Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

O que fazer em Buenos Aires?

Vista de Buenos Aires, capital da Argentina

O que fazer em Buenos Aires?

A capital da Argentina, Buenos Aires, é uma cidade com muitos pontos turísticos, museus, teatros, restaurantes, apresentações e muito mais.

Em um final de semana você consegue conhecer as principais atrações da cidade. Mas, se tiver de cinco a sete dias de viagem, pode visitar mais bairros e dar um pulinho em alguma cidade ou até mesmo no Uruguai.

Venha conosco nessa postagem para saber o que fazer em Buenos Aires na sua viagem.

Vista frontal da casa rosada, sede do governo na argentina, buenos aires

Vista frontal da Casa Rosada.

O que fazer em Buenos Aires

Casa Rosada

O principal cartão postal da cidade é a Casa Rosada, sede do Poder Executivo do país (semelhante ao Palácio do Planalto) que fica na Plaza de Mayo. Ficou curioso para entrar na casa do governo argentino? É possível agendar uma visita no interior da Casa Rosada para conhecer os principais setores e arquitetura. Elas acontecem nos dias que não tem expediente, como sexta, sábado, domingo e feriados.

Plaza de Mayo

É a famosa praça onde as mães da Plaza de Mayo fazem manifestações todas às quinta-feiras. Além dessa, várias outras manifestações populares acontecem na Plaza de Mayo, por ser o coração político de Buenos Aires. A praça está cercada por belos edifícios como a Casa Rosada, o Cabildo, a Catedral Metropolitana e a sede do Banco de La Nación Argentina. A praça é toda arborizada e com bancos de descanso para quem passa e trabalha por ali. Em frente à praça, fica a Avenida de Mayo, que leva à bela praça do Congresso.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires

Na Plaza de Mayo você encontra um dos principais templos religiosos do país, a belíssima Catedral Metropolitana de Buenos Aires. A curiosidade é que nesse local já foram construídos seis igrejas, mas não resistiram devido a ação do tempo, danos de desastres naturais e falta de qualidade nos materiais usados. A construção atual foi finalizada em 1852, com belas pinturas espalhadas pela igreja, piso em mosaico e museu de honra ao Papa Francisco.

Puerto Madero - Puente de la Mujer

Puerto Madero – Puente de la Mujer

Puerto Madero

Uma área portuária revitalizada, moderna, cheia de restaurantes e com uma bela vista. Vale a pena visitar o Puerto Madero e fazer alguma refeição ou café.

Próximo ao porto você encontra a Reserva Ecológica de Buenos Aires, ela funciona como um parque ótimo para caminhar tee com vista para o mar. A Fragata Sarmiento é um museu dentro de navio em no III Dique do porto. A Puente de la Mujer é uma ponte para pedestre com uma bela vista para o porto.

La Bombonera

Um passeio imperdível para quem gosta de futebol. O La Bombonera é o estádio do Boca Juniors e lá é possível conhecer a história do time, suas vitórias, visitar os vestiários e ver de perto o campo e seus detalhes.

Cemitério da Recoleta

Um dos pontos turísticos mais visitados de Buenos Aires é um cemitério. Isso acontece porque lá estão enterrados grandes nomes argentinos como o General Alvear e Evita Perón. Você pode fazer uma visita guiada gratuita pelo cemitério ou utilizar o mapa que é entregue na entrada. Com eles, você consegue encontrar os túmulos mais importantes e que são considerados monumentos históricos.

Basílica Nuestra Señora del Pilar

Ao lado do cemitério você encontra Basílica Nuestra Señora del Pilar. Ela foi construída em 1732 e é monumento histórico nacional desde 1942. Além disso, todas as suas imagens e ornamentos são originais, o que já vale a visita.

Centro Cultural Recoleta

Ao lado da Basílica Nuestra Señora del Pilar está o Centro Cultural Recoleta. Além da bela arquitetura, você encontra atividades como dança, mostras de filmes, exposições de arte, oficinas e muito mais.

 

Imagem da Floraris Generica: uma flor de metal que se abre durante o dia e fecha durante a noite

Floraris Generica

Floraris Generica

Criado por Eduardo Catalano, ela é uma enorme flor de metal de 20 metros de altura e mais de 18 toneladas. A magia fica por conta das pétalas que se abrem durante o dia e se fecham durante a noite na Plaza de las Naciones Unidas. Por ali você pode caminhar até a Faculdade de Direito, atravessar a avenida pela passarela e chegar à Plaza Francia e o lindo prédio da Biblioteca Nacional Mariano Moreno.

Obelisco da Argentina

O Obelisco da Argentina fica localizado na avenida 9 de julho foi construído em 1936 em comemoração de 400 anos da cidade. Ele conta com 67,5 metros de altura com um mirante no topo (uma pena que não é permitida a entrada).

Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires

Um dos espaços culturais mais famosos da cidade é o Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires (MALBA). Lá você encontrar mais de 220 obras de artes de diversos artistas como Tarsila do Amaral, Emiliano Di Cavalcanti, Emiliano Di Cavalcanti, Frida Kahlo e muito mais.

Teatro Colón

O Teatro Colón é o principal teatro da cidade e salas de óperas do mundo. Para se ter uma ideia, a estrutura dele equipara-se com a Scala de Milano e a Ópera de París. Lá acontecem apresentações da orquestra sinfônica nacional e da filarmônica de Buenos Aires. Se você não puder assistir uma apresentação, é possível conhecer o interior do teatro por meio de uma visita guiada.

Livraria El Ateneo Grand Splendid

Livraria El Ateneo Grand Splendid

Museu Nacional de Belas Artes

O Museu Nacional de Belas Artes conta com mais de 12 mil peças. O destaque é para as artes europeias do século XIX e para o maior acervo de arte Argentina do mundo. Dividido em três andares, você encontra antes tanto nacional quanto internacional. Se preferir, é possível ter uma visita guiada em português, sem precisar agendar.

Museu De Arte Moderna De Buenos Aires

O Museu De Arte Moderna De Buenos Aires (MAMBA) foi criado em 1956. O principal, desde a sua fundação, foi ser um ponto de convergência para as produções artísticas de qualquer tipo. O museu comporta mais de 700 obras de arte moderno e contemporâneo internacional e nacional.

Museu de Arte Contemporânea de Buenos Aires

O Museu de Arte Contemporânea de Buenos Aires (MACBA) foi fundado em 2012 com o objetivo de exibir a arte contemporânea nacional e internacional. As obras no museu fez parte da coleção do Aldo Rubino. Ele fica próxima ao porto e ao Museu De Arte Moderna De Buenos Aires.

La Boca

Um passeio que está em todas as listas sobre o que fazer em Buenos Aires é na rua Caminito no bairro La Boca. Você já deve ter visto pelas fotos as ruas com paredes e casinhas coloridas. É uma rua-museu a céu aberto onde você encontra restaurantes, lojas de souvenirs e ateliês. É um ótimo lugar para fazer comprinhas para levar de lembranças. Como a rua é super turística, fique sabendo que você pode ser abordado por pessoas tentando vender coisas. Nada diferente do que muitos lugares no Brasil.

Apresentação de tango em rua de Buenos Aires

Apresentação de Tango em La Boca

Parque 3 de Fevereiro ou Bosques de Palermo

O Parque 3 de Fevereiro, conhecido também como Bosques de Palermo, conta com uma grande área verde, perfeita para quem quer descansar após um dia de passeio, praticar atividades físicas ou apreciar a beleza da natureza. Lá dentro, você encontra lindos jardins de rosas e lagos que valem a visita.

Planetário Galileo Galilei

O Planetário Galileo Galilei fica dentro do Parque 3 de Fevereiro. Ele tem diversos painéis interativos, jogos com realidade aumentada, telescópio para observação, robôs e muitas outras atividades que mostram informações sobre o universo.

Jardim Botânico de Buenos Aires

O Jardim Botânico de Buenos Aires conta com mais de 5 hectares, o jardim conta com diversas espécies de plantas de todo o mundo, estufas, fontes de água e esculturas. Lá dentro encontra-se o Museo Botánico Carlos Thays e a Escola de Jardinagem Cristóbal M. Hicken.

Livraria El Ateneo Grand Splendid

Mesmo que não queira comprar nada, você tem que visitar a Livraria El Ateneo Grand Splendid: segundo o The Guardian, ela é a segunda livraria mais bonita do mundo. É fácil entender o motivo quando sabemos que, antes de abrigar uma livraria, o local comportava um teatro. O El Ateneo mantém a maioria das características desse teatro, como pintura no teto, palco, iluminação e a cortina vermelha.

Jardim Japonês - Buenos Aires

Jardim Japonês – Buenos Aires

Jardim Japonês de Buenos Aires

O Jardim Japonês de Buenos Aires fica em Palermo, bem perto do Malba. Lá você encontra muita área verde e lagos com peixes, perfeitos para descansar e tirar fotos para recordação. Além disso, há biblioteca, restaurante e loja de souvenir. A entrada no jardim é paga.

Museu de los Ninõs

Há atrações para crianças também, como o Museu de los Niños. A fachada desse museu já chama atenção por ser um castelo amarelo típicos de desenho animado. Ele é um museu interativo que estimula a criatividade dos pequenos. Com atividade para crianças de até 12 anos, ele recria atividades da cidade, onde as crianças podem ser médicos, marinheiros, cozinheiros, atrizes e muito mais.

 

Mais passeios em Buenos Aires

Feiras e mercados

Domingo é dia de compras em Buenos Aires, na Feira de San Telmo, onde antiguidades são vendidas em barraquinhas nas ruas, além de souvenirs, é claro!

