Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

LED, a luz no fim do túnel

lampada led

LED, a luz no fim do túnel

Há uma mudança em curso: a população tem se ligado mais no tipo de lâmpada que cada um tem em casa. Isso se deve ao pequeno passo (que seja, é um passo!) avante sobre atitudes sustentáveis. Temos como exemplo, as lâmpadas de LED, o clássico de lâmpadas  econômicas, cada vez mais inseridas no mercado da iluminação.

E existem bons motivos para esse modelo ser cada vez mais utilizado. As lâmpadas de LED tem uma economia maior de luz (com apenas 10 W você deixa um ambiente iluminado com a mesma intensidade que a incandescente de 60 W ou a fluorescente compacta de 15 W). Além disso, a durabilidade é bem maior se comparada às lâmpadas incandescentes: duram aproximadamente 25 vezes mais. Por fim, vale destacar a sustentabilidade dessas lâmpadas: 98% dos materiais que compõe esse modelo são recicláveis, e não há materiais pesados em sua fabricação. Só isso já nos convence de sair agora daqui e ir até a loja de materiais de construção, abastecer o carrinho com uma lâmpada pra cada canto da casa e quem sabe um novo abajour, sim?

Não! Mesmo que elas sejam as lâmpadas econômicas, tem um precinho salgado e continuam gastando energia, e inclusive seguem tão frágeis quanto às tradicionais, o número de trocas diminui se você tiver cuidado e, principalmente, bom senso, o que continua sendo o que deve iluminar a grande luz em nossas cabeças.

Variedade e uso das lâmpadas de LED

Atualmente, o mercado oferece uma grande variedade desse tipo de produto, há modelos que substituem quase todos os modelos de lâmpadas existentes, como dicroicas e minidicroicas, as conhecidas incandescentes, tubulares fluorescentes, halopins, velas chamas de lustres, pequenas bipinos halógenas, AR-111 e AR-70 e as fluorescentes compactas de encaixe tipo rosca. 

Falando assim, parece nome de foguete, mas é apenas uma lâmpada e você pode sanar suas dúvidas, e descobrir a melhor para o seu lar, fazendo uma visita às lojas especializadas. Lá poderá observar que as marcas estão melhorando cada vez mais a capacidade de iluminar das lâmpadas, ou seja, elas estão com maior poder luminoso e, ao mesmo tempo, menor consumo de energia. 

As LEDs podem ser usadas tanto em áreas internas e secas, como em ambientes externos, úmidos e em piscinas. Por isso tantas versões e investimento maior na hora da compra, a sua aplicação de nos projetos luminotécnicos traz outras vantagens, além das que quais citamos antes.

A qualidade da iluminação LED é mais agradável aos seres humanos, animais e plantas. Por trás daquela sensação acolhedora quando frequenta um café com luz baixa e rústica, existe um estudo sobre o ambiente. Mas calma, você não precisa ser um design de interiores para entender de tudo isso, uma boa pesquisa é o primeiro passo rumo à conquista de ambientes confortáveis, com iluminação na medida. Só então chega a vez de se esbaldar entre os inúmeros spots e lustres, comprando aqueles que se adequam às lâmpadas eleitas.