Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Saiba mais sobre o novo Zona Azul Digital

informações e detalhes sobre o novo zona azul digital

Saiba mais sobre o novo Zona Azul Digital

Se você mora em São Paulo e tem um carro, com certeza conhece o sistema de estacionamento Zona Azul.

E para você que já se acostumou a andar com o talãozinho da Zona Azul em papel, saiba que ele não é mais válido desde o dia 04 de dezembro de 2016, dando lugar ao Zona Azul Digital.

Mas não se desespere, pois vamos explicar mais sobre o novo sistema e como utilizá-lo corretamente!

O que é Zona Azul?

O sistema de Zona Azul existe em várias grandes cidades ao redor do mundo. Em São Paulo, o sistema funciona desde a década de 70, quando operava com cerca de 5 mil vagas.

Atualmente esse número aumentou para mais de 38 mil vagas entre convencionais, vagas especiais para deficientes físicos e idosos, vagas para caminhões e caminhonetes e veículos de fretamento.

O sistema possibilita o estacionamento rotativo nas vias da cidade onde há a devida sinalização indicando uso obrigatório de Cartão Azul. É permitido utilizar um ou, no máximo, dois cartões azuis digitais (CAD) ao estacionar.

1 CAD equivale a 1 hora e 2 CADs equivalem a 2 horas de estacionamento, e essa regra é válida para a maioria das vagas de Zona Azul.

Após o término do tempo de validade do CAD, caso o veículo continue estacionado, ele será considerado como irregular e estará sujeito a aplicação de multa grave e guinchamento.

Em julho de 2016, o sistema de estacionamento começou a passar por uma reformulação através do decreto nº 57115 de 07/07/2016. Esse decreto autoriza a utilização de vagas do Zona Azul por meio de tecnologia digital.

Segundo a prefeitura de São Paulo, a ideia da digitalização é tornar o sistema mais ágil e seguro, evitando também a evasão de receitas por conta de fraudes e falsificações dos talões.

Zona Azul Digital: Como funciona?

Basicamente, o sistema continuará funcionando da mesma forma que era antes: estacionamento no valor de R$ 5,00 para uma hora ou R$ 45,00 na compra de dez CADs (Cartão Azul Digital), com o desconto de 10% que já existia na cobrança anterior por talões.

A mudança fica mesmo por meio da informatização do Cartão Zona Azul Digital. Agora é necessário baixar um dos aplicativos autorizados pela Companhia de Engenharia de Tráfego.

Os créditos podem ser adquiridos tanto pelos aplicativos como por sites (você pode conferir a lista no site da CET). Assim como os talões, os créditos do novo Zona Azul também poderão ser adquiridos em bancas de jornais, bares, lanchonetes, drogarias, mercados e padarias autorizadas.

Você pode se cadastrar em quantos aplicativos credenciados quiser. Basta indicar a placa do veículo, alguns dados pessoais e registrar uma senha de acesso. Para comprar o Cartão Azul Digital você pode utilizar cartões de crédito, débito ou boleto bancário de acordo com o aplicativo que você usa. Opção de pagamento com dinheiro só é válida em comprar diretamente nos pontos de venda autorizados.

Alguns aplicativos também permitem a ativação dos créditos Zona Azul mesmo quando você não tiver acesso à internet no smartphone. Você pode conferir uma lista com os aplicativos e instruções para ativação do serviço offline aqui.

Mas os aplicativos não servem só para realizar a ativação de créditos Zona Azul. É possível também saber quantos minutos faltam para terminar seu período de estacionamento e receber alarmes se o período está acabando ou já terminou. É possível também acessar mapas e localizações de zonas azuis mais próximas ou pesquisar pelo nome da via.

Informações importantes sobre o novo sistema de Zona Azul

A CET recomenda somente o uso dos aplicativos aprovados pela companhia, assim como pontos de venda oficiais e devidamente credenciados.

No caso do motorista ainda possuir algum talão de papel sem uso da zona azul, o prazo para troca de créditos no Cartão Azul Digital era até dia 31 de maio de 2017. As trocas ou reembolso foram realizados no posto da CET que fica na Rua Senador Feijó, 143 – 1º andar, com atendimento feito de segunda a sexta das 8h às 17h.