Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Doenças de cachorro: veja quais são as mais comuns

doenças de cachorro

Veja quais são as doenças de cachorro mais comuns

Tem um amigo novo e peludo em casa? Então é bom que os donos fiquem atentos as doenças que os bichinhos podem ter. Muitas raças têm pré-disposição para desenvolver determinadas doenças, graças à sua origem genética e manipulação biológica da sua linhagem.

Por isso, a posse responsável é tão importante. É fundamental que, ao comprar ou adotar um animal, saibamos que ele não é um brinquedo e que tem necessidade de atenção médica, dedicação e muito amor.

Confira abaixo quais são as doenças recorrentes em algumas raças de cachorro:

Doberman

doberman

Os dobermans possuem o coração fragilizado. Isso porque os ventrículos se dilatam e o músculo cardíaco enfraquece na hora de contrair e bombear o sangue, acarretando em insuficiência cardíaca e acúmulo de líquidos no pulmão. Cerca de 40% dos cães desta raça com mais de oito anos sofrem de algum problema desse tipo.

Pug

pug

Os pugs foram modificados geneticamente ao longo dos últimos anos para preservar características positivas da raça. Mas, as doenças e problemas ficam ainda mais evidentes. Como seu focinho foi selecionado para ser muito curto, o ar não tem tempo de resfriar antes de chegar aos pulmões. Por isso, os pugs têm a temperatura corporal elevada e atividades físicas em dias de muito calor podem leva-los à morte.

Pastor Alemão

pastor-alemão

Os pastores alemães são uma das raças mais presentes em competições. Por terem a anca mais baixa que o ponto mais alto das costas, sofrem com problemas nas articulações e podem perder a coordenação nas patas traseiras.

Dálmata

dalmata

Cerca de 30% dos dálmatas ficam surdos de um ouvido e 10% de ambos. E dá para prever quem será afetado: quanto maior a extensão da cor branca, maior a probabilidade de perder a audição.

Lulu da Pomerânia

lulu da pomerania

O lulu pode sofrer com o deslocamento de patela (a rótula). Cerca de 40% destes cães têm dor e artrite por conta deste problema. Também é comum a degeneração progressiva da retina, que leva à cegueira.

Rotweillers

Rotweillers

Mais da metade dos rottweilers sofrem de displasia no cotovelo. Isso pode acarretar inchaços nas juntas que deixam o animal manco.

Dachshund

Dachshund

Os famosos “salsichinhas” sofrem de problemas na coluna por serem baixos e terem as patas mais curtas. Neste caso, é importante evitar que subam em locais altos como cadeiras e sofás e que vivam em espaço com escadas.

Bulldog inglês

bulldog ingles

O macho é pesado e compacto e a fêmea tem a pelve estreita demais. Por isso, o acasalamento é tão difícil, fazendo com que muitos filhotes sejam viáveis apenas via inseminação artificial. O parto também é feito com cesariana graças à cabeça muito grande das crias.

Algumas medidas, como castrar cachorro, podem diminuir a chance de doenças e até aumentar a expectativa de vida do seu animal. Além disso, você pode contratar um seguro pet que funciona como um plano de saúde para ele: se ele ficar doente, poderá passa com um veterinário e fazer exames pelo seguro.