É possível fazer um contrato de Seguro Garantia mais flexível para sua empresa?

Você já sabe que o Seguro Garantia é aquele instrumento que tem como proposta garantir a entrega ou a realização de um determinado serviço e que entra em ação nos casos de inadimplência. Mas você sabia que é possível ter um contrato de seguro garantia flexível?

Imagem de pessoa assinando contrato para ilustrar texto sobre seguro garantia flexível

É possível fazer um contrato de seguro garantia com maior flexibilidade.

Vamos mostrar como pode funcionar um seguro garantia flexível. Ou seja, um contrato que não seja engessado e que seja pensado de acordo com as necessidades de cada empresa.

O mercado de Seguro Garantia é regulado

O mercado de Seguro Garantia é regulado pela SUSEP, a Superintendência de Seguros Privados. Essa é a entidade que fiscaliza e regulariza as empresas de seguro, de previdência privada aberta, capitalização e resseguro no Brasil.

Desta forma, o mercado do Seguro Garantia deve seguir uma certa padronização. Isso faz com que as cláusulas contratuais sejam padronizadas de acordo com tal órgão regulador.

Portanto, toda apólice de Seguro Garantia tem um padrão de cláusula de cobertura. Algumas coisas, entretanto, podem ser flexibilizadas em relação à cobertura oferecida por ele.

Seguro Garantia flexível é possível, sim

Apesar da pouca flexibilização permitida pelo mercado, a boa notícia é que algumas seguradoras conseguem elaborar contratos um pouco mais brandos do que outras.

A diferença ocorre em virtude do processo de negociação do resseguro e do relacionamento com o cliente. Por isso, algumas seguradoras conseguem oferecer uma cobertura um pouco mais flexível.

Mas é sempre válido manter no radar que, de forma geral, é um produto que integra um mercado regulado. Por isso, as apólices obedecem a um determinado padrão de cobertura.

Como pode ser feito um contrato de Seguro Garantia flexível?

Diante de um produto padronizado, as especificidades do seguro garantia flexível ficam por conta das análises técnicas que são realizadas pelas seguradoras.

Sim, algumas conseguem, mediante entendimento mais amplo do setor que a empresa atua e o tipo de atividade que realiza, fazer análises personalizadas.

Aqui, por exemplo, a flexibilização faz parte do negócio!

As análises feitas para elaborar um contrato de seguro garantia flexível contemplam todo o contexto do setor e não só números.

Além disso, a análise também avalia a atividade da empresa e até mesmo o momento econômico do país.

Com isso, é possível dar um atendimento mais específico com consequente coberturas mais adequadas e condições comerciais atrativas.

Em geral, as seguradoras ficam atentas somente aos demonstrativos financeiros e balanços. Porém, a análise pode ser bem mais ampla.

É possível levar em consideração outras informações do setor e variáveis que muitas vezes o mercado segurador não consegue enxergar.

Trata-se, sem dúvida, de um diferencial.

Para todas as empresas

O Seguro Garantia pode ser contratado por pequenas, médias e grandes empresas que precisam de garantia em contratos.

É válido também lembrar que se trata de um produto essencial para as empresas que participam de contratos de licitações. Muitas vezes essas empresas devem apresentar um Seguro Garantia para assegurar que o serviço ou produto contratado será entregue.

 

Última atualização em 22/03/2019