Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Você sabe como funciona o airbag?

Imagem de airbag ilustrando texto sobre como funciona o airbag

Você sabe como funciona o airbag?

Que a invenção do airbag foi uma mão na roda, ninguém duvida. Traz segurança, salva vidas! Se você tem o perfil mais curioso, já deve ter se perguntado muitas vezes como funciona o airbag.

Imagem de airbag ilustrando texto sobre como funciona o airbag

Saber como funciona o airbag é uma dúvida frequente.

Para esclarecer essa dúvida, preparamos este conteúdo para você. Descubra como funciona o airbag e não deixe de compartilhar essa informação com seus amigos, combinado?

Como funciona o airbag na prática

Vamos conhecer os diversos fatores que fazem esse mecanismo funcionar.

Ativação

Para entender como funciona o airbag é preciso conhecer o momento da sua ativação. É no momento em que um motorista freia bruscamente que o equipamento é ativado. Isso ocorre rapidamente porque, como o carro apresenta sensores de velocidade, um sinal é enviado para o ignitor do gerador de gás.

Com isso, automaticamente, a bolsa é inflada. O sensor de colisão é que identifica a desaceleração feita em pouquíssimo tempo.

Velocidade

Na maior parte das situações, o equipamento é ativado a uma velocidade entre 16 e 24 km/h. Outra questão que vale pontuar é que ele não será ativado caso o carro passe por um buraco, por exemplo. Isso porque ele apenas entra em ativação quando existe essa desaceleração acima de 20 km/h de forma muito brusca.

Processo químico

Essa pode ser a parte mais complicada de entender como funciona o airbag. Mas vamos lá.

Na prática, trata-se de uma tecnologia de combustão, que funciona da seguinte forma. O ignitor gera uma reação química, porque faz com que reajam nitratos de amônia e guanidina. Isso causa a explosão, que, por sua vez, preenche a bolsa. Essa bolsa costuma ter entre 60 e 90 litros.

Com a explosão de gás, a bolsa se expande. Na realidade, ela é desenvolvida com um plástico especial de cerca de 3mm de espessura, e sulcos de 0,5 cm.  Muitas são feitas de nylon. Elas contribuem para que o material não atinja o passageiro e promova a proteção do motorista.

O pó branco que sai junto com as bolsas é um talco comum. Vale dizer que ele não traz problema nenhum à saúde.

Esvaziamento

O motorista não é atingido por essa explosão, nem toca na bolsa de plástico no momento em que está sendo preenchido.

Ainda bem. Porque tocar no airbag nesse momento causaria muito impacto e traria tantos problemas quanto bater em uma área de metal, por exemplo.

A vantagem do airbag, assim, é que ele esvazia rapidamente, por meio de furos, que estão localizados em sua lateral ou na parte inferior.

Onde estão as bolsas, afinal?

Chamamos de “airbags múltiplos” quando o carro possui mais do que as duas bolsas obrigatórias por lei, que são as frontais (para carros novos. Resolução 311 do Contran, de 1º de janeiro de 2014).

Então, é preciso considerar de quais airbags estamos falando. No geral, as bolsas estão próximas ao local em que serão ativadas. Isto é, o airbag frontal fica dentro do volante, enquanto o airbag do passageiro fica na parte superior do painel.

As bolsas laterais, quando o veículo possui, estão alojadas no interior dos bancos dianteiros e as proteção de cabeça ficam na parte superior entre as portas.

Manutenção

Não é necessário realizar manutenção de airbags. O que o motorista deve ficar atento é em relação a algum defeito. Geralmente, o normal é que se acenda uma luz no painel do carro caso haja algum defeito com os airbags.

Prazo de Validade

Airbags não precisam de manutenção, mas, fique atento, eles têm prazo de validade. Em grande parte dos automóveis, o prazo é de 10 anos.

O airbag é um acessório que auxilia muito na segurança. Porém, lembre-se que o seguro auto é indispensável.

+ Já ouviu falar de capacete airbag?

+ Macacão com airbag

Cotação online de Seguro Auto