Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Volante trepidando: o que pode ser?

volante trepidando

Volante trepidando: o que pode ser?

Você está dirigindo em linha reta, passa por lugares sem irregularidades na pista, mas percebe o volante trepidando.

Pode não parecer grave, mas é um sinal de que seu carro precisa de manutenção. Afinal, assim como qualquer outra máquina, seu veículo precisa de cuidados especiais para que tenha um longo tempo de duração e para garantir mais segurança ao motorista.

Quais são as possíveis causas do volante trepidando?

Problemas nos pneus

Uma das principais causas de um volante trepidando são os pneus fora de equilíbrio. Os pneus estão sob constante atrito. São buracos nas ruas, desníveis, excesso de calor ou até mesmo uma freada brusca que podem fazer com que eles fiquem fora de equilíbrio.

Outro motivo pode ser a pressão dos pneus. Um problema com a pressão pode desencadear até estouros. É importante conferir quando foi feito o último balanceamento e alinhamento dos pneus do carro. Isso porque o objetivo do balanceamento é justamente fazer com que o carro circule sem vibrações. Já o alinhamento, ajusta os ângulos das rodas.

A calibragem de pneus é outro ponto que pode causar a vibração do volante. Todo carro oferece ao motorista o número preciso para a calibragem dos pneus. Utilize a numeração que o manual indica. Veja também como funciona a cambagem do pneu.

Problemas nas rodas

Se a trepidação estiver bem forte no volante, pode ser um sinal de que talvez o defeito esteja nas rodas e não nos pneus. Pode haver parafusos frouxos ou problemas na estrutura. Pode acontecer de você ter feito a troca de um pneu furado e ele não ter sido fixado corretamente. Aí então pode haver a instabilidade no carro e isso causar vibrações. Isso pode ocorrer não somente no volante, mas também no carro como um todo.

Problemas no motor

Em casos mais específicos, o problema do volante trepidando pode estar conectado a problemas no motor. A causa pode estar nas velas ou nos cabos que ligam a elas, que podem não estar bem conectados.

+ Injeção eletrônica acessa é problema?

O problema também pode estar no propulsor. Ele pode não estar recebendo ar, nem combustível suficiente. Se enquanto você dirige, seu carro vibra muito mais durante a aceleração, vale a pena checar esse compartimento também.

Problemas nos freios

Se, ao contrário, o volante parece vibrar mais quando você aciona o freio, a indicação é de um problema nos rotores. O disco de freio pode ser a causa. Pode ter ocorrido um empenamento do disco ou ainda um pedaço da pastilha pode ter se soltado.

Problema nos eixos

Se os eixos estiverem com algum problema, essa pode ser a causa do volante trepidando. Os eixos não se desgastam com o tempo de uso, mas podem ser danificados em uma batida ou colisão. Esta informação é em geral omitida pelo ex-dono na hora da venda.

Problema na suspensão

Qualquer componente do sistema de suspensão de um automóvel pode causar vibrações no volante. Mas principalmente problemas nos amortecedores, pivôs e barras de direção e barras estabilizadoras.

Quais são os riscos para o motorista?

A vibração faz com que os motoristas se sintam mais cansados. Com o volante instável você irá fazer mais força e com o tempo se desgastar fisicamente. Uma  viagem de mais de duas ou três horas, por exemplo, pode causar dores nos braços e ombros.

Mas o problema não é apenas um incômodo. Essa trepidação no volante também oferece riscos ao andar com o carro com algum problema.

Conheça quais são os melhores carros para viajar.

O que fazer?

A primeira alternativa para solucionar esse tipo de problema é fazer o alinhamento e balanceamento do carro. Entenda a diferença de cada um aqui. Mas saiba que balanceamento, é a manutenção mais importante neste caso, pois ela tem o intuito de fazer as rodas girarem sem vibrações.

Ao primeiro sinal de volante trepidando procure um profissional. Evitando assim dores de cabeça futuras e até mesmo acidentes graves.

Se você não tem seguro auto, não fique mais sem. Confira quais são as maiores seguradoras do Brasil e faça um orçamento aqui.