Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Entenda o que é visto, quais são os tipos e como tirar

Como tirar o visto é a dúvida de muitas pessoas que querem viajar para países como Estados Unidos e Canadá. Cada um dos países escolhem a maneira que os estrangeiros devem solicitar o visto. Ou seja, para cada destino, a solicitação é diferente.

O que é visto?

O visto é uma autorização de entrada em um país que você solicita antes de embarcar no seu voo. De forma geral, o visto apresenta uma validade, território que a pessoa pode percorrer, atividades que pode exercer, duração de estadia no país e número de visitas.

Enfim, ele apresenta diversas informações referente as finalidades e regras para a permanência no país estrangeiro. Após o visto ser concedido, ele é carimbado ou anexado ao passaporte.

Vale lembrar que não são todos os países que solicitam essa autorização. Veja aqui a lista de países que não precisam de visto para brasileiros e países que não precisam de passaporte.

Caso você entre em um país sem um visto ou exerça uma atividade que não está autorizada, você torna-se um imigrante ilegal, podendo ser deportado a qualquer momento.

Geralmente quando há a deportação, fica mais difícil ou quase impossível que o país dê uma autorização de entrada. Para evitar problemas com a imigração, é muito importante seguir as regras em cada país.

Você também deve ficar atento de realizar a conexão em algum país. Por exemplo, os Estados Unidos exigem visto em conexão no país.

imagem de um passaporte norte americano em cima de um mapa dos Estados Unidos

Entenda como funciona o processo de tirar o visto para viagem

Tipos de vistos

Há diversos tipos de vistos que definem a característica da autorização da sua entrada no país. Veja abaixo os mais conhecidos.

  • Visto de turista – A pessoa que estiver com essa autorização pode fazer viagem ao país com fim turístico. Geralmente tem um período inferior a 6 meses;
  • Visto para estudos – Voltado para pessoas que desejam estudar no exterior. A duração varia é conforme o período do curso;
  • Visto de residência – Visto para pessoas que desejam ficar no país por um período igual ou superior a um ano;
  • Visto de estada temporária – Destinado para pessoas que permanece no país no período inferior a um ano;
  • Visto de trabalho temporário – Para pessoas que vão passar um determinado período trabalhando no exterior. Normalmente são promovidos por agências, como trabalho na Disney;
  • Visto de negócios – Inclui diversas atividades como pesquisa, trabalho voluntário, palestrante e empregado doméstico;
  • Visto para investidores – Nessa modalidade, a pessoa desembolsa US$ 500 mil para investir em uma empresa do país que deseja o visto. A finalidade do valor é ajudar a economia local.

No momento de tirar o visto, é importante que você escolha o tipo certo conforme o país que você quer a permissão. Isso porque se você estiver exercendo uma atividade que o seu visto não esteja autorizado, você corre o risco de ser deportado.

Por exemplo, a pessoa que viajar com o visto de estudante M-1 para os Estados Unidos não poderá exercer atividades remuneradas.

Como tirar visto para diferentes destinos

Como dito, cada país apresenta um processo diferente para tirar um visto. Porém, para te ajudar, vamos mostrar o passo a passo mais comum.

Se você preferir, pode ver nosso conteúdo específico para os países abaixo:

Tirar visto americano

Para tirar um visto americano você deve preencher um formulário, pagar a taxa de solicitação e agendar uma entrevista no consulado ou embaixada. Você deve ir com diversos documentos conforme o tipo de visto que você está solicitando. Veja os valores de detalhes para tirar visto americano.

Tirar visto canadense

Para tirar o visto canadense você deve preencher um formulário, criar uma conta GCKEY, enviar seus documentos digitalizados e pagar a taxa de solicitação do visto. Não há entrevista. Veja mais detalhes para tirar visto para o Canadá.

Tirar visto em outros países

Você deve acessar o site do consulado e encontrar informações sobre o visto. Com isso, você deve encontrar o link de um formulário que deve ser preenchido com diversas informações na língua do país.

Após isso, você deverá pagar o valor da taxa de solicitação do visto. Para alguns países é necessário marcar uma entrevista e levar os documentos solicitados. Para outros países que não exigem entrevista, os documentos devem ser digitalizados e submetidos por meio do site do próprio consulado.

Para conceder o visto, são solicitados diversos documentos que variam conforme cada país. Por exemplo, documentos pessoais, comprovante de hospedagem e passagens de ida e volta, seguro viagem, comprovante de renda dos últimos meses, comprovação que você consegue permanecer no país e outros. Ou seja, você deve estar preparado para apresentar diversos documentos.

 

Como visto, o processo de visto varia conforme o país. Em alguns casos, é necessário preencher apenas um formulário online, em outros você precisa comparecer presencialmente na embaixada ou consulado. Há vistos que são válidos por meses, outros por anos e alguns só para um período curto e pré-determinado.

Por isso, vale a pena consultar o site do Itamaraty, antes de emitir a sua passagem, para conferir se o destino que você deseja conhecer exige ou não visto e consultar, na página da embaixada do país, quais são os documentos necessários e o prazo para a emissão dele.