Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como tirar papel de parede

Imagem de post de cômodo para ilustrar post sobre como tirar papel de parede

Como tirar papel de parede

Papéis de parede são ótimas opções de decoração para o seu lar. Os desenhos refletem personalidade e ajudam a compor a atmosfera do cômodo onde está aplicado. Outra vantagem é a possibilidade de trocar o papel de parede de tempos em tempos. Mas algumas pessoas imaginam que o processo de remoção seja complicado. Para saber como tirar papel de parede sem problemas e da forma correta, preparamos este passo-a-passo.

Você precisará reservar pelo menos uma hora para fazer todo o processo de remoção e também deverá preparar o ambiente para não sujar outros móveis. Alguns dos processos usam líquidos para auxiliar na extração.

Antes de começar os trabalhos, porém, é preciso ter algumas coisas em mente. Primeiro, existem diferentes tipos de papel de parede e cada um possui um modo específico de ser retirado.

Geralmente, o método de remoção está descrito na própria embalagem do produto. Como às vezes demoram-se anos para trocar o papel de parede, anote a forma de retirar em um local que possa ser consultado mais tarde.

É importante que o papel de parede tenha sido colocado com a cola própria de aplicação. Nunca use cola branca ou outro tipo de método de aplicação, isso pode dificultar bastante o trabalho. Com os produtos certos, a retirada será simples como explicaremos abaixo.

Proteja o ambiente antes mesmo de entender como tirar papel de parede

Antes mesmo de entender como tirar papel de parede, vem um passo importante. Prepare o ambiente onde a atividade será realizada.

Se houver móveis próximos à parede, deixe-os afastados ou cobertos. Dependendo do tamanho da parede, é ideal ter um espaço para se colocar uma escada próxima ao local de retirada.

Cubra o chão com panos ou jornais para que não caiam resíduos do papel. Se na parede com o papel houver espelhos de tomada, desligue os disjuntores e cubra os espelhos com fita crepe.

Tipo da parede, tipo do papel

Saber o tipo da parede e também o tipo do papel ajuda no processo de remoção. Basicamente, os processos necessitam que a cola que está embaixo do papel se solte. Dessa forma, recomendamos passar um rolo com água em toda a extensão da parede. Paredes mais sensíveis, no entanto, como a drywall exigem mais cuidado, pois não resistem muito à água.

Os tipos de papéis de parede também podem estender mais ou menos o tempo do processo. Caso não saiba o tipo do papel, faça o primeiro teste. Tente puxar uma das pontas do papel de parede e veja o que acontece. Se ele começar a se soltar por inteiro, o papel de parede é removível. Dessa forma, é só continuar o processo até o final sem complicações.

Papel de parede com camada destacável

Outros papéis de parede possuem apenas uma camada destacável superior e, ao puxar, vão deixar a base ainda grudada na parede. São os chamados vinílicos ou impermeáveis. Nesse caso, pegue um rolo de tinta e molhe-o com água para passar em toda a superfície residual. Isso deve soltar a cola por baixo do papel. Com uma espátula, então, vá raspando aos poucos as extremidades e puxe com delicadeza para que ele não se despedace.

Papel de parede tradicional

Os papéis de parede tradicionais são os mais difíceis de serem removidos, pois a base é de celulose e pode ser mais complicado soltar a cola. Uma opção é adquirir um raspador de papel próprio para essa remoção ou ainda utilizar uma lixadeira. Você vai precisar raspar primeiro o papel e depois sim passar o rolo com água, dessa vez quente, para chegar até a cola. Após isso, vá com a espátula rapando e puxando suavemente o papel.

Livre-se dos resíduos

Quando terminar o processo de remoção, passe água e sabão em toda a parede e tire todos os resíduos. Ao final, utilize um pano para secar o local. Deixar a parede limpa facilita para a colocação de outro papel de parede no futuro.

Agora que você já sabe como tirar papel de parede, já pode pensar em qual quer usar pra substituir os seus.

Fique por dentro do que foi tendência em decoração no ano de 2017.

+ Como decorar quarto de bebê pequeno