Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Visto para o Canadá: como tirar?

O Canadá anda em alta tanto para o turismo como para intercâmbios. Por isso a procura para fazer o visto para o Canadá tem sido grande nos últimos tempos. E se você pretende fazer o processo do visto sozinho, saiba que não é nada complicado. Mas é sempre bom lembrar que caso sinta-se inseguro, você pode procurar um despachante para cuidar disso pra você.

A boa notícia para brasileiros é que desde maio de 2017 não é mais necessário tirar o visto canadense de turista se você já tiver o visto americano. O carimbo do visto americano no passaporte já é suficiente para entrar no Canadá.

Mas se esse não for o seu caso, preparamos um guia passo a passo que vai te ajudar a solicitar o visto para o Canadá. Apesar de ser fácil, é bom avisar que o Consulado Canadense não oferece muitas informações de como anda o seu processo. Também não há muito espaço para tirar dúvidas. E como não existe entrevista presencial, pode ser mais difícil para algumas pessoas entenderem onde erraram na hora da aplicação.

De qualquer maneira é importante seguir todas as orientações corretamente e apresentar os documentos necessários. Aí não será difícil conseguir o seu visto para o Canadá.

visto para o Canadá

Como tirar visto canadense?

1 – Preenchimento dos formulários para o visto do Canadá

Os formulários são básicos na hora de pedir um visto para o Canadá. Eles estão todos em inglês e também devem ser respondidos em inglês.

  • Formulário IMM5257E (formulário individual)

Neste formulário você vai preencher as informações pessoais de quem estiver solicitando o visto. As perguntas incluem nome, endereço, nacionalidade, escolaridade, etc. E se a pessoa estiver solicitando um visto de estudante, terá que preencher os dados da instituição de ensino também.

  • Formulário IMM5645E (formulário familiar)

Ele é chamado de formulário familiar. Apesar do nome, este é um formulário que deve ser preenchido por todo mundo que estiver solicitando o visto canadense. Até mesmo os solteiros sem filhos.

Se você for casado e com filhos, será necessário preencher os dados de todas essas pessoas no formulário. Mesmo se elas não forem acompanhá-lo durante a viagem.

  • Formulário IMM5713E

Este formulário é para os casos em que uma pessoa da família vai solicitar o visto online para ela e para os outros membros da família que irão acompanhá-lo na viagem ao Canadá. O legal desse formulário é que se você preenchê-lo, não precisará criar um perfil individual para cada um que estiver solicitando o visto. Assim você otimiza o tempo do processo.

Pronto, formulários preenchidos. Agora é hora de criar uma conta GCKEY online no site do consulado canadense.

Saiba mais sobre os brasileiros no Canadá.

 

2 – Como criar a conta GCKEY para o visto para o Canadá

Entre no site oficial Citizenship and Immigration Canada (CIC) – Cidadania e imigração Canadá. É aqui que você verifica se pode ou não solicitar o visto canadense. Cadastre seu perfil no My CIC para solicitar e acompanhar o processo.

Quando clicar em Continue to GCKey você será redirecionado para a página de login e registro. Então você registra uma nova GCkey através da criação de um ID, senha e respostas de segurança para efetuar seu login depois.

Depois que a sua conta GCKEY foi criada, é necessário validar o seu My CIC no site da imigração. Esta validação serve apenas para comprovar que os dados são da mesma pessoa (ou do representante legal) que está fazendo a solicitação.

É nesta parte também que você vai criar quatro perguntas e respostas de segurança para acesso à sua conta MyCIC.

 

3 – Como saber se você pode ou não ter o visto canadense?

O Canadá faz um filtro na hora da aplicação do visto. Assim, seleciona quem poderá ou não obter o visto e informa ao aplicante se ele tem condições. Quando você preenche as questões no Apply for, vai perceber que as perguntas já são direcionadas para o tipo de visto que você está tirando (visitor visa, study visa, study and work visa, work permit, etc).

Sendo elegível a ter o visto canadense, em seguida será criada uma lista de documentos para efetivamente tirar o visto onde se diz Create Your Personal Checklist. Quem já tem o visto americano sai na vantagem e terá que apresentar menos documentos do que aquele que ainda não tem e está solicitando o visto canadense pela primeira vez. Ou seja, quem tem visto americano terá somente que apresentar comprovação financeira e a carta de intenção de novos aplicantes.

 

4 – Envio de documentos para o visto canadense

Você terá sessenta dias para aplicar para o visto a partir do momento que criar e salvar a sua conta MyCIC.

Seus documentos deverão ser digitalizados nos formatos PDF, JPG, TIFF, DOC ou DOCX e separados um do outro para fazer seu upload no site (até 4MB para cada arquivo). Não esqueça de conferir se colocou todos os documentos. Pois na falta de algum você não poderá prosseguir para a próxima página. Depois de tudo isso pronto, é só submeter a sua aplicação. A partir daí, nenhuma alteração será possível.

 

5 – Como pagar a taxa do visto para o Canadá

Você pode pagar a taxa do visto canadense através de cartão de crédito (Visa, Mastercard ou American Express). Aí irá obter uma confirmação do pagamento em até 20 dias úteis. Lembrando que o pagamento pode ser feito por você ou pelo despachante que você contratou para o serviço de visto.

 

Visto aprovado ou negado?

Se o seu visto for negado, a imigração irá enviar uma carta contando os motivos que os levaram a recusar a sua entrada no Canadá. Na maioria das vezes trata-se de erros feitos na solicitação do visto. Portanto é só você corrigi-los e tentar novamente.

Se o seu visto for aprovado, a imigração irá solicitar o envio do passaporte original para carimbá-lo. Então você pode enviar o seu passaporte via correio para a VSF Global que é a autorizada do Consulado Canadense. Neste caso, você deve pagar as taxas para Transmissão de Passaporte, SEDEX e taxa de devolução do passaporte no Banco Santander. Junto ao passaporte, você envia também a carta de aprovação impressa que recebeu através do seu email do consulado canadense e o comprovante dos pagamentos das taxas.

Com visto em mãos, é só programar sua viagem. Não se esqueça do seguro viagem para o Canadá. Faça sua cotação online. Pesquise bem qual a melhor opção para você e veja como encontrar o seguro mais barato.