Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

7 dicas para a bateria de celular e seus gadgets durar mais

Bateria de notebook: aprenda como preservar melhor.

7 dicas para a bateria de celular e seus gadgets durar mais

Celulares, tablets, iPods, notebooks e outros gadgets são verdadeiros milagres da tecnologia: com eles, você pode ouvir música, trabalhar, conversar com seus familiares ou amigos e fazer mais uma infinidade de outras coisas em qualquer lugar e em qualquer hora. Ou, pelo menos, quando a bateria permite.

Mesmo deixando a gente na mão às vezes, as baterias modernas são uma grande evolução: há poucos anos, as baterias eram fabricadas com materiais tóxicos, como o cádmio, além de terem uma vida útil mais curta e estarem sujeitas ao famoso “efeito memória”, que marcava incorretamente a carga e desligava os aparelhos de uma hora para outra. Já pensou? Certamente seu pai ou sua mãe já.

As baterias mais atuais, feitas à base de um material chamado íon-lítio, são mais leves, não-tóxicas e não estão sujeitas ao efeito “memória”. Caso você tenha algum dos gadgets citados no começo do texto, você provavelmente tem uma (ou várias) dessas baterias próximas de você agora. Quer saber como cuidar melhor delas? Confira esses cuidados sugeridos pelo blog americano Popular Mechanics (em inglês):

#1 Carregue sempre que puder, mesmo que seja um pouco

Ao contrário das baterias antigas, é melhor fazer pequenas cargas quando a bateria ainda está meio cheia do que esperar acabar. A cada recarga, a bateria perde um pouco de potência e quanto maior o tamanho da recarga, maior a perda de autonomia. É isso que significa os famosos “ciclos de recarga” que vemos nos anúncios de celular.

#2 Deixar o celular carregando a noite não é problema

O seu carregador é mais inteligente do que ele parece: quanto mais carregada está a bateria de celular, menor o fluxo de energia que ele envia e, assim, menor o desgaste e menor a perda de vida útil. Assim, se seu aparelho estiver na tomada com a carga cheia, o carregador vai mandar um fluxo de energia bem pequeno, somente para repor o gasto também baixo que o celular inevitavelmente gasta só de estar ligado.

#3 No caso do notebook, você pode deixá-lo o tempo inteiro na tomada

O mesmo caso dos celulares se aplica aqui. Na verdade, alguns laptops são mais inteligentes e desligam a bateria quando ela está carregada, usando diretamente a corrente elétrica do carregador como fonte de energia.

#4 Mas, se puder, tire a bateria do notebook quando usar a energia da tomada

O principal perigo para a bateria não é ficar sobrecarregada: como já vimos, isso não acontece com baterias mais modernas. O calor é muito pior para sua vida útil, podendo acelerar a morte da bateria em até 50%.

Então, caso você vá rodar algum aplicativo que aqueça muito seu computador e esteja com ele ligado na tomada, é melhor remover a bateria. Só lembre que qualquer problema de energia ou esbarrão no carregador pode desligá-lo completamente. Outra opção é investir em um cooler externo ou outros tipos de resfriadores para seu notebook.

Para preservar melhor a sua bateria, o café continua sendo a melhor opção. Já a bateria de celular... só vendo nossas dicas!

Para preservar melhor a sua bateria, o café continua sendo a melhor opção.

#5 Evite calor também com seus outros gadgets

O mesmo vale para outros gadgets: não esqueça seu iPad dentro do carro estacionado no sol e nem pense em usar o celular na sauna. Também tome cuidado com carregadores portáteis, que muitas vezes esquentam também o aparelho, e com superfícies quentes.

#6 Opte por aparelhos com baterias substituíveis

Caso o gasto de bateria seja um problema para você, opte por gadgets com possibilidade de trocar a bateria. Assim, quando a bateria de celular acabar você pode trocá-la por outra e quando ela morrer (o que é inevitável), você pode substituí-la facilmente, sem precisar trocar de aparelho.

#7 Tem baterias extras? Carregue até a metade antes de guardar

Toda bateria perde um pouco de carga com a passagem do tempo, mesmo sem uso. Assim, cuidado redobrado com as “reservas”: quando baterias de íon-lítio ficam sem nenhuma carga, elas podem ficar voláteis e, para evitar acidentes, ativar um sistema que desliga definitivamente a bateria, morrendo de vez. Portanto, lembre-se de carregá-las vez ou outra.

Quer proteger mais que a vida útil do seus aparelhos? Faça um seguro para celular com a Bidu Corretora e proteja seu gadget de imprevistos como furto ou uma quebra acidental.