Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como dar banho em gato?

Como dar banho em gato?

Como dar banho em gato?

Se você é daqueles que pensam que gato não precisa de banho, precisamos começar desmistificando essa questão. Esses bichanos precisam de banhos sim, com água e até shampoo. E mais: essa higienização é, inclusive, necessária, para mantê-los saudáveis.

Ok. Talvez você já tenha tentado colocar seu gatinho  debaixo d’água, desencadeando uma guerra que te rendeu alguns arranhões. Não é de hoje que percebeu que esse bichano parece detestar água. Mas a verdade é que ele pode miar, espernear, mas não escapará do banho. Além das questões de saúde, ninguém quer um gato sujinho em cima do sofá. Pensando nisso, trouxemos aqui algumas curiosidades e dicas essenciais pra você. Vem ver:

Quando o gato foge da água

O comportamento de fuga do banho ocorre somente quando os felinos não foram condicionados a esse hábito de higienização desde filhote. Assim, eis aí o que talvez seja uma novidade pra você: gatos não têm medo de água.

Banho de língua

Esse é apenas um dos meios de os gatos se manterem limpinhos.  As lambidas são insuficientes, porque não são antibacterianas.

Produtos para o banho

É necessário utilizar produtos que seguem as particularidades de cada raça. Você sabia? Para cada tipo de pelo, há shampoos específicos. Esse é o caso, por exemplo, dos gatinhos com pelos brancos: existem no mercado até tonalizantes para manter a cor e não manchá-la!

Antes da compra, consulte um veterinário para trocar informações a respeito dos produtos ideais, a necessidade do banho de acordo com a raça e a frequência da higienização. Você pode descobrir algumas particularidades que não havia percebido antes. Se o seu pet tem a pele oleosa, por exemplo, vai precisar de um shampoo específico para reduzir a oleosidade.

Há também condicionadores e até mousses para a pelagem. Vai sobrar restinhos de produtos nos pelos e você já sabe que ele irá lambê-lo, então já sabe: é crucial que sejam propícios para gatos, para não causar intoxicações ou reações alérgicas.

Outros cuidados

Não se esqueça de cortar as unhas do animal, e a dica é fazer esse procedimento um dia antes do banho – Melhor se prevenir dos arranhões, né gente? Você pode até usar uma blusa velha de manga comprida para se proteger. Aproveite para escová-lo, hábito que pode ser realizado duas vezes por semana. Finalmente, na hora do banho, coloque-o em uma banheira ou bacia de borracha.

Deixe a água morninha. Depois do banho, seque-o com uma toalha, massageando-o, ou use um secador se os pelos forem longos. Normalmente, o indicado é que a atividade se repita a cada 15 dias.

Nem sempre essa é uma tarefa tranquila. Com essas dicas, ficou mais fácil? Como tem sido o banho do seu gato? Compartilhe sua experiência nos comentários abaixo.

Veja também:

+ Evite os roubos de cachorro

+ Quais os cachorros mais inteligentes?