Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como planejar viagem

como planejar viagem?

Viajar está se tornando cada vez mais comum entre os brasileiros. Segundo  pesquisa do Ministério do Turismo feita em junho de 2017, a intenção de viajar entre os brasileiros nos seis meses seguintes à pesquisa era de aproximadamente 23%. No mesmo mês do ano anterior, a intenção era de 19%.

Seja um destino nacional ou internacional, as viagens tornaram-se parte do orçamento do brasileiro. Mas, para viajar tranquilo e com segurança, é necessário fazer um planejamento de viagem. Essa etapa, que deve ser feita com pelo menos alguns meses antes da viagem, vai garantir que você contrate, compre e se certifique que todo o essencial para viajar está certinho.

Além disso, fazer um bom planejamento de viagem é uma das melhores maneiras de viajar barato. Isso porque, com antecedência, você consegue pesquisar várias opções, além de encontrar melhores preços.

Já deu pra perceber que planejar viagem é uma etapa essencial para quem quer embarcar por aí. Por isso, separamos dicas importantes sobre como planejar uma viagem sem esquecer de nenhuma etapa importante.

 

Defina uma boa data

Para começar o seu planejamento de viagem, você precisa escolher uma boa data para ela. Para isso, alguns fatores devem ser levados em consideração:

– Se você trabalha, vai precisar tirar umas férias. Veja quando você poderá tirá-las e planeje com sua equipe e gestor. Você pode também aproveitar algum feriado.

– Avalie o clima dos destinos para os quais está pensando ir. Se quiser pegar uma praia no litoral de São Paulo, por exemplo, talvez julho não seja a melhor escolha. Veja com atenção as estações do ano. Não esqueça que no hemisfério norte, as estações são diferentes na mesma época do ano.

– Pense quanto tempo de duração a viagem deve ter. Leve em consideração os gastos, seu tempo disponível e o que você quer fazer e conhecer no local de destino.

 

Quanto você está disposto a pagar?

Querendo ou não, o dinheiro é parte importante do seu planejamento. Inclusive, ele vai definir muita coisa na sua viagem.

Por isso, é nesse momento que você deve fazer as contas de quanto terá disponível para gastar com a viagem. Não esqueça: os gastos começam bem antes de embarcar. Por exemplo, pode ser necessário comprar roupas específicas para o destino que você escolheu, ou comprar uma boa mala de viagem. Então, não esqueça de avaliar isso na hora de ver quanto você terá para gastar.

Em casos de destinos internacionais, lembre-se de fazer a conversão para a moeda local. Leve em consideração que a taxa cambial pode mudar até a data viagem. Tanto para mais, quanto para menos. Então, sempre reserve um pouco mais de dinheiro, caso a moeda do seu país seja desvalorizada em relação à moeda utilizada no seu destino.

 

Hora de escolher o destino

Agora que você já sabe mais ou menos a verba disponível para viajar, pode pensar no destino com mais certeza. Para escolher o melhor destino para você, é indicado saber qual é o seu tipo de viajante. Não vale a pena escolher um destino indicado para a prática de esportes radicais se você quer fazer uma viagem para relaxar, por exemplo.

Não esqueça de conferir em qual estação do ano estarão os destinos para os quais está pensando em ir, na data que poderá viajar. Isso é muito importante. O clima interfere em vários passeios, que podem ser cancelados em determinadas épocas do ano. Além disso, você pode simplesmente não gostar de frio ou de calor e, saber o clima no destino escolhido é essencial para não passar estresse.

Além disso, o tipo de viagem e a distância também interferem nessa escolha. Por exemplo, uma viagem em cruzeiro é bem mais legal no verão, mas quem fica enjoado no mar pode não curtir tanto.

Uma boa dica é separar uma lista de cinco destinos desejáveis e listar os prós e contras de cada um. Comparando eles lado a lado, ficará mais claro para você qual é o destino mais apropriado para sua próxima viagem. Mas isso não significa que você não poderá conhecer os outros listados em outras viagens!

 

Atenção para a moeda local

Se você escolher um destino nacional, não vai precisar se preocupar com esse tópico. Pode pular para o próximo!

Agora, se quiser fazer uma viagem para fora do seu país, esse tópico é muito importante.

Você precisa se planejar em relação à moeda local do destino que escolheu. Primeiro, veja se a moeda lá vale mais ou menos que a do seu país. Isso vai ser importante para calcular os gastos da sua viagem.

Sabendo disso, pesquise no seu banco e em casas de câmbio, quanto está a cotação da moeda de onde escolheu ir. Por exemplo, se optou por passar suas férias na Disney com as crianças, vai precisar comprar dólares. Na casa de câmbio, não se esqueça de perguntar pelo dólar de turista, não o comercial!

Pense um pouco também nas compras que você fará no seu destino ou no Free Shop. Reserve esse dinheiro também, sem esquecer da conversão.

Agora que você já sabe a moeda do seu destino, escolha a melhor casa de câmbio ou banco para comprar o dinheiro. Cote em lugares diferentes: você pode encontrar variações de preços e até promoções.

 

Visto para viagem internacional

Outra dica para quem escolheu um destino fora do país. Alguns destinos, como Estados Unidos, Inglaterra e China, solicitam ao visitante brasileiro, por exemplo, um visto de turista.

Em vários países, o visto é obrigatório para brasileiros. Ou seja, sem ele, nada de viajar. Veja se o destino que você escolheu exige visto e procure saber quais são os documentos e processos necessários para tirar visto de viagem. Nem todo destino exige visto.

Alguns processos são burocráticos. Se escolher um país que precisa de visto, assegure-se de que tem tempo suficiente antes da viagem para tirá-lo. Lembre-se: serão idas ao consulado e ao centro de atendimento ao turista.

