Uma parede de quadros para chamar de sua

Foto de parede com quadros para texto sobre como montar parede de quadros

Uma parede de quadros para chamar de sua

Pode ser que a sua casa seja grande, pequena, com cores neutras, fortes… as variações são muitas. Mas é certo que em cada uma delas é possível dar aquele toque pessoal na decoração. Uma das mais atraentes opções para isso? Compor uma parede de quadros, que dá aquele charme ao lugar. Mas como montar parede de quadros da maneira correta? 

Ou melhor, existe maneira correta? É necessário pensar na disposição dos quadros ou o que vale é usar a harmonia?

Vamos te dar as melhores dicas de como montar parede de quadros para tornar essa missão ainda mais fácil de ser realizada. Afinal, além de um local seguro, é preciso sim viver em um espaço que nos faça bem!

Cotação online de Seguro Residencial

Como montar parede de quadros

Impossível desviar o olhar ao entrar em uma casa que tenha uma parede com vários quadros. Seja na sala, cozinha, quarto, enfim, em qualquer cômodo!

Além de atraente, uma parede assim também mostra muito da personalidade do dono da casa.

São infinitas as propostas de decoração com o uso de quadros. Porém, há sim algumas regras que podem contribuir para o sucesso da empreitada que, aliás, pode transformar os ambientes de um jeito bem econômico!

Escolha dos quadros – temas

A primeira dica de como montar parede de quadros é escolher as fotos, ilustrações ou pinturas que tenham conexão com o morador, que o faça se sentir bem.

Imagina passar diante dessa parede todos os dias e dar de cara com imagens que não façam sentido algum para você? Sem chances, certo?

Então, busque sempre imagens que possam “conversar” com você e, mais importante, que tenham sentido para você!

Falando em conversar, é essencial, também, nessa fase de escolha dos quadros, pensar que as peças devem “conversar” entre si, contando uma história. Afinal, a harmonia da composição não será perfeita se as propostas de imagens não tiverem uma relação.

Escolha do ambiente

Em geral, a sala é o lugar que a maioria das pessoas pensa em usar quando decide montar uma parede com quadros – com destaque para a parede acima do sofá.

Outros locais como corredores e cabeceiras das camas também são sempre lembrados.

Isso não impede que outras opções entrem no jogo como. Como exemplo estão uma parede no banheiro, na cozinha, no escritório e até mesmo em áreas externas, como uma varanda.

O que vale é observar a casa e detectar as áreas em que falta algo, sabe aquele espaço que pede por um objeto? Então, pode ser a parede com vários quadros que trará vida àquela área. 

Relação tema X ambientes

Uma dica na hora de pensar em como montar parede de quadros refere-se à proposta de utilizar um tema que tenha relação com o ambiente em que estará inserido.

Por exemplo, uma parede na cozinha com fotos ou ilustrações de alimentos ou mesmo frases relacionadas àquele espaço.

Tamanhos dos quadros

Definir os tamanhos dos quadros que vão compor a parede é uma etapa importante, mas que muitas pessoas deixam de lado. Afinal é muito mais gostoso ficar apenas escolhendo as imagens que se deseja pendurar, não é?

Essa etapa deve ser bem pensada. Isso evita, por exemplo, que quadros muito pequenos não sejam colocados em uma parede grande, parecendo que aquela parede está vazia.

Esteja sempre atento ao espaço disponível para montar o layout com os quadros.

Uma parede grande, em uma sala, deve contar com peças maiores que, claro, poderão compor com quadros menores. Mas, em casos assim, os quadros grandes devem ser usados ali para que a parede seja bem preenchida.

Já um lavabo, que costuma ser um espaço pequeno, permite o uso de quadros médios e pequenos.

Distância entre os quadros

Os decoradores dizem que não há uma regra. Mas a dica aqui é colocar os quadros mantendo uma distância entre 7 e 10 cm,  começando pelo quadro de centro.

Outra dica: pense no quadro de centro. O meio dele (faça um exercício imaginário aqui para ver uma linha horizontal dividindo esse quadro) deve estar posicionado a 1,60 m do piso. Essa é uma medida que até mesmo as galerias de arte usam, considerando a altura de uma pessoa de estatura média.

É assim que se descobre o eixo central para então, a partir daí, organizar os quadros em volta.

Mas quando a proposta é para que os quadros fiquem em área acima de móveis, como uma parede que acomoda um sofá, por exemplo? Aí é indicado que o quadro mais baixo esteja a cerca de 25 cm do topo do móvel.

Disposição – compondo a parede

A disposição é fundamental na hora de pensar como montar parede de quadros. Pensar na disposição dos quadros, levando-se em consideração a distância já mencionada, é uma árdua tarefa.

Isso deve ser feito antes de sair furando as paredes. Então, a dica é montar o layout que se imagina, dispondo os quadros no chão ou em uma mesa que permita visão total da composição.

Outra dica é fazer moldes de papel, obedecendo aos tamanhos de todos os quadros que se deseja usar. Prenda esses moldes na parede com fita adesiva, criando diversas simulações. Assim, é possível experimentar diferentes opções de disposição dos quadros sem fazer estragos nas paredes.

A tendência hoje em dia é montar disposições despojadas, com alinhamentos irregulares. Quadros de mesmo tamanho que são colocados lado a lado deixam os ambientes mais sérios.

Deixe a criatividade livre nesta etapa do processo! Até mesmo formas inusitadas, como um desenho oval ou redondo com os quadros a partir do eixo central, vale!

Cores dos quadros e molduras

Combinação monocromática ou colorida, não importa a escolha. O que deve ser considerado aqui é que os quadros sigam as mesmas cores do restante da decoração e, claro, também dos demais quadros.

As molduras também devem seguir essa regra, mas de forma alguma precisam ser iguais – mas se forem, ok para essa opção também.

Última atualização em 04/03/2020