Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como funciona Airbnb e tudo o que você precisa saber

Veja como funciona Airbnb

Veja como funciona Airbnb

Você já pensou gastar até 50% menos com hospedagem e ainda ter a sua disposição uma casa inteira, ao invés de apenas um quarto com banheiro?

Estas são algumas das vantagens do Airbnb, site onde você pode alugar uma casa ou apenas um quarto de um morador local, no destino que deseja visitar, por um período curto.

A plataforma está presente em mais de 65 mil cidades em 91 países. Recentemente começou a oferecer experiências também, desde tour guiado até aulas de culinária e dança, feitas por locais.

Com isso, além de você fechar a sua hospedagem através do site, agora é possível encontrar programas diferentes para as suas férias, em grupos menores e por preços bem competitivos.

Mas Airbnb é seguro e confiável?

Esta talvez seja a pergunta mais recorrente quando se trata do Airbnb, startup americana que existe desde 2008 e que já hospedou mais de 160 milhões de pessoas ao redor do mundo.

Com base nesses dados podemos concluir que sim, é uma plataforma segura para reservas. Porém, como ela só intermedia quem quer oferecer um espaço/experiência e quem está buscando esse serviço, é preciso tomar alguns cuidados.

A plataforma oferece algumas garantias. Tanto para quem disponibiliza o espaço – um seguro de um milhão para possíveis danos ao imóvel -, quanto para quem o aluga, como um serviço de assistência.

Mas você pode diminuir consideravelmente o risco de imprevistos. Se for bem seletivo no momento de fazer a sua reserva.

Como usar o Airbnb?

A primeira coisa que você precisa fazer é se cadastrar no site, usando o seu e-mail ou mesmo perfil do Facebook.

Se você tiver algum amigo que já usa a plataforma, pode pedir para que ele te enviei um convite – assim os dois ganham créditos.

Depois de se cadastrar, você pode fazer uma busca pelo destino que tem interesse, especificando ou não o período que deseja reservar e o número de pessoas que vão com você.

Assim, mesmo que não tenha uma viagem marcada, já da para montar uma “wishlist” (lista de desejos) e ter uma noção do preço médio das diárias.

Antes de ver as opções disponíveis, defina o tipo de hospedagem que deseja: casa inteira, quarto inteiro ou quarto compartilhado. Se você optar pela primeira, por exemplo, verá apenas os locais onde a casa toda será exclusivamente sua durante o período da sua viagem.

Também existe a possibilidade de filtrar previamente os locais pela faixa de preço, “reserva instantânea” (em que você não precisa esperar pela aprovação) e pela estrutura da casa, se aceita ou não animais de estimação e etc.

Ao definir os filtros, você pode começar a ver as opções que se encaixam com o perfil que procura. Nesse momento, vale a pena prestar atenção em alguns pontos, para evitar que tenha uma experiência ruim durante a sua viagem.

Como selecionar a melhor casa ou quarto no Airbnb?

A primeira coisa que você deve observar é a avaliação de quem já se hospedou no local. Para isso, há a classificação em forma de estrelas. Tem também os comentários.

Para evitar dor de cabeça, dê preferência para os locais que contam com quatro estrelas ou mais e que tenham, no mínimo, cinco comentários positivos. Quanto mais pessoas avaliarem o lugar, melhor.

Além disso, é essencial que você veja todas as fotos. O Airbnb oferece fotógrafo grátis para os anfitriões! -, e, claro, a localização.

A princípio, vale a pena pegar um local próximo às atrações que você deseja visitar. Mas, em cidades com bom transporte público, como NY, dá para economizar ficando um pouco mais distante do centro.

Como montar uma Wish List (ou listas de desejos)?

Antes de fazer a sua reserva, é bom montar uma lista com as melhores opções de hospedagem. Para isso, basta clicar no coraçãozinho na foto ou no botão específico, que aparece em cada opção de casa.

Para ficar mais fácil na hora de escolher a melhor, coloque pequenas observações antes de salvar na sua wishlist, por exemplo: “amei a decoração”, “a localização é perfeita”, “tem banheira”. Assim, no final, você pode ponderar esses pontos também.

Veja aqui alguns exemplos de Wish Lists:

Nova York por menos de US$ 100

Casas legais na Flórida

Como fazer uma reserva no Airbnb?

Depois que você selecionar a melhor opção na sua Wish List, veja se ela está disponível nas datas que deseja. Antes de clicar em Reservar, confira também o valor final, já que, além das diárias, será cobrada a taxa de limpeza e também de serviço.

Algumas casas possuem a opção de reserva instantânea, ou seja, assim que você clica em reservar e efetua o pagamento – no cartão de crédito ou no paypal -, ela já confirma. Em outros lugares, você precisa escrever uma mensagem para o anfitrião e esperar ele aprovar a sua reserva. Normalmente, em menos de 24 horas você já tem uma resposta.

Um dos pontos fracos do site é que o seu anfitrião pode cancelar a reserva a qualquer momento e você apenas recebe o que pagou. Mesmo que isso aconteça na mesma semana da sua viagem, por exemplo. Nesses casos, vale entrar em contato com o Airbnb para ser auxiliado por eles a encontrar um local dentro da mesma faixa de preço e localização.

Em compensação, é o anfitrião que define a política de cancelamento, caso você desista da reserva. Os mais rígidos, devolvem só 50% do que você pagou, até 7 dias antes do check-in, após esse período, eles ficam com todo o dinheiro. Por isso, vale a pena ficar atento a isso antes de reservar também e dar preferência para os que devolvem 100%.

Como é o check-in no Airbnb?

O horário do check-in está especificado na página da casa, porém, a maioria dos anfitriões são bem maleáveis quanto a isso e você pode marcar previamente o melhor período para pegar as chaves.

Em alguns casos, não é necessário nem encontrar pessoalmente o dono da casa, já que há portas que abrem com códigos e “porta-chaves” em frente aos portões.

Não é necessário levar roupa de cama ou de banho. A casa pode ou não contar com xampu e sabonete, por exemplo, por isso, vale a pena perguntar.

Assim que você fizer a reserva, receberá um manual da casa, com as regras e orientações gerais, como a senha do wi-fi. Em muitos casos, o anfitrião também disponibiliza um guiazinho sobre a vizinhança, com dicas de restaurantes e atrações.

O que posso ou não fazer na casa?

No manual da casa você receberá algumas orientações como não fumar, quando deve retirar o lixo (caso fique mais de uma semana), se pode ou não receber pessoas/fazer festas e etc.

Mas vale o bom senso, né? Não faça na casa nada que não gostaria que fizessem no seu lar. Respeite os vizinhos, não faça muito barulho, não quebre ou danifique os móveis, seja cuidadoso com os utensílios…

E, mais que isso, aproveite para viver a cidade como um local, não apenas como turista. Se gosta de cozinhar, vá a feiras e mercados, compre ingredientes frescos e se aventure na cozinha. Se não, que tal aproveitar a banheira e fazer o seu próprio spa? 😉

+ Saiba como funciona o seguro residencial para Airbnb

Dá para ganhar dinheiro com o Airbnb?

Sim! Você também pode se tornar um anfitrião e receber viajantes na sua casa. Ganhando dinheiro extra ao alugar aquele escritório que pode se converter em quarto de visita!

Ou até mesmo montando alguma experiência diferente na sua cidade, como um tour pelo centro, aula de dança, yoga, um jantar temático… Através do catálogo de experiências do Airbnb.

Escolheu sua hospedagem? Agora não esqueça de contratar o seguro viagem. Assim, você fica protegido e mais tranquilo para curtir a viagem.