Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como escolher as cores do quarto

Parede do quarto

Como escolher as cores do quarto

 O seu dia foi bem cheio e a única coisa que você pede é sua cama. Já parou pra pensar em quantas vezes você só desejou estar no seu quarto, na paz dos lençóis? Isso faz do quarto um dos cômodos mais importantes da casa, se não o mais! Fechando a porta, o lugar passa a ser só seu e aí você quer relaxar e curtir tudo que as quatro paredes pode oferecer, em todos os sentidos! 😉

Muito além dos lençóis e travesseiros fofinhos

Pois é, parede do quarto é tão fundamental quanto a sua cama. Melhor dizendo, as cores da parede do quarto fazem toda diferença na decoração e, principalmente, no seu descanso.

A influência das cores

Antes de escolher a cor da tinta que irá predominar seu quarto, preste atenção e não utilize cores que causam desconforto. Isso mesmo, as cores têm o poder de influenciar sobre seu estado psicológico e imunológico.

Um exemplo dessa força sobre nós é a cromoterapia, um método terapêutico, basicamente definido por buscar cura através das cores, estabelecendo equilíbrio entre corpo e mente.

O ambiente harmonioso

Não basta escolher a cor certa para o seu quarto, é preciso saber dosar e equilibrar com as cores dos outros objetos do cômodo, Tais como cortinas, guarda roupa, piso, roupas de cama, penteadeira e todo o resto. Além da combinação, outros fatores que devem ser trabalhados é a quantidade e intensidade das cores nas paredes.

Para diminuir a chance de errar na cor, não considere somente a cor que você quer no quarto, mas sim a cor que você quer pensando em conjunto, gerando um efeito harmonioso.

A cor ideal para o quarto

Você não precisa ser arquiteto ou ter poderes sobrenaturais para acertar na cor e ter aquele quarto que viu na revista. Como já dissemos antes, sabendo combinar com todos os elementos do cômodo, a decisão se torna mais simples, basta ter esta base e definir sua paleta de cores.

E como definir essa paleta de cores?

Observe o ambiente em questão, defina as cores predominantes e busque todas as tonalidades de combinações possíveis. Feito isso, com a paleta de cores harmoniosas em mãos, é chegada a hora de definir sem medo a tinta que vai colorir seu cafofo.

A energia de cada cor

Sim, elas transmitem sensações e estímulos, por isso, entenda como algumas cores podem contribuir para o seu bem-estar.

As cores frias: tons de azul, violeta e verde, por exemplo, trazem relaxamento e alívio.

Os tons frios são os mais indicados para o quarto, porém, muito depende da iluminação, da luz mais baixa e do que te traz sensação de aconchego.

Os tons quentes: o vermelho, laranja e amarelo, por exemplo, passam uma energia mais forte, sensação nervosa, mais agitada.

Se você gosta dessas cores, prefira adotá-las em outro detalhes, acabamento ou móveis. Esse é um jeito de manter sua cor preferida e não sobrecarregar o ambiente.

Branco – o “pretinho básico” das paredes.

Disparando no ranking das cores preferidas, o branco predomina na maioria dos lares brasileiros. Não é preciso muita explicação para a sua neutralidade. O branco combina com tudo e traz mais luz ao quarto, por isso é importante dosar a luz, para o ambiente não ficar tão disperso. A sensação é de tranquilidade e paz. Qualquer decoração em espaço aéreo terá destaque com esse fundo favorável.

 

Execute essas dicas e não espere mais pra deixar o seu quarto do jeito que sempre quis. Mãos à tinta: confira dicas para pintar as paredes.