Carros subcompactos – Veja os melhores da categoria

Imagem no Volkswagen Up! para texto sobre subcompactos

Carros subcompactos – Veja os melhores da categoria

Você conhece os carros subcompactos? No Brasil, eles são muitas vezes preteridos em favor dos carros compactos. Porém, os subcompactos são, na verdade, uma ótima pedida. Confira neste texto os principais modelos.

Dimensões reduzidas, eficiência grande

A categoria dos chamados subcompactos engloba automóveis um pouco menores do que a média.

Talvez por isso eles ainda não apresentem vendas muito expressivas no Brasil. Isso porque a tendência atual parece ser a de carros grandes e luxuosos, e de SUVs sofisticados.

E mesmo as pessoas que não têm tanto capital para investir em um veículo grande acabam decidindo por adquirir um carro da categoria dos compactos – o segmento logo acima dos subcompactos.

Assim, enquanto os compactos como o Volkswagen Gol, o Chevrolet Onix e o Fiat Uno são campeões de venda no país, os subcompactos ainda amargam vendagens pouco expressivas.

No entanto, os carros subcompactos apresentam várias vantagens, como veremos a seguir.

Vantagens dos carros subcompactos

Para começar, seu tamanho reduzido permite que ele se locomova facilmente e seja estacionado com maior facilidade e em vagas menores. Isso representa uma grande vantagem principalmente nas grandes cidades.

Outra vantagem é que os subcompactos costumam ser mais econômicos, pois seu consumo geralmente é mais baixo.

Além disso, eles poluem menos do que os carros das categorias superiores – mais uma vantagem digna de nota para as grandes cidades.

O primeiro carro subcompacto do Brasil

Podemos dizer que o modelo que inaugurou essa categoria no Brasil foi o Ford Ka, lançado em 1996.

Com dimensões reduzidas, porém espaçoso para o motorista, o Ka inovou à época com seu design arrojado.

Porém, o design foi justamente um ponto criticado pelos brasileiros, que estranharam o formato curvilíneo de suas linhas.

O tamanho pequeno também não agradou muito. Talvez devido à busca dos brasileiros por carros para família grande.

Embora o antigo Ka tenha sido descontinuado, ele deixou sua marca no mercado nacional. Seu design serviu de base para outros modelos da montadora, como o Focus.

Os carros subcompactos atuais no Brasil

Atualmente, há basicamente quatro modelos de carros subcompactos disponíveis no mercado automobilístico brasileiro. A seguir, faremos uma breve análise de cada um deles.

Os dados numéricos se referem a testes feitos pela revista Quatro Rodas.  

Volkswagen Up!

Tanto o Up! TSI 1.0 MT quanto o MPI 1.0 I-Motion são campeões da categoria em termos de consumo de combustível. Ambos fazem cerca de 15,0 km com um litro de gasolina na cidade.

O desempenho em termos de aceleração também é muito bom. Porém, o TSI 1.0 MT leva vantagem sobre os demais subcompactos, sagrando-se campeão nesse quesito.

Enquanto o TSI 1.0 MT vai de 0 a 100 km/h em pouco menos de 11 segundos, o MPI 1.0 MT faz o mesmo em quase 15 segundos, ao passo que o MPI 1.0 I-Motion leva 16,5 segundos.

Renault Kwid 1.0 MT

O subcompacto da montadora francesa faz 14,7 km com um litro de gasolina no ambiente urbano.

Sua performance no teste de aceleração também é boa. O Kwid vai de 0 a 100 km/h em 15 segundos.

Fiat Mobi

O Fiat Mobi Drive 1.0 Firefly GSR também é econômico, pois percorre 14,85 km com um litro de gasolina na cidade. O modelo Firefly MT não fica muito atrás, atingindo a marca de 14,28 km por litro de gasolina.

Porém, não se pode dizer o mesmo do Mobi Way 1.0 Fire MT. Fazendo 11,9 km por litro, ele apresenta o segundo pior consumo entre os carros subcompactos analisados.

Quando o assunto é aceleração de 0 a 100 km/h, o Firefly MT se sai melhor, com a marca de 15,7 segundos.

Já os outros dois modelos do Fiat Mobi ficam em último nesse quesito, sendo que o GSR fica com o pior desempenho: de 0 a 100 km/h em 18,18 segundos.

Cotar Seguro Fiat Mobi

Chery QQ

O subcompacto da Chery é muitas vezes considerado o carro mais barato do Brasil. Isso, porém, se reflete no fato de que o Chery QQ apresenta o pior consumo entre os subcompactos: 11,67 km com um litro de gasolina.

Quanto ao desempenho de aceleração, ele vai de 0 a 100 km/h em 16,29 segundos.

O subcompacto da montadora chinesa também apresenta engates imprecisos no câmbio, e o acabamento deixa um pouco a desejar.

Contudo, não deixa de ser uma boa opção para quem quer comprar um carro zero km por menos de R$ 30 mil.

Desvantagens dos carros subcompactos

É claro que nem tudo são flores. Esses automóveis pequenos e bonitinhos apresentam algumas desvantagens.

Cabe a você, contudo, decidir até que ponto elas são relevantes para o uso que você pretende fazer do veículo.

Obviamente, se você tem a intenção de transportar muitas pessoas o tempo todo, as dimensões reduzidas dos subcompactos são uma desvantagem.

Mas, além disso, cabe mencionar que, na versão mais básica, todos os modelos citados acima vêm com poucos opcionais.

Então, se você procura um carro com ar-condicionado e direção hidráulica, por exemplo, saiba que isso custará um dinheiro a mais.

Mesmo assim, os subcompactos são econômicos, confortáveis para dirigir, e têm bom desempenho pelo preço que custam.

Só não se esqueça de fazer um seguro auto, para que o barato não acabe saindo caro na eventualidade de um acidente ou de furto. Faça uma cotação online de seguro auto e confira o melhor para você. 

Última atualização em 26/03/2019