Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Você sabe o que significa os sinais visuais usados no trânsito?

Sinais visuais do trânsito

Você sabe o que significa os sinais visuais usados no trânsito?

Se você dirige ou é um carona atento ao percurso, provavelmente já notou que no trânsito existem alguns sinais que os motoristas trocam que servem para comunicar algo. Na maioria dos casos, esses sinais não estão no CTB (Código de Trânsito Brasileiro), mas já se consolidaram como oficiais entre os motoristas.

Eles são utilizados para comunicar diferentes situações e é importante que você os entenda e fique atento a eles, principalmente em estradas e rodovias, onde eles são mais frequentes e, geralmente, o risco de acidente é maior.

Separamos os principais sinais visuais utilizados pelos motoristas. Confira:

– Duas buzinadas

Esse tipo de sinal significa um agradecimento e é utilizado quando o motorista que estava na frente permitiu ou facilitou a ultrapassagem. Para agradecer, o motorista que realizou a ultrapassagem faz esse sinal. Ou seja, é um “obrigado” em forma de buzinadas.

O motorista que facilitou a ultrapassagem, em seguida, também pode utilizar o sinal como um “de nada”. Os toques na buzina devem ser rápidos e curtos para caracterizar esse significado.

– Piscar faróis

É utilizado para indicar aos carros que trafegam no sentido contrário que eles irão encontrar algum tipo de dificuldade pela frente. O objetivo é informar para os outros motoristas que eles enfrentarão algum problema em breve e, portanto, é melhor reduzir a velocidade e se atentar ao trânsito.

Você pode sinalizar um acidente, queda de barreira, pista com danos ou tráfego parado.

Quando esse sinal é feito pelo carro que está atrás de você e com insistência, significa que há algo de errado com o seu veículo. É uma maneira de avisar sobre algum problema que aconteceu e você não notou, como por exemplo portas abertas, vazamento de algum fluído ou algo que você esteja carregando no teto pode ter se soltado. Quando notar esse sinal, preste atenção no funcionamento do veículo e tente notar se está tudo bem.

Porém, tome cuidado: Esse sinal pode ser utilizado por pessoas mal intencionadas que utilizam para dar golpes de roubos e furtos, portanto não estacione o veículo em lugares desertos.

Já quando é acompanhado de buzinas, é um aviso para o carro da frente facilitar passagem. A insistência nesse sinal indica que o automóvel de trás está com problemas mecânicos, alguma pane ou transportando um ferido ou doente em estado de emergência. Para substituir ou complementar esse sinal alguns motoristas ligam também o pisca alerta, todavia isso é proibido por lei e não é recomendado.

Quando o veículo de trás fizer esse sinal, abra passagem assim que puder.

– Seta direita ligada

Esse sinal, feito pelo veículo da frente, significa que pode-se fazer a ultrapassagem com segurança. Ele é muito utilizado em pistas de mão dupla que possuem apenas uma via, e indica que não há nenhum veículo vindo no sentido oposto. Mas tome cuidado: o motorista da frente pode se enganar ou sinalizar que vai sair da estrada e virar a direita, portanto sempre certifique-se que a ultrapassagem é segura.

– Seta esquerda ligada

Em estradas, quando você está na faixa da esquerda o veículo de trás ligar a seta nesse sentido, significa que ele quer te ultrapassar. Já, quando o sinal é feito pelo carro da frente, é um aviso para você não ultrapassar naquele momento.

– Gestos do condutor

Existem três gestos feitos pelo condutor do carro que podem indicar que ele vai dobrar a esquerda, dobrar a direita ou diminuir a marcha e parar. Eles servem de complemento à sinalização eletrônica, porém não devem ser feitos a noite, já que dificilmente os outros condutores conseguirão visualizar os sinais.

gestos mais utilizados por motoristas no trânsito

Significado dos gestos feitos pelos condutores.

Esses sinais são muito úteis e utilizados nas estradas brasileiras. Todavia, se você for dirigir em outro país, esqueça eles! Cada país possui seus próprios sinais.