Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Vídeo: Veja o substituto esquisito para o volante que a Ford inventou em 1965

Veja no vídeo o substituto esquisito que a Ford inventou para o volante.

Vídeo: Veja o substituto esquisito para o volante que a Ford inventou em 1965

Em 1965, os designers e os engenheiros da Ford trabalhavam incessantemente em inovações no escritório da cidade de Dearborn, nos Estados Unidos. Não dá para dizer que eles reinventaram a roda – mas ao menos reiventaram o volante.

No vídeo abaixo, eles apresentaram o sistema de direção wrist-twist (virada de pulso, traduzindo para o português mas perdendo a rima espertinha). Hoje, 50 anos depois, sabemos que a novidade não pegou, mas vale assistir pela curiosidade:

Como você pode imaginar, o sistema foi criado por um ex-engenheiro de mísseis chamado Bob Brown. Por incrível que pareça, a ideia não era tão desprovida de propósito quanto parece: com o sistema, os braços do motoristas ficariam apoiados como numa poltrona deixando a condução mais confortável. Além disso, melhoraria a visibilidade do painel e da pista a frente.

Mais: com esse sistema, o tórax do motorista ficaria menos exposto a lesões em comparação com os volantes que temos atualmente. Segundo o Instituto do Tórax, pancadas na região são responsáveis por 1 em cada 4 mortes por traumas. No sistema proposto pela Ford, em caso de colisões a área de impacto seria muito menor e as lesões resultantes seriam também menos danosas.

Com todos esses benefícios, você pode imaginar que a Ford focou em algum deles no vídeo promocional, certo?

Errado! Para a montadora, a principal vantagem era ajudar as mulheres na baliza, caminhando pelo mesmo estereótipo de que as mulheres não sabem dirigir (o que as seguradoras provam ser mentira). Poxa, Ford! A gente sabe muito bem que todo mundo tem dificuldade na hora de fazer baliza. Mas vamos perdoar o deslize porque em 1965 ninguém pensava muito nisso.