No mesmo bairro há também o Mercado de San Telmo, que foi declarado Patrimônio Histórico Nacional em 2001, e onde é possível encontrar frutas, verduras, flores e muito mais.

Se você preferir conhecer um pouco mais da cultura gaúcha argentina, pode ir até a Feira de Mataderos, que fica a 45 minutos do centro. Nessa feira é possível experimentar queijos, embutidos e doces, tudo acompanhado por muito chimarrão. E claro,  ver corridas de cavalo e apresentações de danças típicas.

Ruas e regiões

Para os baladeiros de plantão, a Plaza Serrano e as ruas ao seu redor são o lugar certo para curtir a noite em casas de show e de tango. Porém, o bairro mais clássico para os amantes do ritmo argentino é Abastado, onde Carlos Gardel viveu.

Lá também é possível ver casinhas e prédios comerciais pintados com os coloridos “fileteados porteños”, excelentes para tirar fotos diferentes e divertidas.

Lojas e Shoppings

A calle Floridita é a rua comercial mais famosa da cidade, já que reúne muitas lojas, além das Galerías Pacífico, um shopping center com marcas luxuosas. Outros shoppings bem conhecidos são o Alto Palermo e o Patio Bullrich. Se você quiser economizar, porém, vale a pena ir aos outlets na Villa Crespo.

alfajor, doce tipico da argentina

Alfajor, doce tipico argentino

Cafés e restaurantes em Buenos Aires

Uma coisa é certa: em Buenos Aires você vai comer muito bem, só precisa escolher o que deseja experimentar.

Há vários bons restaurantes de carnes em Puerto Madero, como o Cabaña de Las Lilas. Aos finais de semana, o chique Alvear Palace Hotel serve o seu mundialmente conhecido chá da tarde, a partir das 16h30, com pães, tortas, sanduíches e doces finos. Outro lugar clássico para tomar um café ou chá é Gran Café Tortoni, inaugurado em 1858.

Para experimentar as clássicas empanadas argentinas, você pode ir até a El Cuartito ou então no El Sanjuanino. Em todos eles, claro, vale a pena pedir vinhos argentinos para acompanhar. Na sobremesa, experimente os sorvetes clássicos, como Freddo, Munchi’s e Persicco, ou qualquer sobremesa com dulce de leche. Você não irá se arrepender! 😉

 

Aeroporto Buenos Aires

A cidade de Buenos Aires conta com dois aeroportos, o Aeroparque Jorge Newbery (AEP) e o Internacional Ministro Pistarini – Ezeiza (EZE), ambos recebendo voos do Brasil.

Na hora de escolher o aeroporto, vale a pena levar em consideração algumas coisas. O Aeroparque fica dentro da cidade, a 15 minutos de carro do centro. Já Ezeiza está mais distante: normalmente você gasta entre 45 e 60 minutos para chegar aos hotéis. Porém, o terminal é muito maior, conta com mais opções de restaurantes e lojas, além de um freeshop bem mais completo.

Nos aeroportos você tem a opção de pegar um táxi, alugar um carro, pegar ônibus ou transfer até o centro e principais bairros da capital argentina.

É possível chegar à Buenos Aires de carro também, através de Foz do Iguaçu, pegando as Rutas 14 ou 12. Outra opção é ir de carro até Montevidéu, a capital uruguaia, através da Ruta 9 e atravessar o Rio da Prata de barco.

 

Dicas de viagem para Buenos Aires

  • Não é preciso levar dólares para a Argentina, nem vale a pena comprar pesos argentinos aqui no Brasil. O real é bem aceito nas corretoras de câmbio da calle Sarmiento e também nas agências do Banco de la Nación nos aeroportos.
  • Você não precisa de passaporte, muito menos visto para conhecer a Argentina: basta apresentar seu documento de identidade (RG) em bom estado e com foto recente. Por ser do lado do Brasil, você pode ir a Buenos Aires de carro, ônibus ou avião.
  • Antes de embarcar, conheça as notas argentinas para não sofrer falsificações.
  • As estações em Buenos Aires são bem parecidas com as de São Paulo. No verão podem ultrapassar os 30°C, enquanto no inverno ficam abaixo dos 10°C em alguns dias. Para aproveitar melhor a cidade é bom evitar o período de janeiro a março, quando as chuvas são mais frequentes.
  • De Buenos Aires você pode seguir para outras cidades e regiões argentinas muito interessantes, de carro ou avião. Ao norte, por exemplo, fica Salta, com suas vinícolas e hotéis luxuosos. Ao sul está a Patagônia, com estações de esqui e lagos incríveis.
  • Para viajar com o seu carro pela Argentina, você precisará ter o Seguro Carta Verde. Além disso, é recomendável fazer um seguro viagem, para garantir coberturas em caso de acidentes como extravio de bagagem, perda de voo ou atendimentos médico-hospitalares.