moto é essencial para que a compra seja de sucesso. Já pensou comprar uma moto com a intenção de viajar, mas ela parar no meio da serra por falta de potência? Veja abaixo as principais categorias de moto.

City

Como o próprio nome diz, a categoria City (ou street) é desenhada para ser utilizada na cidade, com lugar para garupa, sem muitos acessórios e possibilitando a utilização em corredores. Elas possuem de 125 a 500 cilindradas, com velocidades máximas de 110 a 160 quilômetros por hora.

Custom

A Custom é voltada para o conforto e design elaborado, com banco mais baixo com apoio de garupa. Esses dois pontos são marcas de muitas motos da Harley-Davidson. Ela é indicada para uso em viagens devido ao conforto e cilindradas mais altas.

Trail/Fun

Podemos dizer que essa moto é duas em uma, podendo ser utilizada tanto dentro quanto fora das estradas. Elas possuem motor de média a alta cilindradas.

Naked

O nome vem do inglês “pelado”, já que ela não possui carenagem. São consideradas de uso urbano, com cilindradas médias, podendo circular em vias urbanas ou estradas asfaltadas.

Scotter / cub

Essa categoria apresenta motos de baixa cilindrada, geralmente entre 50 a 150, conhecida pela sua posição de pilotagem sentada e escudo frontal de proteção.

Sport

Como o nome diz, elas são voltadas a prática de corridas, pois tem design aerodinâmico e mecânico de alto desempenho, ultrapassando 1200 cilindradas.

Touring

Essa categoria apresenta motos grandes, que possuem alta capacidade de carga, motor potente, conforto na pilotagem e tanque de combustível grande. Por essas características, são indicadas para grandes viagens de moto.

Formas de comprar uma moto nova

Já várias formas de realizar o pagamento de uma moto nova além do pagamento a vista. Veja abaixo o consórcio, financiamento e leasing.

Financiamento: É a forma mais comum de comprar um carro, casa ou moto. Nesta modalidade, o comprador solicita ao banco o valor necessário para realizar a compra. O pagamento é feito em parcelas, no qual o juros giram em torno de 27% ao ano, sendo essa uma das principais desvantagens.

Leasing: Essa modalidade funciona como um contrato de aluguel a longo prazo, no qual o banco faz a compra do veículo e dá o direito ao comprador usá-lo, com a opção de compra ao final do contrato. Os juros giram em torno de 17% ao ano, com a desvantagem do condutor não poder realizar a venda do veículo, pois este está em nome do banco até o final do contrato.

Consórcio: O consórcio funciona como uma poupança coletiva, no qual cada membro contribui mensalmente. É possível realizar a compra da moto apenas quando o comprador é sorteado com a carta de crédito ou quando ele realiza o maior lance. Não há taxa de juros, apenas uma taxa fixa administrativa, porém a compra do veículo pode demorar vários anos.  

Ficou em dúvida? Veja mais sobre os tipos de financiamentos de veículos.

Últimas dicas para  comprar moto nova

  • Depois de escolher a categoria de moto que mais atendem às suas necessidades, conheça os modelos. Faça uma lista daqueles que mais chamam a sua atenção;
  • Compare preços e condições em diversas concessionárias e sites;
  • Não deixe se guiar pela emoção na hora da compra: você já definiu a faixa de preço da moto, forma de pagamento e modelos, não fuja desses parâmetros;
  • Conheça bem a reputação da empresa na qual você está comprando a moto, veja opiniões de compradores e consulte sites de reclamações;
  • Ao comprar moto de leilão, esteja ciente ao fazer um lance, já que se for aceito, você será obrigado a fazer a compra;
  • Em caso de financiamento, reduza o máximo o tempo e valor das parcelas, assim você paga menos juros;
  • Não ultrapasse o valor definido para as parcelas;
  • Tenha a documentação e cópias de todos os papéis referente a compra da moto;
  • Se você não estiver confiante, faça um curso de pilotagem. Algumas montadoras disponibilizam esse curso de forma gratuita.
  • Vai usar a sua moto como meio de trabalho? Não esqueça de ver a nossa publicação sobre seguro de moto com fins comerciais.

Não esqueça do seguro de moto, para andar por aí protegido contra diversos acidentes e imprevistos. Faça uma cotação agora e veja os benefícios que as seguradoras podem oferecer para você.