Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Veículos mais vendidos: Brasil teve aumento de 9% em 2017

Imagem aérea de uma avenida para ilustrar post sobre veículos mais vendidos

Veículos mais vendidos: Brasil teve aumento de 9% em 2017

O ano que acabou de passar contou com uma leve recuperação do seu PIB gerando aumento nos resultados de comércio e de serviços. A venda de carros por exemplo, teve uma alta de 9% no Brasil em 2017 segundo a Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores (Fenabrave). Saiba mais sobre os veículos mais vendidos de 2017.

Segundo o levantamento, houve alta de 9,23% na venda de automóveis novos. Foram comercializados cerca de 2, 3 milhões de veículos, comerciais leves (como picapes e furgões), além de caminhões e ônibus.

Mesmo ainda sendo uma base baixa de vendas, como comentou o presidente da entidade, o resultado positivo pode ser atribuído à queda da inflação e dos juros. Além disso, também pode ser atribuído a uma leve retomada da confiança causada por desaceleração na inadimplência.

Para se ter uma ideia, em 2016 foram cerca de 2,05 milhões de novos carros vendidos. Esse número só perde para o ano de 2006, que teve 1,9 milhão de novas unidades.

Apesar do resgate, o mercado de 0 km no ano passado foi inferior ao ano de 2007, que teve registro oficial de 2,4 milhões de novos carros. Esse número é distante do recorde de 2012, onde 3,8 milhões de novos carros foram emplacados. Segundo a Fenabrave, eles acreditam que setor só voltará a esse nível de sucesso em 2025.

Veículos mais vendidos em 2017

Entre os veículos mais vendidos em todo o Brasil na categoria novos, no topo da lista está o Chevrolet Onix. Esse é o modelo mais vendido pelo terceiro ano seguido com cerca de 200 mil unidades emplacadas. Contra 106 mil do Hyundai HB20, em segundo lugar nessa pesquisa.

A Chevrolet permanece sendo a marca mais adquirida pelo consumidor, conquistando 18% do mercado, seguida pela Fiat (13,4%) e Volkswagen com 12,5%.

O maior segmento de vendas em 2017 como é tradicional é o automotivo (composto por carros de passeio e SUVs). Foram cerca de 1,8 milhão de unidades vendidas e aumento de 9,9%.

Os comerciais leves caracterizados por furgões e picapes avançaram 6% em relação à 2016. A venda de caminhões, segmento conhecido como veículos de carga apresentaram avanço de 3,5%, com cerca de 52 mil unidades vendidas. Dessa fatia, o que mais cresceu em vendas em 2017 foram os ônibus, com aumento de 10,6%. Foram 15 mil modelos novos com placas em 2017.

As motos pertencem ao único segmento que teve queda em 2017, com apenas 851 mil novas unidades circulando no país. Queda de 14,7% em volume de vendas.

O levantamento da Fenabrave constatou também que 616 concessionárias iniciaram atividades entre 2014 e 2017. Porém, no mesmo período, cerca de 1.890 pararam suas atividades. O setor concluiu 2017 com cerca de 6 mil concessionárias.

A Fenabrave comentou, em reportagem no seu site, que prevê a continuação do crescimento do mercado em 2018, cerca de 10,3% no setor como um todo. Contando com um avanço de 12,6% na venda automóveis, 8,1% em comerciais leves, 9,5% em caminhões. A venda de novas motocicletas também deve voltar a crescer, segundo a entidade espera-se que cerca de 6,5%.

Aproveite a compra do seu carro novo e faça agora o seu seguro auto.