Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Dicas para manter casa protegida contra roubos e furtos

Imagem de casas com a legenda: mantenha sua casa protegida

Dicas para manter casa protegida contra roubos e furtos

Morar em casa é uma delícia! Espaço de sobra, quintal para as crianças e cômodos amplos e super confortáveis. Mas ter uma casa protegida é a preocupação de muita gente.

Atualmente, existem inúmeras soluções para segurança residencial.

Tem que opte por morar em condomínios fechados, mas quem não desfruta dessa opção, pode e deve se precaver contra invasões e assaltos. Mas, o que é possível fazer para deixar a minha casa mais protegida?

Dicas para deixar a sua casa protegida

Câmeras de segurança

Como dissemos, as câmeras de segurança residencial já evoluíram bastante e é possível encontrar muitos modelos para áreas externas e internas e que se utilizam de tecnologias avançadas.

Cães de guarda

Ter um cachorro de grande porte ainda é uma opção que inibe ações de criminosos.

Além disso, cães podem avisar com latidos se há alguma movimentação estranha, já que farejam à distância.

Há empresas de treinamento de cachorros para guarda e também canis que alugam animais para casos específicos.

Alarmes

Os alarmes também são uma boa opção para segurança residencial.

Para saber mais sobre o assunto, é só acessar a nossa postagem sobre alarmes residenciais e conhecer diferentes tipos, como instalar o equipamentos e manter um bom funcionamento.

Cercas elétricas

Para escolher a cerca elétrica perimetral, é preciso conhecer bem o espaço e ter especificidades técnicas em mãos.

Isso porque o equipamento depende das características do local e das exigências do proprietário.

A escolha do melhor equipamento de segurança perimetral depende fundamentalmente das características do local e das exigências do proprietário.

As cercas elétricas são opções mais baratas do que as barreiras invisíveis.

Barreiras invisíveis

Este é um equipamento que emite luz infravermelha invisível aos olhos humanos, circundando todo o perímetro selecionado para proteção.

Quando alguém passa por ele, é acionado um dispositivo automaticamente que dispara um alarme.

Esta é uma opção válida para proprietários que não desejam ter interferências na arquitetura da casa.

Porteiro eletrônico

Este é um dispositivo simples e comum, cuja instalação prevê uma câmera na porta de entrada da residência e uma tela junto ao interfone.

Com ele, é possível ver quem toca campainha e permitir a entrada ou não.

Biometria

A biometria é uma tecnologia utilizada para a abertura de portas, no caso da segurança residencial.

É um dispositivo que substitui as tradicionais fechaduras e que utiliza as digitais para reconhecer pessoas autorizadas e impedir a entrada de pessoas estranhas.

Apesar do alto custo, este é um sistema que vem ganhando mercado rapidamente no Brasil e apresenta um alto índice de proteção para a sua residencia.

Blindagem arquitetônica

Antes utilizada apenas em guaritas de segurança e prédios que exigem monitoramento constante, como bancos e transportadoras, a blindagem arquitetônica hoje em dia também pode ser instalada em residências comuns.

A tecnologia prevê camadas à prova de arrombamento e de balas, instaladas nas paredes dos cômodos principais da casa.

Este sistema de segurança custa, inicialmente, a partir de R$10 mil.

Seguro residencial

Com um pequeno investimento todo mês, é possível garantir mais tranquilidade para a sua família e deixar a sua casa protegida contra acidentes e roubos.

Muitas empresas na área de seguros oferecem este produto e cabe ao proprietário analisar as condições de cada proposta, de acordo com a necessidade.

Para saber mais sobre o seguro residencial e fazer uma cotação para a sua casa, é só clicar no botão abaixo.