Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Dor de ouvido no avião? Veja como evitar

Saiba como se proteger em danos contra terceiros

Dor de ouvido no avião? Veja como evitar

Quem já viajou de avião provavelmente já sentiu aquele incômodo desagradável no ouvido, principalmente na decolagem e no pouso. Seja você um passageiro da primeira classe ou da classe econômica, essa dor chata pode acontecer com todo mundo. Mas você sabe por que ela ocorre?

O incômodo nos ouvidos ocorre devido à rápida mudança de altitude, a qual somos submetidos em um voo. Para entender como isso acontece, vamos entender um pouco como funciona o seu ouvido: no final do canal auditivo fica o tímpano, que é uma membrana fina que capta as vibrações do ambiente que são transformadas em som pelo cérebro. O tímpano separa e parte externa do canal auditivo do ouvido médio, onde fica uma das partes da Trompa de Eustáquio, uma estrutura que liga o canal até o nariz e a garganta. É por este canal que o ar circula e faz com que a pressão interna seja ajustada com a externa.

Quando viajamos de avião, sofremos uma brusca mudança de pressão, o que faz com que a trompa se feche e o tímpano se retraia. É essa retração que causa a dor e o incômodo que sentimos. Na decolagem, a pressão do avião gradualmente se torna menor que a do ouvido, fazendo o tímpano inflar para fora. Já na descida, acontece o inverso: a pressão do avião fica maior que a do ouvido e o tímpano é empurrado para dentro.

É possível amenizar a dor que sentimos no ouvido. Como? É necessário fazer o ar circular pela Trompa de Eustáquio. A maneira mais natural e fácil de fazer isso acontecer é a partir da deglutição: por isso é interessante mascar um chiclete ou comer e beber alguma coisa na hora do pouso e da decolagem. Outra maneira que pode ajudar a amenizar o incômodo é a chama Manobra de Valsalva, que nada mais é do que forçar a ventilação interna tapando o nariz.

Evite viajar com o nariz entupido, pois isso fará com que o canal fique bloqueado e, consequentemente, o incômodo será maior. Se estiver gripado ou com alergia, uma opção é usar um vasoconstritor nasal, que irá descongestionar o nariz. E fique atento: se o ouvido continuar entupido após dois dias do voo, procure um médico pois algo mais sério pode ter acontecido, como a perfuração dos tímpanos.

Essas dicas irão ajudar a diminuir o desconforto nos ouvidos no avião. Agora você já pode embarcar em um dos voos mais longos do mundo, que tal? E se for a sua primeira vez em uma viagem de avião, confira essas dicas

Se você tiver problemas de circulação, não deixe de ler nosso post com dicas para viajar de avião.

+ Cote um seguro viagem internacional