Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Com chip na mão, Hacker invade celulares Android

Essa é a mão de Seth Wahle durante a recuperação.

Com chip na mão, Hacker invade celulares Android

Esse é Seth Wahle, o hacker que implantou o chip na mão.

Esse é Seth Wahle, o hacker que implantou o chip na mão.

 

Se você um dia encontrar esse rapaz na rua e ele pedir para segurar o seu celular Android, diga não. Esse é Seth Wahle, que ficou famoso no último mês de maio por conseguir hackear celulares Android usando um chip NFC (chip de comunicação de campo próximo) implantado dentro de sua mão. Essa é a mesma tecnologia que o Google usa no Google Wallet, sistema de pagamentos via celular. Já pensou, um hacker para celular instalado na própria mão?

Ao tocar no celular, o chip implantado na mão do americano envia uma mensagem ao aparelho, pedindo para baixar um aplicativo. Caso obtenha resposta positiva do aparelho, o aplicativo se conecta com um servidor e permite o acesso a todos os dados armazenados no celular (por exemplo, todas as suas selfies). Sim, um chip na mão pode hackear todas as suas informações importantes. Alguns dados podem ser acessados imediatamente sem a necessidade da instalação do aplicativo malicioso, como a lista de telefone. Seth diz que vai continuar trabalhando para achar uma vulnerabilidade que permita invadir aparelhos sem a necessidade de instalar um aplicativo.

Não que tenha sido simples para Seth: um chip injetável não é exatamente algo que você compra no Mercado Livre (não existe coisas deste tipo para vender, pelo menos ainda não). Para conseguir a façanha, ele comprou biocápsulas de vidro e colocou o chip NFC modificado dentro delas. Biocápsulas semelhantes são utilizadas para identificar gado em grandes fazendas. Além disso, como esse tipo de modificação é ilegal, o americano teve que fazer a introdução com um médico sem licença. Não precisamos aqui dizer o quanto você não deve tentar fazer algo desse tipo em casa: você não quer responder por crimes desnecessariamente, certo?

Essa é a mão de Seth Wahle durante a recuperação.

Essa é a mão de Seth Wahle durante a recuperação.

Essa é a mão de Seth Wahle durante a recuperação.Falando um pouco de seguro de celular, esse ainda é um risco não imaginado pelas seguradoras do ramo (até porque não é comum alguém ter um chip instalado em sua mão). Na verdade, por enquanto as seguradoras não cuidam da segurança de informações e, sim, da integridade física do aparelho e ressarcimento em caso de roubos. Mas com casos de hackeamento de celular cada vez mais frequentes, certamente não demora muito para uma seguradora oferecer proteção aos dados do seu telefone.

Você contrataria uma cobertura deste tipo? 🙂