Como funciona a Vigência do Seguro Auto

Imagem de agenda para ilustrar texto sobre vigência do seguro auto.

Como funciona a Vigência do Seguro Auto

Você sabe exatamente quando o seguro do seu veículo começa a valer? Sabe por quanto tempo ele vale? E se você deixar de pagar, por quanto tempo ainda estará protegido? Leia este texto para saber tudo sobre vigência do seguro auto.

Imagem de agenda para ilustrar texto sobre vigência do seguro auto.

É importante nunca confundir a vigência do seguro com o número de parcelas pagas.

Início e fim da validade do seguro

Algumas pessoas confundem o período de vigência do seguro com o período em que ficarão pagando as prestações (prêmio do seguro).

Nada mais errôneo. Ao contratar uma apólice de seguros, a pessoa pode fazer uma escolha.  Pode pagar o prêmio anual de uma só vez, à vista, ou optar por parcelar o valor ao longo de alguns meses.

Isso não tem qualquer efeito sobre o prazo de validade do seguro. Se não fosse assim, a pessoa que decidisse pagar o prêmio integral de uma vez só ficaria descoberta logo após o primeiro mês!

Então, como saber ao certo o período de Vigência do Seguro Auto?

Em condições normais, não é difícil saber a vigência do seguro auto. As datas de início e de fim da cobertura vêm especificadas no contrato da apólice.

Considera-se que o seguro vale da meia-noite da data inicial até a meia-noite da data final.

Normalmente, o período de vigência do seguro é de um ano.

A princípio, a data de início corresponde à data de entrada da proposta de apólice na operadora. Porém, se o segurado desejar, ele pode solicitar que a apólice entre em vigência em uma data posterior.

No entanto, há algumas exceções. Se a seguradora achar necessário executar uma vistoria no veículo para avaliar seu estado, a validade do seguro só terá início após essa vistoria.

A seguradora pode recusar meu seguro?

Sim, pode. Se a seguradora julgar que há risco de ela ter prejuízo, ela pode recusar a emissão da apólice.

Isso pode ocorrer caso o veículo em questão apresente algum problema na vistoria. Ou então se o condutor tiver um histórico de acidentes, multas por direção perigosa, ou mesmo processos por dirigir sob a influência de álcool.

Nesses casos, a validade do seguro será interrompida dois dias úteis após a notificação de recusa. Nesses dois dias úteis, o cliente deve procurar outra operadora para fazer o seguro do veículo.

E cancelar o seguro no meio, a seguradora pode?

Também pode.

Caso o segurado tenha fornecido informações incorretas, ou tenha escondido informações  que o desfavoreceriam, o seguro pode ser cancelado pela operadora.

Por exemplo: se a seguradora descobrir que o segurado mentiu sobre o local de residência, os principais trajetos do carro, ou sobre as pessoas que o dirigem. Nesses casos, ela pode cancelar a apólice.

Aí, claro, a vigência termina imediatamente.

Contudo, o segurado poderá receber de volta parte do prêmio já pago, descontando o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e o valor referente ao tempo de cobertura até então.

E se eu quiser cancelar o seguro no meio?

Isso também é possível. Seja qual for o motivo, você pode cancelar a apólice do seu seguro auto a qualquer momento.

Basta comunicar ao seu corretor o seu intento. Em seguida, a seguradora deve emitir um documento de concordância, o endosso de cancelamento.

Da mesma maneira que acima, você receberá de volta parte do prêmio pago, dependendo do tempo de cobertura transcorrido, e descontado o IOF.

Para saber quanto você receberá de volta, é preciso consultar a Tabela de Prazo Curto – veja mais abaixo.

Como fica a vigência do seguro auto se eu deixar de pagar?

Se você dividiu o prêmio em várias parcelas, é preciso lembrar de pagá-las no prazo.

Se você atrasar o pagamento da primeira parcela, a apólice será cancelada, e a vigência do seguro terminará imediatamente.

Se você pagar a primeira parcela em dia mas atrasar o pagamento de alguma outra, também existe a possibilidade de o seguro ser cancelado.

Mas, nesse caso, como você já pagou alguma(s) parcela(s), você terá direito a determinado tempo de cobertura.

A seguradora deverá então emitir um documento de endosso de redução da vigência do seguro, definindo a nova data de validade.

Para saber por quanto tempo mais a sua apólice permanecerá válida, você deve recorrer à Tabela de Prazo Curto.

Cálculo da Vigência do Seguro Auto ou do valor a receber – Tabela de Prazo Curto

A Tabela de Prazo Curto, exibida abaixo, é definida pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

 

Vigência em dias Porcentagem do prêmio
15 13%
30 20%
45 27%
60 30%
75 37%
90 40%
105 46%
120 50%
135 56%
150 60%
165 66%
180 70%
195 73%
210 75%
225 78%
240 80%
255 83%
270 85%
285 88%
300 90%
315 93%
330 95%
345 98%
365 100%

Ela serve para calcular o prazo restante da vigência do seguro auto, em função do percentual do prêmio já pago pelo segurado.

A tabela também permite determinar o percentual do prêmio a que a seguradora tem direito. Esse cálculo é feito em função dos dias de cobertura já fornecidos.

Por exemplo: se você cancelar o seguro após 135 dias, pela tabela de prazo curto, a seguradora tem direito a reter 56% do total do prêmio. Os 44% restantes, descontado o IOF, serão devolvidos ao segurado.

Outro exemplo: suponha que você tenha pago 50% do prêmio, e tenha atrasado a parcela seguinte. Se a seguradora decidir encerrar a sua apólice, a vigência dela terminará contados 120 dias do início da validade.

Sendo assim, atenção para o prazo de vigência do seu seguro, e mais atenção ainda para não atrasar o pagamento das parcelas!

 

Última atualização em 27/02/2019