COTAR SEGURO ONLINE

Seguro Residencial completo: quando vale a pena contratar?

Seguro Residencial completo: quando vale a pena contratar?

Quem vai contratar um seguro residencial precisa ter a certeza de que está fazendo a coisa certa. Será que sempre vale a pena pensar no seguro residencial completo? Ou é melhor deixar algumas coberturas de lado?

O melhor caminho para se livrar das dúvidas é pensar nos benefícios esperados, além do tipo de residência que você tem ou mora. 

Então, não feche contrato sem ler essas dicas. Vamos te ajudar a encontrar tudo o que você mais precisa em seguro residencial. Vem com a gente!

Seguro residencial contra desmoronamento

Cotação online de Seguro Residencial

Seguro Residencial completo: o que é?

Antes de mais nada, pode ser que você não saiba o que é um seguro residencial completo. Ele se chama assim, pois oferece a maior variedade de coberturas, por isso, é considerado “completo”. 

Para facilitar, vamos pensar que: o seguro residencial completo é aquele que oferece a forma mais ampla de proteger a sua casa ou apartamento dos principais riscos que eles correm. 

Para ser “completo”, você pode contratar além da cobertura básica – aquela que protege contra riscos originados por incêndio, queda de raio e explosão – uma série de cobertura adicionais que protegem contra outros tipos de risco. 

Mas, o fato de ser “o mais completo” não significa que é o melhor. O seguro residencial tem a seu favor a característica de ser um dos mais customizáveis do mercado. Ou seja, ele dá total liberdade para que você escolha as coberturas que melhor lhe atendem.

Então, será que contratar um seguro residencial completo vale a pena em todos os casos? A resposta é: depende! 

+ Na dúvida? Saiba qual é o melhor seguro residencial para você!

Coberturas do seguro para a sua residência, qual escolher?

Agora vamos pensar no seguinte: qual foi o seu principal objetivo quando decidiu contratar um seguro para a sua residência? Você pensou em proteger somente a estrutura do imóvel ou, também, o que tem dentro da sua casa? 

Essa reflexão precisa ser feita para ajudar você a entender quais as coberturas fariam mais sentido para a sua vida. 

Se você ainda não sabe, com um seguro residencial dá para proteger a parte interna da sua casa, assim como áreas externas. A cobertura externa é ideal para assegurar os bens que ficam ao ar livre em terraços, galpões, quintais e varandas. 

Então, dá uma olhada nas proteções que você pode incluir: 

Coberturas do Seguro Residencial

  • Danos elétricos: para proteger quadros de luz, fiação, chave do relógio de medição de energia; 
  • Vidros: que além da vidraçaria, inclui espelhos;
  • Vazamento de tubulações; 
  • Escritório em residência: que protege o material de trabalho;
  • Recomposição de documentos pessoais: que garante o reembolso dos gastos para a emissão de novos documentos, como RG, passaporte e CNH;
  • Obras de arte

Além dessas, também há uma cobertura do seguro residencial bastante curiosa, a “tacos de golfe e ‘hole in one’”. Já ouviu falar? Você sabe para que ela serve? 

Ela oferece proteção aos tacos de golfe contra diversos acidentes, incluindo os gastos do’ hole in one’, que é uma comemoração feita quando o jogador acerta o buraco com uma única tacada (dá para acreditar que isso existe??).

Com o seu seguro residencial, você também pode ficar mais tranquilo em situações como:

+ Conheça mais sobre as coberturas do seguro residencial.

Quais são as assistências? 

Se já não bastasse essa variedade de coberturas, o seguro residencial também pode lhe oferecer assistência 24 horas para aqueles reparos e serviços do dia a dia como:

  • Hidráulica; 
  • Elétrica;
  • Chaveiro; 
  • Segurança e vigilância.

Seguro Residencial completo, vale a pena?

Até aqui você conheceu um pouco mais sobre as coberturas e assistências de um seguro residencial. 

Então, agora, você já sabe que funciona assim: você escolhe as coberturas e assistências 24 horas que quer contratar e, caso algum imprevisto aconteça, você pode ficar tranquilo pois será indenizado.

Para entender se contratar um seguro completo, com toda essa amplitude de coberturas vale a pena, considere alguns pontos:

  • Os impactos financeiros de cada item que você tem com relação à proteção x economia; 
  • Se você estará preparado financeiramente para repor um bem de valor;
  • Se você tem uma reserva no valor compatível com o risco financeiro que irá assumir caso algum imprevisto aconteça.

Além disso, se você não tem obras de arte em casa, não precisa contratar cobertura para isso, certo?

Mas, se você tem alguém que trabalha dentro da sua residência, é importante contratar proteção contra acidentes pessoais e de responsabilidade civil familiar, por exemplo.

É muito comum também que as pessoas optem por fazer seguro residencial barato. Mas, a verdade, é que a inclusão de uma ou outra cobertura pode impactar muito pouco no valor total do seguro. 

É por isso, que nem sempre a questão financeira é a melhor referência para sua decisão.

Quando falamos em seguro residencial, devemos pensar também na segurança de imóveis como: 

Então, se você tem uma casa no campo ou na praia, ou, mora em apartamento ou casa, as coberturas devem ser contratadas especialmente para elas. 

É sempre bom manter sua casa ou apartamento amparados em qualquer situação imprevista. Mas nem todas as coberturas de um seguro residencial irão fazer sentido para você. 

É importante ter em mente que no seguro residencial, você pode contratar somente o que precisa e ponto. Dessa forma, ele pode ser completo para você!

Para tomar a melhor decisão, converse com quem entende do assunto. 

Antes de fechar contrato, fale com a Bidu Corretora. 

Peça agora sua cotação online de seguro residencial!

Última atualização em 30/09/2020