Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Qual a idade mínima para andar de moto na garupa?

Imagem de motos para ilustrar post sobre Idade mínima para andar de moto na garupa

Qual a idade mínima para andar de moto na garupa?

Usar a moto como meio de transporte apresenta diversas vantagens. Seja por ser um veículo mais rápido que os demais, por ser menor e mais fácil de estacionar. Ou por utilizar menos combustível, ajudando você a economizar entre outras vantagens. E quando falamos de moto, não podemos deixar de pensar em quem anda na garupa. Você tem ideia de qual é a idade mínima para andar de moto na garupa?

Apesar dos benefícios, a moto não é um veículo que apresenta praticidade familiar. Mas as vezes, não há tempo para tomar um transporte público e necessitamos usar a moto com nossas crianças. E é aí que nos perguntamos, mas e qual a idade mínima para andar de moto na garupa?

Jamais coloque a vida do seu filho em risco. Siga as normas do Código de Trânsito Brasileiro sobre transportar crianças em motos. Transportar uma criança com idade inferior a permitida ou em condições inadequadas é considerada uma infração gravíssima. A penalidade é de multa e a soma de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação. E ainda há a perda do direito de dirigir.

Mas, qual é a idade mínima para andar de moto na garupa

O Projeto de Lei 6401/09, do ex-deputado Professor Victorio Galli foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara. Ele aumenta de sete para onze anos a idade mínima que um menino ou uma menina podem andar em garupas de em motocicletas, motonetas e ciclomotores. O próximo passo do projeto é ser encaminhado para análise no Senado.

Algumas crianças, apesar de terem sete anos, não possuem o tamanho para firmar os pés nos pedais da moto. Isso gera risco de queda e podendo assim causar um acidente. Outro fator limitante a crianças nesse tipo de veículo é em caso dela estar doente, apresentar pés ou braços engessados. Nesses casos também não é permitido andar na garupa.

Além de não cumprir a idade mínima, outras infrações também são comuns. A de levar crianças na frente e não na garupa, levar os pequenos sem capacete ou um que não seja o tamanho compatível com o diâmetro da cabeça deles. Além de ser um ato imprudente, colocar a vida de um inocente em risco, ainda pode gerar encargo de multa.

Mudanças na regra

No projeto que está em andamento é proposta uma alteração na lei para tornar infração quem transportar crianças até os dezesseis anos sem fazer o uso de bota, colete e capacete..

O artigo aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara também acrescenta como infração gravíssima a condução de moto sem uso de colete de segurança dotado de alças nas laterais para dar apoio ao passageiro, durante o deslocamento de menores de dezesseis anos.

A proposta ainda busca ajustes na legislação que regula a atividade de motoboys. Ela busca a obrigatoriedade do uso de colete segurança também com alças laterais para apoio do passageiro e de dispositivos retrorrefletivos por esse profissionais.

É tudo uma questão de segurança dos menores. No momento, a legislação brasileira permite que a idade mínima para andar de moto na garupa seja de sete anos. Contudo, os adultos devem ser conscientes e saber dos riscos que estão colocando seus filhos ou parentes ao transportar meninos e meninas em fase de desenvolvimento.

Nesse período da vida os ossos e órgãos são mais frágeis do que os de um adulto. Essa vulnerabilidade deve ser considerada, pois em caso de acidente os impactos que para um adulto podem ser somente ferimentos leves, para uma criança pode ser fatal.

Não perca tempo e faça agora mesmo o seu seguro moto.