Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como legalizar seu imóvel

legalizar imóvel

Como legalizar seu imóvel

Se você está pensando em construir, reformar ou até abrir um comércio na sua casa, saiba dos procedimentos e documentação legais que seu imóvel precisa ter regularizado e livre-se de problemas com a prefeitura da sua cidade.

A escritura

A primeira coisa é ter a escritura do seu imóvel em mãos. É ela quem te dá o poder de compra e venda nos tramites legais, sem ela não há possibilidade do proprietário exercer seu direito sobre seu bem.

Se não tem a escritura, tome as providencias cabíveis imediatamente. Vá até o cartório do seu município, pois isso leva tempo e dinheiro. Por exemplo, para que uma escritura seja lavrada e redigida, você terá que arcar com honorários de cartórios, impostos e engenheiros.

Legalizar seu imóvel

São inúmeros os problemas causados por um imóvel irregular. Com certeza alguém próximo a você já foi punido pela fiscalização da prefeitura no seu imóvel.

A ilegalidade na apropriação de terrenos deixa o risco iminente de apreensão do mesmo. Não caia nessa, siga o passo a passo para legalizar seu imóvel.

Dirija-se até a prefeitura do seu município e lá você será indicado sobre a documentação necessária e mais detalhes. Cada cidade tem suas exigências particulares para legalizar sua obra, nem todas as regras servem para você, porém o básico da documentação é padrão e é nisso que vamos ajudar.

Documentação necessária

Matrícula do imóvel

É imprescindível que seu terreno tenha sido matriculado no cartório de imóveis da sua cidade. Inclusive toda construção e alteração da planta deve estar discriminada nesse documento.

Alvará de construção

O alvará é a permissão para que se inicie uma construção. Para que tenha o alvará aprovado, é necessário que, durante a construção, siga as regras e normas impostas pelo município.

Anotação de responsabilidade técnica (ART)

Toda obra implica o acompanhamento de um engenheiro ou arquiteto. É ele quem vai até a prefeitura levando a ART e também o alvará para que prove seu vínculo profissional com a obra.

Habite-se da obra

É o Certificado de Conclusão de Obra.  Esse documento será emitido após a conclusão da obra, que é quando a prefeitura vai até o local fazer a vistoria para verificar se faz jus ao projeto apresentado. Se todas as regras foram cumpridas, o Habite-se será aprovado.

Registro do imóvel

Com o Habite-se e a planta do imóvel em mãos, o proprietário deve ir até o Cartório de Registro de Imóveis mais próximo para registrá-lo e assim ter esse documento como prova legal de posse do imóvel.

Cadastro do imóvel na prefeitura

Dependendo do seu município, alguns cartórios exigem o registro na prefeitura antes. De qualquer forma, este cadastro é obrigatório, pois será gerado um número de registro que garante a legalidade da construção.

 

Parece complicado, mas com um pouco de paciência, tudo se esclarece. Lembre-se que alterações ou reformas em sua planta deverá ser registrado e cartório. Agora veja as nossas dicas de como vender um imóvel. Boa sorte. 🙂