Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

O que é e para que serve o sensor de temperatura do motor

sensor de temperatura

O que é e para que serve o sensor de temperatura do motor

O sensor de temperatura do motor é um dos itens mais importantes quando o assunto é manutenção automotiva. Entretanto, poucas pessoas sabem de sua existência e, até mesmo, onde ele está localizado. Para a saúde do seu carro estar sempre em dia, é preciso verificar o estado desse componente, seu modo de funcionamento e função.

Saber como funciona o sensor de temperatura do seu motor é evitar que ele estrague, esquente ou que o motor possa fundir. Se isso acontecer, os gastos – e a dor de cabeça – serão ainda maiores.

De forma geral, o sensor faz a medição precisa da temperatura – principalmente do motor. Mas ele também faz a medição do fluído de arrefecimento, informando esses dados no painel do carro. Essas informações são importantes. A partir delas, uma série de estratégias de funcionamento são ativadas no motor. Nesse post, você vai saber um pouco mais sobre o sensor de temperatura e suas especificidades.

Funcionamento do sensor de temperatura

O sensor usa um termistor cerâmico para medir a temperatura do motor. Esse componente envia sinais elétricos diretamente ao medidor que está no painel do carro. Quando a temperatura está alta, luzes acendem no painel.

A medição funciona com base na variação de tensão do sensor. Ele trabalha junto com a mudança de temperatura do motor do carro. Independente do veículo já estar aquecido, ligado ou desligado.

Em boa parte dos veículos, é no cabeçote que se encontram os sensores de temperatura. O cabeçote é a área onde o motor está mais quente. Por isso o sensor fica neste local, onde a mensuração é a mais precisa. Mas, apesar desse ser o lugar mais comum, alguns modelos importados tendem a usar outras maneiras de medição da temperatura do carro.

Leia Mais. Você sabe como funciona o câmbio automático?

Quando realizar a manutenção do sensor?

O tempo ideal para a checagem do sensor de temperatura é de 30 mil quilômetros. Mas esse prazo não é fixo. Na verdade, ele varia conforme o modelo do automóvel. No manual do carro ou em concessionárias autorizadas é possível saber o período certo para a manutenção do sensor.

Ao identificar falha ou não funcionamento do componente, leve imediatamente o veículo ao seu mecânico de confiança. É necessário fazer uma vistoria mais aprofundada para ter um diagnóstico definido.

Conheça mais sobre a manutenção dos freios do carro.

Valores de sensor de temperatura

Para os carros produzidos no Brasil, o preço do sensor de temperatura não passa dos R$ 50. Já para os veículos importados, é possível encontrar produtos que custem entre R$ 65 a R$ 100. Quando falamos de mão de obra, esse é um trabalho bem específico e detalhado. As informações precisam ser as mais reais possíveis, pois envolvem o motor do carro e a sua temperatura.

Por isso a dica é nunca comprar sensores usados. Escolha sempre produtos originais e com garantia de fábrica. Dirigir sem um sensor de temperatura é quase como dirigir às cegas, em relação a saúde do motor. Uma viagem de férias ou à trabalho podem acabar não acontecendo se, por descuido, o veículo acabar super aquecendo.

Se o seu carro ainda não tiver um seguro, faça já o orçamento online de seguro auto. Entenda bem o que o seguro de carro não cobre e os riscos excluídos do seguro auto antes de fazer sua escolha.