Além disso, há uma possibilidade não tão feliz: o seu visto pode ser negado. Então tenha em mente um plano secundário caso ele não seja aprovado.

 

Como chegar: hora de comprar passagem

Agora que você já tem o visto, é hora de escolher o meio de transporte que te levará ao seu destino. Para escolher o transporte, você precisa pensar na paciência e no dinheiro que você tem disponível para isso.

Passagem de avião

Se você escolher viajar de avião, vai precisar comprar sua passagem aérea. Geralmente, quanto antes você fizer isso, maiores são as chances de pagar mais barato. Você pode saber mais sobre isso no nosso texto de como encontrar passagem aérea barata.

Além disso, alguns cartões de crédito trabalham com programas de milhas. Assim, você pode viajar de graça!

O avião é um dos meios de transporte mais seguros do mundo. Então, não precisa ficar com medo. Se é sua primeira vez, confira nossas dicas para voar pela primeira vez de avião. Além disso, temos outras dicas para você:

Como ter uma viagem de avião confortável

Dicas para quem tem problemas de circulação no avião

Roupa para viajar de avião

Como evitar dor de ouvido no avião

 

Não esqueça de comparar o preço das passagens em diferentes companhias aéreas. Voos com escalas e conexões costumam ser mais baratos. Se você é paciente e topa esperar um pouco até chegar no destino final, pode ser uma boa opção. Veja como funciona escala e conexão no nosso post.

Cuide de chegar com antecedência no aeroporto. Para voos nacionais é bom chegar com, pelo menos, uma hora de antecedência. Já para voos internacionais, chegue duas horas antes do voo. Tenha em mãos os documentos necessários, como o passaporte, visto e passagem aérea. Além de resolver tudo rápido, você ainda pode curtir algumas vantagens dos aeroportos.

Atente-se às regras de bagagem da companhia aérea escolhida. Se sua mala exceder o peso permitido, terá que pagar um valor a mais por isso. Pode ser um gasto surpresa não planejado, como as franquias de bagagem nos voôs internacionais. Cuidado! Entenda um pouco mais sobre o que levar ou não levar no nosso guia de bagagem de avião.

Não se esqueça que o ar condicionado dentro do avião costuma ser beeem gelado. Leve um bom casaco, meias e até uma cobertinha.

 

Viajar de ônibus

Viajar de ônibus é uma boa opção para quem escolher destinos nacionais ou de países da América Latina, principalmente se fizerem fronteira com o Brasil. As passagens de ônibus são mais baratas que as de avião, então é uma opção mais em conta para você.

Porém, o tempo de chegada ao seu destino vai aumentar. Se você tem pressa e não tem muita paciência para ficar dentro do ônibus, essa pode não ser uma boa escolha.

Não se esqueça que você pode pegar trânsito no meio do caminho, o que aumentará ainda mais o seu tempo de chegada. Além disso, assim como no avião, o ar condicionado pode ser bem gelado!

 

Viajar de carro

Usar o carro para chegar no seu destino final também pode ser uma boa opção para destinos nacionais e países próximos. Para isso, você precisa ter um carro e um motorista ou escolher algum aplicativo de carona, como o Blá Blá Car.

Antes de pegar a estrada é preciso fazer uma boa revisão no carro. Assim, você diminui as chances de passar por algum problema mecânico no meio da viagem. Além disso, não esqueça de contratar um seguro auto: algum imprevisto pode acontecer com o veículo e ele pode te ajudar numa situação complicada.

Não esqueça de levar mapas, GPS, comidinhas e outras coisas que podem ser úteis e te ajudar durante a viagem. Faça os cálculos sobre quanto vai gastar com combustível e pedágio: prepare-se antes para não ficar sem dinheiro na hora que precisar.

 

Escolher hospedagem

A hospedagem é outro ponto bem importante da sua viagem. Afinal de contas, é onde você vai descansar depois de visitar o que quiser. Ou ainda, a hospedagem pode ser o seu próprio destino, por exemplo, se escolher ficar em um resort.

Escolha o melhor tipo de hospedagem para você. Pense no seu estilo de viajante e qual a melhor opção para o tipo de viagem que vai fazer. Além disso, não deixe de comparar preços das hospedagens. Se escolher ficar em hotel, por exemplo, compare em diferentes sites e também no Airbnb. O preço pode variar bastante de um site para o outro. Procure por promoções e cupons de desconto.

Temos algumas dicas para escolher hospedagem barata para viagens.

Conheça as rotas do destino

Além de planejar como chegará no destino escolhido, veja também os caminhos que fará por lá. Independente do transporte escolhido, saiba quais são as ruas perto do local onde vai se hospedar e de onde vai visitar.

Saiba onde ficam coisas importantes, como mercados, restaurantes, farmácias, bancos… Tudo o que você pode precisar. Se for um destino internacional, veja onde fica o consulado ou a embaixada brasileira. Caso você passe por algum problema, é importante saber onde fica.

 

Contratar um Seguro Viagem

O seguro viagem é o que vai garantir mais tranquilidade e segurança para você. Isso pois ele tem coberturas para diversos riscos que você corre durante a viagem. Veja o nosso guia sobre para que serve um seguro viagem.

Algumas das principais coberturas são:

  • Despesas médicas, hospitalares e odontológicas
  • Traslado médico
  • Regresso sanitário
  • Invalidez permanente total ou parcial por acidente em viagem
  • Morte em viagem
  • Morte acidental em viagem
  • Extravio de bagagem

Existem outras coberturas para aumentar ainda mais sua proteção. Você pode contratá-las de acordo com o que achar necessário. Faça uma cotação, utilizando a data de embarque e a de regresso, e veja quanto custará seu seguro.

 

Comprar Seguro Viagem >>