COTAR SEGURO ONLINE

Saiba o que é e o que faz o Sistema MyLink

Saiba o que é e o que faz o Sistema MyLink

Se hoje o Chevrolet Onix é líder com folgas no mercado brasileiro, muito se deve ao sistema MyLink. Até 2012, quando a primeira geração do compacto foi lançada, as centrais multimídia equipavam somente modelos caros. Elas também custavam verdadeiras fortunas nas lojas de acessórios automotivos.

O que o Onix fez foi popularizar e baratear a tecnologia. Hoje, todos os modelos da General Motors têm o sistema MyLink. Se a concorrência quer vender, obrigatoriamente tem que equipar seus carros com centrais semelhantes.

Popularizando a tecnologia do Sistema Mylink

A primeira geração do MyLink era uma tecnologia inédita no segmento dos compactos de entrada da época. O equipamento tinha uma tela colorida de sete polegadas sensível ao toque e integrada ao painel. Os menus e funções eram intuitivos, fáceis de mexer e havia rádio AM/FM e entradas auxiliares para pendrive e iPod. O CD-Player, já obsoleto, foi excluído no sistema MyLink.

Outro destaque era o menu para alterar configurações do carro, como desabilitar o acionamento automático do limpador do vidro traseiro e o travamento automático das portas. Ele também permitia ajustar o volume dos avisos sonoros e o tempo que os faróis do veículo ficam acesos quando as portas são travadas e destravadas. Também era possível habilitar a câmera de ré, que era vendida como acessório nas concessionárias.

Conectividade

O maior atrativo do sistema MyLink era a possibilidade de se conectar a tablets e telefones celulares via cabo ou Bluetooth. Era possível receber e fazer ligações, escutar músicas de aplicativos como Spotify e Deezer, além de reproduzir fotos e vídeos do celular na tela do equipamento. O próprio MyLink tinha alguns aplicativos de rádios, podcasts e navegação (este último pago).

O MyLink era equipamento de série em cinco das dez configurações disponíveis para o Onix na época do lançamento. Nas demais era um opcional tão obrigatório que os Onix usados sem MyLink até hoje são mais desvalorizados do que os equipados com a central. Após lançar no Onix, a General Motors foi equipando toda a sua linha de veículos com o sistema.

Mais fácil de operar

Em 2015, o Cobalt reestilizado foi o escolhido para estrear o MyLink 2, a segunda geração da central multimídia. Algumas limitações da primeira foram resolvidas. Entre elas as instalações de botão giratório para volume e teclas para avanço de faixas de músicas ou estações de rádio (antes eram por teclas abaixo da tela ou no próprio menu, o que desviava a atenção do motorista).

Além disso, o sistema MyLink 2 passou a contar com interface para os aplicativos Apple Car Play e Android Auto. Ele permite espelhar funções o aparelho e de apps na tela, entre eles WhatsApp, Skype, Spotify e até mesmo o navegador Google Maps, no caso dos celulares com sistema operacional Android.

Conversando com o Sistema MyLink

Outra novidade eram os comandos por voz que permitiam ditar e ouvir mensagens de texto por meio do sistema de áudio do veículo. Também já era possível obter itinerários, consultar condições de trânsito, fazer buscas de restaurantes e outros pontos de interesse e até mesmo acessar aplicativos de trocas de mensagens por texto.

Também havia o sistema de concierge OnStar. Um serviço pago que oferecia conexão a serviços de assistência em caso de emergência e atendimento 24 horas de uma central que pode ajudar com direções, descoberta de pontos de interesse, notícias, entre outros.

4G e Wi-Fi

Em meados de 2019, coube ao Cruze reestilizado a tarefa de estrear o MyLink 3, terceira geração do sistema. As novidades, contudo, eram poucas. O sistema Mylink passou a contar com internet 4G e Wi-Fi para conexão de até sete aparelhos. O plano de dados de 3 Gb era da operadora Claro e com os primeiros 90 dias gratuitos. Depois, o proprietário começava a pagar e tinha opções de assinatura de 2 Gb, 5 Gb, 10 Gb e 20 Gb.

Na segunda geração do Onix, a tela do MyLink 3 passou a ser flutuante e instalada no topo do painel, o que melhora bastante a sua visualização pelo condutor. Além disso, mais botões saíram da tela e passaram a ser físicos, facilitando ainda mais a operação sem distrair o motorista. Por outro lado, os comandos do ar-condicionado digital foram replicados na tela do aparelho.

O sistema MyLink 3 ficou mais responsivo aos comandos, trouxe maior velocidade de processamento, novo layout, resolução gráfica superior, possibilidade de customização e novas telas. Entre elas a que permite exibir informações do sistema de áudio e do telefone ao mesmo tempo. Outra novidade é a capacidade de pareamento simultâneo de até dois celulares por Bluetooth.

MyChevolet

Outro recurso tecnológico que fez sua estreia no novo Onix é o aplicativo myChevrolet. Ele permite consultar pelo celular ou smartwatch informações do computador de bordo. Entre elas está o nível de combustível, a vida útil do óleo, o odômetro e a pressão individualizada dos pneus. Dá para consultar até se há informações de recall.

Outra funcionalidade interessante são relatórios por viagem, por dia, semana ou mês. Eles observam a forma de condução para quem deseja se aprimorar ao volante e dirigir de forma mais eficiente. O aplicativo, contudo, é vinculado ao sistema OnStar, que é pago por mês.

Cotação online de Seguro Auto

 

 Última atualização em 16/03/2019