Quais são os tipos de Seguro de Vida?

O seguro de vida é uma importante ferramenta de tranquilidade e estabilidade para você e a sua família. Mas você sabe quais são os tipos de seguro de vida que existem no mercado?

Imagem de familia para texto sobre tipos de seguro de vida

Existem tipos diferentes de seguro de vida para escolher.

Com ele, você consegue desfrutar ainda em vida de diversos benefícios. Convênios em farmácias, acompanhamento para o tratamento de doenças e indenização por internações são algumas das vantagens. Além disso, apoia aos demais com recursos financeiros, após a sua morte.

Por isso, tantas pessoas buscam o seguro de vida. Porém, ainda há muitas dúvidas sobre os tipos de seguro de vida disponíveis no mercado, e qual é o que melhor se encaixa em seu perfil. 

Pensando assim, fizemos um guia com as principais informações que você precisa saber antes de contratar um tipo específico de seguro de vida. 

Cotar Seguro de Vida

O que diferencia um Seguro de Vida de outro?

Os seguros de vida têm o seu objetivo, ou seja, a finalidade com a qual está sendo contratado, na apólice. Além disso, ele pode ter alguns diferenciais como questões de valor, prazo e a possibilidade de resgate.

Entre os objetivos, podemos destacar quatro fundamentais:

Proteção do patrimônio

Entre os objetivos do seguro de vida, este é talvez um dos principais e mais buscados. O seguro de vida lhe permite proteger e manter o seu patrimônio e da sua família, em caso de invalidez ou morte do segurado. 

Em geral, é um motivador comum a àqueles que são os principais provedores financeiro em uma família e que desejam se prevenir de algum fator inesperado.

Sucessão empresarial ou planejamento sucessório

Motivo similar a proteção patrimonial, que direciona o patrimônio deixado, após a morte, para o destinatário registrado no seguro. Ele pode ser um parente ou amigo. Ou ainda, no caso da sucessão empresarial, para algum referencial em pessoa jurídica.

Construção de patrimônio

Muitas famílias constroem uma nova opção de patrimônio a partir dos investimentos dedicados no seguro de vida

O seguro de vida não é considerado um bem de penhora, ou seja, não é colocado para resolução junto ao inventário. Por isso ele torna-se um excelente motivo para aquisição. Isso porque ele repassa os recursos sem burocracia e custos, em menos tempo.     

Tipos de Seguro de Vida

Basicamente o mercado oferece quatro tipos de seguros de vida:

Seguro de Vida tradicional

Ele oferece cobertura vitalícia, desde que haja o acompanhamento e pagamento do prêmio, conforme acordado em contrato. Caso o segurado pare de pagar a apólice, o seguro automaticamente é cancelado, sem direito a reembolso do valor investido.

O seguro tradicional pode ter enquadramento etário. Isso significa que para uma pessoa mais jovem, o valor da apólice pode ser mais em conta que outros tipos de seguros. Porém, para alguém com mais idade que tenha como principal objetivo apenas para fazer o planejamento sucessório ou construção de um patrimônio, pode ser mais caro. 

Seguro de Vida resgatável

No seguro de vida resgatável é possível fazer o resgate parcial do valor investido, após o período de carência, que dura, em média, dois anos. 

Isso quer dizer que se você ainda está inseguro sobre a possibilidade de contratação e manutenção de um seguro de vida, o seguro resgatável pode ser a sua melhor opção. Porém, fique atento. Ele pode ter algumas regras determinadas por contrato e apresentar o valor da apólice com um custo mais elevado que as demais, justamente por oferecer tal benefício. 

Esse tipo de seguro não possui enquadramento etário e, por isso, é o mais indicado para pessoas mais velhas. 

Seguro de Vida temporário

É válido por um tempo determinado e não pode ser resgatado ou sofrer enquadramento etário. É indicado para quem quer reforçar o acúmulo de patrimônio durante um período. Ou ainda para quem está com necessidades de proteção temporária. 

Esse prazo determinado é definido em contrato e pode variar de acordo com a importância necessária solicitada pelo segurado. 

Vamos ao um exemplo prático de quando este pode ser o melhor entre os tipos de seguro de vida para você. Se você tem filhos pequenos e deseja fazer um seguro de vida até que eles estejam adultos e aptos para cuidar da própria vida e patrimônio, o seguro de vida temporário é o ideal. 

Para empresários, pode ser interessante contratar um seguro temporário durante a formação de uma empresa ou instituição. Assim, é possível garantir que a construção inicial do patrimônio não seja atrapalhada por algum incidente com entre os membros e sócios. 

Entre os jovens é comum ver esse tipo de iniciativa com quem está começando a carreira. Ou então para quem tem objetivos de acúmulo de patrimônio em determinado período bem esclarecido.

Seguro de Vida para acidentes pessoais

Entre os tipos de seguro de vida, esta é a modalidade indicada para quem possui trabalhos de riscos. Ele é mais voltado a causas de invalidez, do que de morte.

Isso acontece porque o seguro tem um custo baixo e também oferece um retorno menor.

Em geral, pessoas que realizam trabalho autônomo ou não tem vínculos empregatícios, costumam avaliar esse tipo de seguro. 

Qual o melhor tipo de Seguro de Vida?

Como você pode perceber, não há o melhor, mas sim o mais indicado para o seu perfil e os seus objetivos. O seguro de vida é um investimento que oferece muito mais do que tranquilidade, e sim segurança e proteção para você, e para a sua família e mais próximos. 

Após entender quais são os seus motivadores para escolher o seu seguro de vida, faça uma cotação e encontre também a opção que melhor se encaixe no seu bolso. 



Última atualização em 12/08/2019