Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Curiosidades sobre Pokémon Go: do Pikachu Car a aplicativos falsos

Pokémon Go curiosidades

Curiosidades sobre Pokémon Go: do Pikachu Car a aplicativos falsos

Desde o lançamento do game Pokémon Go no Brasil é comum ver por aí pessoas andando com o celular na mão e comemorando a captura de um novo bichinho. O jogo, que mistura realidade virtual, localização via GPS e a possibilidade de duelar com outros jogadores, está fazendo sucesso no mundo inteiro.

Seja pelas possibilidades tecnológicas ou pelo apelo nostálgico que traz para quem assistia ao desenho quando jovem, o fato é que o jogo está na boca da galera.

E são muitas as notícias que encontramos na internet sobre o jogo: desde pessoas que sofreram acidentes, até Pokémons que apareceram em lugares um tanto quanto inusitados. Aliás, a busca pelo termo ‘Pokémon’ no Google BR aumentou seis vezes de maio para julho, quando o jogo começou a ser lançado em alguns países. Realmente, o assunto está em alta.

Aqui no Blog da Bidu, já demos algumas dicas para jogar Pokémon Go com segurança, afinal ninguém quer sofrer um acidente ou ser assaltado enquanto joga. Dessa vez, vamos falar sobre fatos curiosos em relação ao game. Olha só:

– Caçar Pokémon a pé é coisa do passado

É isso mesmo. A intenção dos criadores do jogo é que os usuários realizem uma jornada para caçar Pokémon igual acontece no desenho com Ash e seus amigos. Mas eles não especificaram como deveria ser feita essa jornada. E é aí que entra a criatividade do ser humano.

Em Manchester, na Inglaterra, uma companhia de táxis oferece um serviço exclusivo para os treinadores de Pokémon. A empresa possui 600 carros em sua frota e, atualmente, 12 estão focados apenas nesse tipo de serviço. Por um preço fixo de 20 libras, o cliente roda pela cidade durante uma hora, caçando Pokémons e evoluindo sua experiência.

O diretor da companhia de taxis contou que observava o sucesso do game entre os funcionários e resolveu transformar isso em uma jogada de marketing. E deu certo! Em três dias, a demanda pelo serviço já estava alta. E o melhor para o cliente é que, com a experiência, os motoristas já sabem os principais locais para jogar.

E não são só os gringos que estão inovando…

Mototaxi para caçar pokémon

Mototaxista oferece serviço para capturar pokémons. Foto: divulgação

Em terras brasileiras, algumas pessoas já pegaram carona com o sucesso do jogo e resolveram ganhar um dinheirinho com isso. A ‘Pokémoto’ do mototaxista Denis Paz ajuda os treinadores de Fortaleza a avançarem no game. Por hora, o treinador paga R$ 25 e é levado em diferentes pokéstops e pontos com alta concentração de Pokémons, tudo isso na garupa da moto. O mototaxista contou que, só no primeiro dia após uma publicação em redes sociais, recebeu mais de 30 ligações, a maioria de jovens com até 25 anos.

Em Niterói, esse tipo de serviço também já está dando lucros para outro mototaxista, o Daniel Gregório. O preço é o mesmo: R$ 25 por hora, passando por várias pokéstops e locais com muitos pokémons. E, na cidade, você ainda tem a opção de contratar o PokeUber. O equatoriano Victor Zúñiga, pensou em criar o serviço enquanto jogava. Nesse serviço, em vez de capturar novas espécies em cima da moto, o cliente estará dentro de um carro passando pelos principais pontos da cidade do Rio de Janeiro.

A ideia é muito bacana, mas para garantir sua segurança confira os dados dos mototaxistas e motoristas. Veja se eles realmente possuem permissão para realizar esse tipo de trabalho. Além disso, é necessário um seguro para taxis, seguro uber ou um seguro de moto. Um seguro de taxis irá te proteger caso você sofra algum acidente dentro do veículo e isso é exigido por lei para quem realiza transporte de terceiros. Então, nada de entrar em veículos suspeitos.

– E que tal andar no Pikachu Car?

Pikachu Car

Que tal andar por aí no Pikachu Car? Foto: Pegcar.com

Na cidade de São Paulo, você pode alugar esse veículo e caçar Pokémons com estilo. Isso pois o paulistano Oliver Thi resolveu customizar o seu New Beetle como o personagem do anime, Pikachu, e colocá-lo para alugar.

O aluguel do veículo sai por R$ 130 a diária ou R$ 13 a hora e o período máximo de aluguel é de 24 horas: assim, mais pessoas podem ter a experiência de ser um verdadeiro mestre Pokémon. O Pikachu Car está disponível para locação no Pegcar.com.

– Encontrar um namorado ou um Pokémon?

Sim, a resposta é encontrar um Pokémon. Só na primeira semana em que o jogo estava disponível aqui no Brasil, o número de usuários que instalaram o game em plataforma Android foi mais que o dobro de pessoas que utilizam o aplicativo de relacionamentos.

Além disso, o aplicativo foi o mais baixado no período de uma janela pelos usuários de smartphones Apple. E, no Brasil, até hoje foi o app mais baixado no ano.

Porém, a popularidade de Pokémon Go parece estar ameaçada. Hoje, dia 19 de agosto, ele foi desbancado do topo da lista dos mais baixados no Google Play pelo aplicativo de videochamadas do Google, o Duo.

– Mas se você quiser encontrar um namorado, pokémons podem te ajudar

Isso pois, nos Estados Undidos, foi lançado um site de encontros que tem uma vertente chamada ‘PokéDates’, que promete encontrar um parceiro com o qual você saia para caçar pokémons junto.

Será que o serviço vai chegar por aqui também?

– Aplicativos feitos pela Equipe Rocket?

Infelizmente, existem pessoas mal-intencionadas surfando na onda do Pokémon Go. Além dos assaltantes de smartphones, que capturam os aparelhos enquanto os treinadores estão distraídos, existem alguns aplicativos suspeitos sobre o jogo.

Alguns rackers desenvolveram ‘falsos’ apps sobre o game que, quando instalados, carregam juntos um malware (um tipo de vírus). Asism, o usuário tem seus dados pessoais roubados e arquivos apagados.

Fique sempre atento a qual versão do game você está baixando.

Pokemón

+ Você lembra dos autoramas?