Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Principais riscos para donos de negócios

Imagem de homem no computador ilustrando post sobre principais riscos para donos de negócios

Principais riscos para donos de negócios

Ser dono de uma empresa não é fácil. Mesmo que seja local ou pequeno, um negócio para dar certo necessita de bom gerenciamento de recursos e perseverança, pois leva tempo até que a empresa amadureça e renda frutos. Os principais riscos para donos de negócios estão muitas vezes em situações que ocorrem fora da rotina.

Imagem de homem no computador ilustrando post sobre principais riscos para donos de negócios

Os riscos envolvidos em um negócio são muitos. Conhecê-los e proteger a empresa é o primeiro passo.

Acidentes, imprevistos, pequenos descuidos ou mal-entendidos podem surpreender os donos de empresas e causar rombos na contabilidade do negócio. Fique atento e conheça a seguir os principais riscos para donos de negócios.

Saiba Mais:

O que é CNPJ?

O que é MEI?

A reputação da marca é o coração do negócio

Um dos alicerces de uma marca é a reputação dela diante da sociedade. Seja entre seus clientes ou concorrentes.

Hoje em dia, com as redes sociais e o alto fluxo de informações que corre na internet, um comentário pode gerar um efeito dominó. Em alguns casos, esses comentários vêm de clientes que se sentiram insatisfeitos e resolveram desabafar na internet.

Por outro lado, também pode surgir nesse emaranhado de mensagens algum comentário maldoso ou inverdade sobre o serviço ou produto oferecido pela empresa.

Em muitos casos, o caso fica abafado. Se isso vier à tona com mais força, porém, o problema pontual pode se transformar em perdas reais para o negócio, como boicotes organizados ou uma enxurrada de devoluções de produtos.

Sem a devida atenção, o empreendedor pode ser pego desprevenido com um problema de imagem. Leve a sério questões como relacionamento com cliente, marca e posicionamento digital.

Segurança digital – um dos principais riscos para donos de negócios

Entre os principais riscos para donos de negócios hoje em dia, está a segurança digital. Quanto mais uma empresa cresce, mais há a necessidade de otimizar recursos e automatizar os processos. Com isso, as ferramentas digitais ajudam a impulsionar milhares de negócios pelo mundo.

Hoje em dia é possível controlar tudo por softwares: processo de compra e venda, contabilidade, logística, controle interno etc. Grande parte desses dados são sensíveis e de uso exclusivo da empresa.

Novamente, o alto fluxo de informações pode ser responsável por vários descuidos. A abertura de um simples e-mail carregado com vírus ou programa malicioso pode causar grandes danos aos sistemas da empresa.

É imprescindível possuir uma proteção contra os ataques externos de hackers maliciosos, também conhecidos como “crackers”. Eles geralmente estão atrás do fluxo de caixa da empresa ou dos dados dos seus clientes, como conta bancária, endereços de e-mail e número do cartão de crédito.

A solução, muitas vezes, é dar uma resposta rápida. Isso facilita a recuperação dos dados digitais. Existem hoje em dia vários programas robustos e seguros que ajudam a defender a informação das empresas.

Negócios interrompidos

Digamos que os sistemas digitais de um negócio sejam invadidos, mas nenhuma informação de valor foi levada, por conta da rápida resposta da empresa. Dependendo do tamanho do empreendimento, a própria interrupção das operações pode ser um problema. Custando muito dinheiro ou recursos.

Empresas que dependem de uma linha de produção ritmada são as principais afetadas com interrupções. É cada vez mais comum as empresas contratarem seguros contra perdas resultantes do tempo ocioso.

Acidentes e desastres naturais

Em outra perspectiva, existem os riscos para donos de negócios mais difíceis de se prever. São os acidentes e desastres naturais. Os donos de negócio devem estar sempre preparados para esses imprevistos, dentro e fora do empreendimento. Falhas mecânicas em algum equipamento ou curto-circuito na rede de energia podem criar focos de incêndio, por exemplo.

Para minimizar potenciais acidentes como esses, é recomendável ter uma boa diretriz de segurança do trabalho. O treinamento e participação dos funcionários, no entanto, é essencial para que as ações de segurança funcionem.

Existem ainda os desastres naturais, que podem acertar em cheio as unidades do negócio. Fortes chuvas, enchentes, terremotos são alguns exemplos de desastres que não podemos controlar e, muitas vezes, nem minimizar os efeitos.

A força da natureza pode ser implacável e deixar edifícios inteiros inutilizáveis. Dessa forma, a proteção do imóvel e um bom seguro empresarial são necessários para que a empresa não sofra com perdas maiores. Conheça melhor o seguro patrimonial para escolher o melhor para sua empresa.

Segurança no trânsito

No trânsito também há grandes riscos para o negócio. Grande parte das empresas possui veículos para uso comercial. Seja para o transporte de carga e produtos ou para o uso diário dos funcionários.

Estar frequentemente no trânsito aumentam as chances de acidentes, pois, a segurança no trânsito não depende apenas da boa conduta dos funcionários da empresa, mas também dos condutores a sua volta.

Outro ponto de atenção são os roubos de veículo. Uma boa medida é evitar estacionar em locais muito desertos. No caso de transporte de cargas, existem várias ferramentas para rastrear o veículo, caso aconteça algum problema. O seguro auto para empresas é também fundamental.

O preço dos processos judiciais

Por atuar em várias esferas da sociedade, as organizações estão sujeitas a participar de processos judiciais das mais diversas naturezas. Às vezes, esses processos são em decorrência de algum ato de difamação, processos de acusação de abuso sexual ou moral por parte de funcionários e ex-funcionários.

Os trâmites legais podem ser bastante custosos para o dono do negócio. O processo judicial pode passar por diferentes instâncias, ambas as partes têm a chance de recorrer das decisões, ou seja, tudo isso toma tempo.

É preciso se prevenir para conseguir defender a sua reputação e a do seu negócio como um todo, sem muito desgaste de energia e recursos.

Reivindicações trabalhistas

Ainda nos processos judiciais, temos as questões trabalhistas. Frequentemente os trabalhadores se organizam para reivindicar melhores condições de trabalho, salários mais justos etc.

Os acordos entre empregador e empregados nem sempre terminam com ambas as partes satisfeitas. E o conflito de interesses pode se alongar demais, gerando custos não-previstos pelo dono do negócio.

Responsabilidade ambiental

Outra esfera importante é o meio ambiente. Qualquer processo de fabricação de produtos gera resíduos. Se o dono do negócio não tiver um bom planejamento para descartar seus resíduos, deverá arcar com uma série de custos causados pelo descuido.

Um exemplo é a empresa ser responsabilizada pela poluição de determinado local, sendo obrigada a realizar a limpeza. Dependendo do local de atuação ou da forma de descarte desses resíduos, outras taxas de responsabilidade ambiental são obrigatórias. Informe-se para não ser surpreendido.

Enfim, os entre os principais riscos para donos de negócios podemos citar muitos. Mas estando bem preparado, informado e protegido, é mais fácil se precaver.

Leia Mais:

Seguro empresarial Itaú

Seguro empresarial Porto Seguro

Seguro empresarial Caixa