Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Suas coisinhas valiosas: saiba como guardá-las

imagem de uma maleta pequena com dinheiro em volta, com a descrição "como guardar objetos de valor em casa?"

Suas coisinhas valiosas: saiba como guardá-las

Todo mundo tem em casa objetos seja pelo investimento financeiro alto ou pelo valor sentimental que proporciona. Como um objeto que remete a uma lembrança, a uma saudade, a família e muitos outros momentos.

Aqueles primeiros traços dos filhos na escola, uma coleção de pinturas, fotografias de família, presentes do namorado ou da esposa e até jóias caras. Enfim, aqueles objetos que tem um valor.

Geralmente é na hora daquela faxina anual ou numa mudança de casa que nos damos conta que deixamos algumas coisas importantes espalhadas por aí. Para abrir um ano novo, é sempre bom deixar a vida organizada e um dos rituais começa pela disposição dos objetos dentro de casa.

Então que tal aproveitar o começo do ano para deixar tudo arrumadinho e, igualmente importante, mais seguro? A questão de segurança pública é problema conhecido no Brasil e uma situação inesperada, como furtos em residências, pode nos levar a perder objetos de valor.

Assim como suas recordações também são caras. Por tudo isso, vamos às ideias para proteger os objetos de valor na sua casa.

Como guardar objetos de valor em casa

Separe o necessário

Em primeiro lugar, tenha em mente que estamos falando de objetos que sejam realmente valiosos e importantes. Aquilo que você realmente não quer correr o risco de perder. O que esses objetos representam a você? Essa primeira indagação é necessária porque não são poucas as pessoas que acumulam coisas dentro de casa por dificuldade de desapego.

Compartimentos secretos

Há objetos que, tendo como finalidade a organização, você separa em caixas, gavetas, arquivos com divisórias. Mas há também objetos que custaram uma pequena fortuna, e esses precisarão de segurança reforçada.

Assim, você pode precisar de um cofre para joias, ou até mesmo para algo que, ainda que não tenha custado rios de dinheiro possua um valor sentimental que não tem preço.

Esqueça os cofres gigantes que se acostumou a ver em filmes. Você pode ter um cofre em formato de livro, por exemplo. Há quem opte por opções tão pequenas e camufladas que se parecem com uma tomada na parede, mas esse truque já é conhecido por invasores mais experientes. Fuja de todos os clichês, como colocar um cofre atrás de um belo quadro.

A ideia aqui é montar pequenos esconderijos dentro de casa, onde desconhecido nenhum colocará as mãos. Quanto mais original, mais seguro. Suas joias, por exemplo, poderiam ficar dentro de uma falsa vela ou um objeto decorativo bem no meio da sala.

Considerando que um ladrão sempre está com pressa, é mais comum abrir guarda roupa e armários e jogar tudo para o chão, assim como procurar por aquilo que está em “cantinhos” escondidos. Assim, se seu objeto de valor está num ambiente mais natural, menor a probabilidade de ser levado.

Guardando dinheiro

Pelo quesito rentabilidade, em relação a dinheiro, é sempre mais apropriado guardá-lo no banco, aplicando, realizando investimentos ou simplesmente deixando na poupança.  Mas como é sempre bom deixar algum dinheiro em casa para os casos de emergência e onde possa acessá-lo sempre que for necessário.

Você pode escolher um cantinho discreto dentro de casa, colocando as notas entre páginas de algum livro ou em uma simples caixinha dentro de uma gaveta.

Seguro residencial

Não deixe de contratar um seguro residencial com cobertura contra roubo e furto. Ademais, se você viaja muito e a casa está frequentemente vazia, com tantos objetos de valor que já é difícil mensurá-los, atenção duplicada. Todos os seus bens materiais podem ser protegidos dependendo do plano contratado.

Se tiver mais ideias, divida com a gente! Como você tem guardado suas coisinhas mais caras?